Calvície pode estar relacionada à deficiência de 5 vitaminas

Os nossos cabelos quando bem cuidados podem melhorar a nossa disposição e o nosso humor, deixando a gente mais bonita e com uma autoestima elevada, principalmente se mudarmos o visual e exibir penteados elegantes e versáteis. Entretanto, dependendo da sua pré-disposição genética, além de outros fatores, a calvície pode chegar algum dia. As perdas de fios tendem a ser graduais até se tornarem permanentes; por isso, é muito importante observar e cuidar bem dos cabelos para que o dano não seja reversível.

Muitas pessoas acreditam naqueles remédios e propagandas que prometem milagres e regeneração capilar para combater a calvície. Entretanto, na maioria das vezes, infelizmente, o resultado não é o esperado, deixando a pessoa ainda mais desmotivada e decepcionada. Além do fator genético, a perda de cabelo pode estar associada a drogas, condições de saúde como infecções e até a própria idade.

O que as pessoas não sabem é que a deficiência de algumas vitaminas pode provocar a perda dos fios, logo, uma dieta balanceada e rica com os principais nutrientes pode reverter a situação e deixar o seu cabelo ainda mais forte. Entretanto, não basta alimentar-se direito, é necessário ter acompanhamento médico para descobrir a causa da calvície.

Calvície pode estar relacionada à deficiência de 5 vitaminas

Diariamente, para prevenir a queda dos fios, é preciso atentar-se para correta ingestão de5 vitaminas, sendo elas: vitamina A, vitamina B, C, D e E.

Abaixo elencaremos as características dessas vitaminas e em quais alimentos você pode encontrá-las.

Vitamina A

Esse tipo de nutriente é responsável pela manutenção e o crescimento dos fios, além de controlar a síntese do ácido retinoico nos folículos capilares. A vitamina A também é usada para tratamentos de pele ao mesmo tempo que atua no cabelo. Você pode comprar em farmácias cápsulas e tomá-las ou passar o óleo no cabelo e massagear o couro cabeludo.

Alimentos que contenham vitamina A: fígado, ovo, agrião, rúcula, cenoura, manga, mamão, abóbora, pimentão vermelho, damasco, batata doce…

Vitamina B

Responsável pelo crescimento de fios saudáveis e prevenir o aparecimento de fios brancos, a vitamina B também ajuda a manter o tom do cabelo, ou pigmento; caso sejam feitos muitos tratamentos químicos. Esse nutriente carrega oxigênio para toda o corpo, e garante que seus cabelos não fiquem caindo. Existem as multivitaminas B, que contém a B5, B6, B12 e B9, para que atuem diretamente nos fios de cabelos que estão para crescer, ao mesmo tempo que fortalece os fios existentes.

Alimentos ricos em vitamina B: cereais, ovos, bananas, carnes, vegetais verdes.

Vitamina C

A vitamina C é a responsável para que o nosso corpo consiga absorver ferro no intuito de fazer com que as células do sangue se desenvolvam e ajudem no crescimento do cabelo. Como o nosso corpo não produz esse nutriente, é necessária a ingestão do mesmo, seja em suplementos ou comida. É recomendável que seja ingerido cerca de 1000 a 2000 miligramas de vitamina C. A não ingestão pode ser a causa da calvície.

Onde você encontra essa vitamina? Nas frutas e vegetais, tais como: lichia, laranja, morango, abacaxi, limão, manga, goiaba, melão, kiwi, caju, tangerina, acerola, tomate, brócolis, espinafre, aspargos, couve verde, alface, repolho, agrião etc.

Vitamina D

Após uma pesquisa realizada em 2009, foi constatada que a vitamina C ajuda no tratamento capilar e da pele, ajudando em sua regeneração. Esse nutriente é responsável pela diminuição na queda do cabelo pois revitaliza os folículos capilares e as células do couro cabeludo. Atualmente, muitas pessoas estão sofrendo da deficiência dessa vitamina, causando muito problemas clínicos e de saúde.

Alimentos ricos em vitamina D: salmão cozido, óleo de fígado de bacalhau, ovo cozido, sardinhas enlatadas, leite ninho, ostras cruas, arenque fresco, fígado de galinha.

Vitamina E

A vitamina E desenvolve em nosso corpo um fluxo que permite que a circulação sanguínea seja mais efetiva e atuante na escalpa, estimulando assim o crescimento de novos fios. Massageando essa região com esse nutriente é possível acelerar o processo de crescimento.

Alimentos que contenham vitamina E: amendoim, amêndoa, pistache, castanha-do-pará, óleo de girassol, semente de girassol, avelã, óleo de gérmen de trigo, óleo de amêndoa.

Considerações Finais sobre deficiência de vitaminas que causa calvície

A perda de fios de cabelo pode se tornar um pesadelo quando não observado previamente ou quando não é cuidado devidamente. A perda de 100 fios por dia, por exemplo, é considerada normal e dentro dos limites, então verifique e veja se em algumas partes do seu cabelo não estão ralas demais ou se tem alguma falha capilar.

Peça a ajuda a um médico especializado e procure produtos e alimentos saudáveis para que o tratamento forneça um resultado positivo e animador para a pessoa. Lembre-se que apenas ingerir alimentos ricos nessas vitaminas acima citadas não é o bastante, por isso, descubra a causa da calvície e jamais se automedique. No começo pode ser desmotivador, mas a partir do aparecimento de resultados, você verá a diferença!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close