Como ocorre a calvície: um guia definitivo

Quem busca cuidados contra a calvície deve, antes de tudo, entender todo o ciclo de crescimento do cabelo, assim, ficará mais fácil para aplicar os cuidados contra a calvície. Prevenir, controlar ou até mesmo curar a queda de cabelo demanda algum conhecimento a respeito do que ocorre no couro cabeludo, todos os cuidados são importantes quando se trata de controlar a calvície.

O ciclo de crescimento do cabelo

É importante compreendermos o ciclo de crescimento dos cabelos normais para entendermos porque ocorre a queda de cabelos e começarmos os cuidados contra a calvície.

Cuidados contra a calvície: o conhecimento como grande aliado

Existem três fases do ciclo de crescimento do cabelo

Todo o período de crescimento dura entre 2 e 8 anos. No início temos a fase Anágena que vai desde a formação do folículo até o seu crescimento. Passados de 2 a 8 anos, começa a fase Catágena que dura em torno de 2 a 4 semanas. Nessa fase o folículo é quase que totalmente degradado, e por último, vem a fase Telógena que é a fase de repouso. Ela dura de dois a quatro meses.

A perda de cabelo, que acontece naturalmente, ocorre quando o ciclo de crescimento reinicia, ou seja, na fase Anágena. Muitos cuidados contra a calvície são indicados para essa fase. Quando um novo fio começa a emergir e expulsa o fio que estava em repouso no folículo. Há uma média de 50 a 100 cabelos Telógenos caindo diariamente. Essa queda é normal e explica os fios que encontramos nos ralos e escovas no nosso dia a dia. Esses cabelos são substituídos por novos fios. Em média, os folículos que estão na fase Telógena não passam de dez por cento do total de folículos em nossas cabeças.

Como ocorre a calvície: um guia definitivo

Há muitos fatores que influenciam ou até mesmo tem causa direta com a calvície, queda temporária ou até mesmo permanente (alopecia):

– Medicamentos (nunca se esqueça de olhar a bula)

  • Radioterapia;
  • Quimioterapia;
  • Substâncias químicas;
  • Má alimentação;
  • Desequilíbrio hormonal;
  • Doenças na tireoide;
  • Doenças de pele;
  • Stress;

Contra tudo isso, o melhor a se fazer é procurar ajuda de um médico. Cuidados contra a calvície só devem realmente começar após a visita médica.

Tanto a testosterona quanto a di-hidrotestosterona (Andrógenos) são fatores de controle, muito importantes no crescimento do cabelo humano. Sem eles o crescimento de barba, pelos das axilas e pelos pubianos ficam prejudicados.

Mas o crescimento do cabelo, couro cabeludo, não depende de andrógenos, ou as mulheres seriam carecas, não? Mas andrógenos participam do desenvolvimento da calvície tanto masculina como feminina.

Muitas pessoas buscam cuidados contra a calvície, afetados pela calvície masculina ou alopecia androgenética. Repare que “Andro” refere-se aos andrógenos já citados anteriormente, que são necessários para produzir a perda de cabelo masculino; já genética fala por si e indica a hereditariedade.

Em homens que desenvolvam a calvície masculina, a perda de cabelo pode começar a qualquer momento após a puberdade, quando os níveis sanguíneos de andrógenos começam a subir, desencadeando por vezes, quedas difusas de cabelo e por conseguinte a calvície.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close