Cientistas Descobrem o Gene da Calvície

Muitos se tem perguntado sobre a cura para calvície, um mal que atinge principalmente os homens e que causa constrangimentos por toda uma vida.

Desde sempre, os cientistas empenham-se rigorosamente em descobrir o que realmente pode ser feito para combater à calvície.

Felizmente a medicina teve seus avanços e atualmente encontramos no mercado excelentes medicamentos, shampoos, maquiagens para cabelo e tônicos que trazem excelentes resultados no combate à calvície.

Nos últimos anos os avanços nessa área tem sido muito significativo, lançando luz a quem foi afetado pela calvície devido a fatores genéticos, problemas de saúde e medicações rigorosas. Muitos pesquisadores começam apresentar suas pesquisas e os indicativos de que boas novas virão com respeito ao tratamento definitivo contra a calvície.

A Calvície já tem Cura?

Ao longo dos anos, fórmulas, medicamentos e plantas têm funcionado como paliativo no tratamento contra calvície. No entanto, a busca para resolução definitiva desse problema tem sido uma constante no mundo inteiro.

Um grupo de cientistas da Pensilvânia identificaram recentemente o gene responsável pela calvície e a boa notícia é que em menos de dois anos as medicações poderão estar disponíveis no mercado.

Em laboratório, esses estudiosos fizeram crescer cabelo humano em ratos e o procedimento foi feito por multiplicar células de cabelo nos animais, os resultados foram espantosos, multiplicaram-se vários fios, utilizando um método que pode ser aplicado tanto nos homens como em mulheres. Através desse método em vez de transportar cabelo de um ponto para o outro, a técnica usa transplante de células, por remover uma pequena parte do couro cabeludo na dimensão de um moeda para região afetada pela ausência de fios.

No Japão, estão a decorrer estudos rigorosos em que futuramente poderão trocar os órgãos defeituosos por outros novos. Na primeira fase desse estudo, também remove-se uma pequena uma parte da pele em que há cabelo e aplica-se na região sem fios. Nesse estudo dezenas de pessoas estão na fila de espera para servirem como testes científicos.

No Brasil, descobriu-se que uma substância presente no colírio usado para o Glaucoma fazia os cílios dos olhos crescerem rapidamente durante o tratamento, porém, essa substância está em estudo, ainda não está liberada para o tratamento contra a calvície. Por enquanto usa-se a Finasterida, porém, há muitas controvérsias com respeito a essa medicação, ela apenas diminui a queda de cabelo e não traz de volta os fios que se foram.

Diante de todas essas perspectivas, imagina-se nunca mais preocupar-se com a calvície?

Com todos esses estudos rigorosos e avanços na medicina, podemos ter forte esperança que a cura para calvície está mais próxima do que nunca e pode ser definitivamente a resolução desse problema que deixa principalmente os homens muito preocupados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close