Quando a queda de cabelos se torna um problema? Parte 1

É muito comum perdermos fios de cabelo diariamente. Em geral, pode-se perder cerca de 50 a 100 fios por dia! A queda de cabelos se torna um problema quando for recorrente e frequente, devido a diversos fatores. Hoje você conhecerá 9 deles. E caso o seu problema capilar se encaixe em uma das opções, é aconselhável ir ao dermatologista para que você possa tratar corretamente, seja mudando a alimentação ou tomando medicamentes específicos com o objetivo dos fios nascerem fortes e saudáveis novamente.

O cabelo é uma parte vital da autoestima de muita gente, porque podemos sempre mudar de visual fazendo um corte ou um penteado. A queda de cabelos, na maioria das vezes, deixa as mulheres mais vulneráveis com sua aparência física. Então, você deve cuidar dos seus cabelos. Então, descubra agora quais são os fatores mais comuns que favorecem a queda de cabelos.

1. O eflúvio telógeno

Eflúvio telógeno é um fenômeno que ocorre após a gravidez (ou outra cirurgia), quando há perda de peso drástica, ou estresse extremo. Com isso, é comum que ao lavar o cabelo, os fios caem em muita quantidade. O eflúvio telógenotambém pode ser um efeito colateral de certos medicamentos. Os sintomas podem aparecer dentro de 6 semanas a 3 meses após a causa ser diagnosticada. No auge do fenômeno, você pode perder punhados de cabelo.

O que você pode fazer: Em alguns casos, tais como a gravidez ou cirurgia, você pode ter que esperar a cicatrização e a recuperação total até que a perda de cabelo diminua. Se a medicação é a culpada, converse com seu médico sobre a redução da dose ou mude de medicamento. Se é relacionada ao estresse, você deverá se acalmar e relaxar, evitando conflitos e discussões. A ansiedade também deve ser evitada.

2. Perda de cabelo hereditária

A calvície genética é ainda mais comum que você pode imaginar e, geralmente, não tem cura, porque é hereditário. O que você pode fazer é retardar, tomando medicamentos corretamente e tendo uma alimentação equilibrada. A perda de cabelo quando é genética é conhecida como alopecia androgenética. Os sintomas são a perda constante de fios e o não crescimento do cabelo, principalmente no centro do couro cabeludo e nas entradas.

Quando a queda de cabelos se torna um problema? Parte 1

3. Hipotireoidismo

Milhões de pessoas, em sua maioria mulheres, sofrem de doença da tireóide. Quando o seu corpo produz pouco hormônio da tireóide, o hormônio responsável pelo metabolismo, frequência cardíaca e humor, você possui o que chamamos de hipotireoidismo, ou uma disfunção da tiróide. Se o seu corpo faz muito esse hormônio, você pode ter hipertireoidismo, ou uma tireóide hiperativa. Hormônio da tireóide é responsável por tudo, desde a sua taxa metabólica basal, a qual é responsável pela taxa em que seu corpo utiliza oxigênio e energia para funcionar, para o crescimento do seu cabelo, pele e unhas. Mas quando você não tem a quantidade certa, você pode perceber alterações das funções orgânicas, logo, perdendo fios de cabelos.

Os sintomas: ganho de peso inexplicável, fadiga, constipação, depressão e dificuldade de concentração. Cabelo, unhas e pele pode tornar-se mais frágeis e quebram com mais facilidade.

4. Anemia por falta de ferro

As mulheres que têm menstruações intensas e fortes ​​ou mulheres que não comem alimentos ricos em ferro, podem estar propensas à deficiência de ferro, levando à anemia, em que o sangue não tem suficiente glóbulos vermelhos, que por sua vez transportam oxigênio para as células por todo o corpo, dando-lhe a energia quando você precisa. A anemia por falta de ferro causa extrema fadiga, fraqueza e pele pálida. Você também pode perceber dores de cabeça, dificuldade de concentração, mãos e pés frios, e a perda de cabelo.

Nesse caso, você deve comer alimentos ricos em ferro, como carne bovina, carne de porco, peixe, verduras, cereais fortificados, e feijão (de preferência, juntamente com alimentos ricos em vitamina C, o que aumenta a absorção de ferro). As mulheres precisam de 18 mg de ferro por dia e apenas 8 mg após a menopausa. Há casos que é indicado que a dieta seja complementada com um suplemento específico de ferro. Para isso, pergunte ao seu médico se há necessidade.

A queda de cabelos pode atrapalhar muito a vida da mulher, principalmente aquela que é muito vaidosa e se preocupa com a sua aparência física. E, se os fios continuarem caindo, a mulher pode apresentar, inclusive quadros depressivos e de estresse, justamente por estar desesperada, piorando o problema. Por isso que é importante manter a calma e tentar encontrar a solução o quanto antes. Mas, é essencial que você não se preocupe à toa, afinal, é comum perdermos cerca de 50 a 100 fios por dia. Obviamente que você não sairá contando cada fio perdido, mas tenha noção da gravidade para ter certeza. Cuide dos cabelos.

Continue acompanhando o blog, sempre com novidades e boas dicas. Até breve!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close