Tiroide e lúpus podem ser culpados por queda de cabelos?

A queda de cabelos nem sempre é uma reação repentina e sem motivos Quando recorrente tem alguma causa subjacente que deve ser tratada.

Pode-se pensar nessas causas como internas (decorrente da má alimentação, estresse, pós-parto, uso de certos medicamentos, tabagismo, ingestão de bebida alcoólica etc.) ou externas (abuso de produtos químicos, secador e tração recorrente dos fios).

Em alguns casos, as condições para queda de cabelos são médicas e apresentam alguns padrões específicos.

Entre elas estão os distúrbios causados pela tireoide e pelo lúpus.

Tireoide

Doenças relacionadas à produção elevada dos hormônios da tireoide podem ser responsáveis pela queda de cabelos, uma vez que causa o hipertireoidismo, doença que acelera o metabolismo corporal, causando também alteração nos folículos capilares.

Com isso, o ciclo de crescimento dos cabelos acelera significativamente fazendo com que haja maior queda de cabelos. Isso dificulta a reposição natural desses fios.

Tiroide e lúpus podem ser culpados por queda de cabelos?

Para cuidar do hipertireoidismo é necessário o tratamento por meio de medicamentos responsáveis por diminuir os níveis dos hormônios da tireoide. Porém, alguns deles, como os betabloqueadores, por exemplo, também provocam queda de cabelos.

É muito importante que a administração dos remédios seja acompanhada por um médico, evitando o risco de desenvolvimento de outra alteração na tireoide, o hipotireoidismo.

Hipotireoidismo é o quadro inverso do hipertireoidismo, que também afeta o metabolismo corporal e age na redução da atividade dos folículos capilares. Os fios ficam mais finos, quebradiços e ressecados, facilitando assim a queda de cabelos.

Também é importante o tratamento correto com o acompanhamento de um médico para normalizar as atividades da tireoide. As alterações podem ser diagnosticadas por meio de exames feitos em laboratórios.

Lúpus

São diversos os casos de lúpus que estão associados à queda de cabelo. O lúpus é uma doença que tem como característica transformar o sistema de defesa do organismo em “sistema de ataque” aos órgãos do próprio corpo, podendo atingir várias partes ou apenas a pele.

O que pode causar a queda dos cabelos em casos de lúpus é a inflamação causada pela doença. No entanto, vale lembrar que o uso de alguns anti-inflamatórios não esteroides, corticoides, anticoagulantes e diferentes medicamentos utilizados para tratar lúpus podem também ser responsáveis pela queda de cabelos.

Além disso, outras ocorrências relacionadas à doença, como febre, falta de apetite, anemia e estresse, podem ajudar na perda de fios. Desta forma, a investigação do caso deve ser feita de forma criteriosa e paciente, eliminando suspeitas até chegar ao verdadeiro causador da queda de cabelo.

É preciso também se lembrar dos casos de lúpus discoide (que deixa marcas na pele), que pode deixar lesões agressivas no couro cabeludo se não tratada imediatamente, ocasionado um tipo de calvície com dano durável, principalmente nos folículos capilares presentes na área afetada.

O artigo visa esclarecer, não substitui em hipótese nenhuma o diagnóstico médico. Seguindo as orientações dadas pelos médicos, o problema com certeza será minimizado e a queda de cabelos irá desaparecer, e novos fios surgirão.

Deixe seu comentário abaixo é muito importante. Continuem acompanhando o blog, sempre com novidades. Até breve!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close