Causas para perda de cabelos após a gravidez

Estar grávida é um período glorioso para qualquer mulher, pois é quando ela se torna mãe. Durante toda a gravidez, o corpo da mulher irá sofrer mudanças, mas as mudanças não serão apenas no corpo, mas também psicológicas. A gravidez é um processo em que a mulher fica com um grande peso, e é como padecer no paraíso no qual a maioria das mulheres saem triunfantes. A perda de cabelo logo após o nascimento da criança está entre as mudanças físicas que ocorrem na mulher, e isso acontece com a maior parte da população feminina do planeta que se encontra no período pós-parto. Muitas vezes, o cabelo cai muito chegando a ficar quase insuportável para a pessoa, fazendo muitas vezes a pessoa escolher cortar o cabelo bem curto para que assim ele cresça mais forte e saudável. Mais há um grande número de possibilidades do porquê da perda de cabelo durante a gravidez. É sobre isso que iremos falar nesse artigo. Causas para perda de cabelos após a gravidez

Principais causas de calvície na gravidez

  • Normalmente, o cabelo da mulher cai cerca entre 25 a 90 fios por dia, podendo ser tato enquanto você lava o seu cabelo ou enquanto penteia o cabelo. Mas, em uma mulher grávida os fios de cabelo caem um pouco mais do que média. Isso ocorre por causa da grande variação hormonal que o corpo da mulher grávida sofre.
  • Em uma mulher que nunca passou por um período de gravidez, o cabelo pode ficar inativo por um tempo. Esse período é chamado de eflúvio, ou seja, o período inativo do folículo capilar. Uma vez que o cabelo cai, o resto dele continua a crescer, essa fase é chamada de anágena, mas depois o cabelo se move para mais uma fase que chamada de transição, ou então, de catágena. Essa fase em específico é quando o cabelo começa a se estabelecer, que vai da fase da anágena até a fase da telógena.
  • No período da gravidez, a quantidade de hormônios (estrogênio e progesterona) fazem com que o cabelo caia. Assim que o bebê nasce, o couro cabeludo fica mais denso, fazendo com que o cabelo quebre mais rápido, além disso ainda tem o nível hormonal e as mudanças químicas no sistema corporal da mulher, fazendo com que o cabelo volte para a sua fase de repouso. Mesmo você percebendo que o seu cabelo está caindo mais do que o normal, a perda de cabelo não será tão óbvia, além disso novos cabelos irão nascer logo depois dessa fase. Isso pode ocorrer por um grande período, mais ou menos um ano.
  • Além disso, muitos nutrientes e o nível de estresse por causa da amamentação pode causa a perda de cabelo.

Todos esses problemas são causas de perda de cabelo logo após a gravidez, o importante é não entrar em pânico já que é normal que aconteça.

Como fugir desse problema

Assim que você perceber perda de cabelo, como já falamos não entre em pânico, pois existe sim maneias de amenizar esse problema. O fato de se estar passando por muitas variações hormonais e um alto nível de estresse faz com que você fique sem ação, muitas mulheres chegam a achar que irão ficar carecas, mas isso não vai acontecer. A queda pode piorar depois de mais ou menos dois meses depois do parto, mas não se preocupe, temos a solução.

Como evitar a queda de cabelo no pós-parto

Um fator muito importante é a sua alimentação, ter uma alimentação saudável e tentar controlar a ansiedade é essencial para que a reposição capilar aconteça. Acredite, nesse período a perda de cabelo não tem nada a ver com a calvície. Para amenizar isso, consultar um dermatologista pode ser a solução.

Dicas de especialistas

  1. Durante a sua gestação, é muito importante que você consuma alimentos que sejam ricos em proteínas, tente fazer massagens no couro cabeludo pelo menos duas vezes na semana, usar uma loção fortificante também é uma boa opção. Mas, ao fazer isso consulte seu médico para ver se é liberado.
  2. Mantenha uma alimentação balanceada, pois assim o seu suporte de nutrientes fica garantido.
  3. Logo depois do parto, dê atenção ao seu corpo e use loções com ativos que ajudam no controle de oleosidade. Fazer uso de xampus que sejam adequados para recuperar o cabelo também é uma boa opção.
  4. Existem também alguns tratamentos como o peeling capilar e as massagens estimuladoras. Esses procedimentos interferem diretamente no couro cabeludo e nos fios ajudando a atenuar o problema de perda de cabelo.
  5. Evitar usar química sem orientação médica é essencial. Qualquer coisa que pretende fazer no seu cabelo, consulte o especialista, principalmente porque a composição química pode interferir na saúde do seu filho. Cuidado em primeiro lugar.
  6. Com essas dicas com certeza você irá conseguir amenizar o problema de perda de cabelo não só durante a gravidez, mas também no período pós-parto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close