Veja os Tipos de Alopecia

Sempre abordamos esse tema porque ele suscita muita curiosidade. Alopecia realmente é um problema muito sério que deixa os paciente muito preocupados com a perda dos fios.

E você, está se deparando com esse problema? Já iniciou o tratamento com dermatologista?

Caso contrário, saiba que quanto ante procurar ajuda mais rápido medidas preventivas e o diagnóstico correto lhe será indicado.

O mais grave da Alopecia é que não escolhe sexo ou idade, sendo que o problema acontece sobretudo devido a situações de intenso stress.

Entenda mais sobre Alopecia e renove suas expectativas já que a medicina tem avançado com boas notícias a respeito desse problema.

alopecia

Conheça os Tipos de Alopecia

Entenda sobre esse assunto mais detalhadamente:

1# Alopecia Ariata

Os homens tem problemas mais graves com respeito a perda dos fios e a queda acontece em região localizada em formato de círculo. Sendo que nas mulheres geralmente a queda fica concentrada na parte detrás da cabeça.

2# Alopecia Difusa

Acontece devido alguma doença, parto, sistema imunológico debilitado, alimentação sem nutrientes necessários, gripes e constipações.

O cabelos fica mais fino e liso e não perde-se os fios totalmente.

3# Alopecia Seborreica

Acontece por acúmulo de sebo no couro cabeludo, as glândula sebáceas produzem além do normal e seus efeitos são caspa, coceira e perda dos fios.

4# Alopecia Universal

Está ligada a todos os fatores mencionados nos outros tipos de Alopecia e pode acontecer devido maus hábitos, stress, alimentação desregulada, problemas hormonais e genética.

5# Alopecia Androgenética

Esse tipo de problema é hereditário e responsável pela maioria dos casos de calvície.

É a mais comum entre os homens e se não for tratada pode não ser revertida pelo nascimento de novos fios.

6# Alopecia Cicatrizal

Irreversível e resolve-se apenas com implante capilar. O problema acontece por meio de infecção, tumores, hereditária e problema relacionados a químicas.

Se identificou algum dos tipos de problemas mencionados procure um médico urgentemente para resolver o quanto antes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close