O que é a queda de cabelo difusa?

A queda de cabelo assusta qualquer ser humano, uma vez que a falta de cabelo nos transforma em outra pessoa.

Existem diferentes tipos de queda de cabelo, isso também porque existem diferentes causas para a queda de cabelo. Por isso, nesse artigo falaremos um pouco de uma dessas quedas: A queda de cabelo difusa.

O que é?

A queda de cabelo difusa é quando a atividade da raiz do seu cabelo sofre algum tipo de perturbação, fazendo com que o crescimento pare de forma gradativa até o ciclo de crescimento do cabelo seja interrompido de vez.

Causas

Como já foram mencionadas anteriormente, as causas para que ocorra a queda de cabelo difusa são várias, dentre elas nós temos estresse e desgaste mental, dieta e nutrição não balanceada, doenças e medicamentos e flutuações hormonais.

Iremos falar sobre cada uma dessas causas para que você fique atento e mude os seus hábitos se for necessário.

O que é a queda de cabelo difusa?

1.      Estresse e desgaste mental

Por causa da correria do dia a dia, as pessoas costumam fazer várias coisas ao mesmo tempo, levando uma vida muito agitada. Isso pode fazer com que você fique estressado e pode acabar afetando o seu cabelo.

Como simplesmente não podemos parar com o estresse seja no trabalho seja em casa, é melhor ficar atento ao seu cabelo. Se perceber se a sua vida está corrida demais, tire um tempo para você, nem que seja por 15 minutos todos os dias, relaxe um pouco. Fazer exercícios ajuda a combater os sintomas de estresse, ajudando também os seus cabelos.

2.      Dieta e nutrição não balanceada

Ainda por causa da correria do dia a dia, as pessoas acabam por optar por refeições rápidas, muitas vezes gordurosas, ou então, comem um sanduíche ou um biscoito e não se atentam em ter uma dieta equilibrada.

É importante ressaltar que a falta de nutrientes faz com que o seu organismo fique fragilizado, provocando queda capilar.

Tente ter uma alimentação mais equilibrada e o mais saudável possível. Mesmo com muitas coisas a fazer, sempre devemos ter um tempinho para cuidar da gente.

Além disso, dietas muito restritivas devem ser feitas com um acompanhamento médico e deve ser regrado, para que não tenha nenhum tipo de consequência, como a queda de cabelo. Ao fazer dietas muito restritivas sozinha, você acaba não ingerindo os nutrientes necessários.

3.      Doenças e medicamentos

Vários tipos de doenças podem afetar o crescimento do seu cabelo, às vezes pode ocorrer porque a imunidade fica muito baixa, às vezes ocorre por causa do tipo de medicamento que você deve tomar para combater a doença. A questão é as doenças e os medicamentos podem afetar muito o seu cabelo.

As doenças de pele e as doenças crônicas, como diabetes e o reumatismo, causam uma séria queda capilar e ainda causam infecções que vem associada à febre.

Além disso, há medicamentos que podem causar uma séria queda de cabelo, mas que acaba se tornando visível depois de algum tempo.

Quando a queda capilar é devido a alguma doença, a queda se torna visível depois de algum tempo, a visibilidade não é imediata, por isso fique atento a qualquer sintoma ou mudança no seu corpo.

Nos casos das pessoas que precisam fazer quimioterapia, tudo vai depender de como o organismo dessa pessoa reagirá. Há pessoas que a queda de cabelo começa logo após a primeira sessão, mas há outras que nem perdem todo o cabelo e a queda demora um pouco mais para aparecer.

4.      Flutuações hormonais

As flutuações hormonais são uma das principais causas para a queda de cabelo, uma dessas causas é a menopausa. Quando a mulher chega à menopausa fica evidente que o cabelo fica mais fino e a queda fica bem maior do que o normal.

Outro caso muito comum de flutuação hormonal é quando para de tomar a pílula anticoncepcional.

Outro fator que acarreta a queda de cabelo é o período da amamentação, pois logo depois do parto ocorrem muitas mudanças no corpo da mulher, até mesmo um cabelo saudável e cuidado pode entrar em um desequilíbrio bem acentuado, fazendo com que as mulheres apresentem uma forte queda de cabelo.

No caso da menopausa, pode ser usado alguns medicamentos tópicos ou orais para o controle da queda de cabelo. Pergunte ao sue médico a melhor opção para o seu caso.

Com relação as pílulas anticoncepcionais e do período pós parto, com o tempo o seu corpo vai voltar ao normal, pois ele encontrará sozinho o seu equilíbrio hormonal e o seu cabelo para de cair e voltará a crescer. Não há motivos de preocupação nesses casos.

A queda de cabelo difusa, se não for tratada ou não der a devida atenção pode se tornar bastante séria. Por isso, fique atento aos seus hábitos e ao seu corpo. Não se esqueça de cuidar de você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close