Proibição da Escova Progressiva com Formol

Adorada por muitas mulheres, a escova progressiva com formol foi proibida e as mulheres enlouqueceram, isso porque o liso era perfeito e natural.

Mas, os efeitos devastadores à saúde.

Porque a Escova Progressiva Com Formol Foi Proibida?

escova progressiva com formol

Recentemente no Brasil começaram aparecer os primeiros casos de grave comprometimento com a saúde devido ao uso de escova progressiva com formol.

 Problemas como Alopecia, dermatite e muitos casos de câncer no revestimento do nariz e outras partes do corpo forma relatadas. Por isso que a Organização Mundial da Saúde proibiu o uso dessa substância para fins estéticos.

 Na Argentina, a Agência de Fiscalização de Saúde, não obteve tanto sucesso na restrição já que as mulheres continuam a fazer este tratamento.

Profissionais em toxicologista confirmam que este é um produto químico cancerígeno, que também pode afetar a perda dos cabelos de forma gradativa.

Embora as mulheres saibam disso, elas persistem em recorrer a escova progressiva com formol.

Isso acontece, porque segundo os especialistas da Universidade Católica da Argentina, “se você construir uma queimadura, uma grande irritação, não que vá gerar a queda de cabelo, vai danificar a área do couro cabeludo e vai perder todo seu cabelo. Qualquer coisa que irrita o cabelo de forma significativa ou cria uma queimadura irá causar queda de cabelo, nesse sentido, como maior concentração de produtos químicos, pior “.

No Chile, os profissionais da área de beleza tem adotado o alisamento à base de queratina. No entanto, alguns insistem em sair do regulamento.

Mas, existem alguns salões de beleza que agora realizam o procedimento com queratina sem formaldeído e outros compostos, de modo a recomendação é ter muito cuidado e olhar para as marcas, os produtos químicos e prestígio dos fabricantes, para evitar mais danos à sua saúde e dos cabelos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close