Como anabolizantes influenciam no aumento da calvície

Normalmente, quando se pensa em calvície, é atribuída à velhice ou a um estresse imenso que faz alguém arrancar os cabelos só de raiva. Porém, a calvície é mais complicada do que parece. Existem diversos vilões que contribuem para aumento da calvície. Um desses malfeitores é a testosterona, famoso hormônio masculino.

Tanto homens quanto mulheres possuem esse hormônio e, indiferente dos níveis presentes, pode e vai causar queda de cabelo se não tomar cuidado. A calvície por hormônios acontece quando a testosterona libera uma enzima chamada di-hidrotestosterona, que ataca a raiz do cabelo e causa a queda dos fios.

A forma comum em que a testosterona libera essa enzima é devido a stress físico ou psicológico. O estresse aumenta a atividade da testosterona, que libera essa enzima e causa calvície. Quando a pessoa possui algum distúrbio hormonal, a calvície também pode acontecer.

Entretanto, existe outra forma de colocar os hormônios contra você quando o assunto é preservação da saúde capilar: Anabolizantes.

omo os anabolizantes afetam a saúde do cabelo

Como os anabolizantes afetam aumento da calvície

Quando se usa um esteroide anabolizante, principalmente se for à base de testosterona ou um éster de testosterona, em consequência os níveis de DHT aumentam, deixando o cabelo sujeito a queda. É possível controlar os níveis usando finasterida, mas é possível que o aumento da testosterona possa suplantar a capacidade de medicamento de bloquear a conversão da enzima.

A DHT é três vezes mais potente do que a testosterona. Portanto, bloqueá-lo sistemicamente pode diminuir muito os ganhos esperados. Porém, se não bloquear a DHT, vai perder os cabelos. É uma escolha difícil.

Nesse caso, o acompanhamento médico é decisivo. Se informe com ele sobre qual a melhor forma de usar seu anabolizante e como pode combater a DHT sem prejudicar a dosagem.

O equilíbrio é a resposta nessa questão. Como o ganho de massa muscular é diretamente ligado com o hormônio da testosterona, é impossível não esperar algum tipo de reação dela. Altos níveis de testosterona e um metabolismo moderado resultam em um corpo objetivo de atletas e bodybuilders, ou até mesmo pessoas que praticam o esporte por vaidade.

Existe diferença entre a testosterona natural e a anabolizante?

Embora os níveis de testosterona produzidos pelo nosso corpo sejam suficientes para ganhar massa muscular, unido à disciplina e a dieta correta, os esteroides anabolizantes proporcionam resultados mais rápidos. Tanto a testosterona natural quanto a encontrada nos anabolizantes possuem uma estrutura semelhante e aumentam a concentração do hormônio em todo o organismo.

Isso significa que, mesmo que você evite a testosterona anabolizante, ainda existe o risco de a DHT se desenvolver no couro cabeludo e causar a queda de cabelo.

Como posso evitar aumento da calvície?

Ao notar falta de alguns fios no couro cabeludo, procure um médico/profissional imediatamente. É necessário tem um cuidado atento à saúde do cabelo. Tente usar produtos com menos química para lavar a cabeça. O uso excessivo desses produtos vai apenas enfraquecer ainda mais os fios, mesmo que esses produtos tenham algum nutriente que beneficie a saúde capilar.

Vão tirar os óleos naturais do seu cabelo e causar estrago no couro cabeludo. A forma de aplicar o xampu também é importante. Não se deve usar força e sim massagear o couro cabeludo suavemente, espalhando o produto no cabelo.

Fique atento à sua alimentação. O corpo precisa da dieta correta e dos nutrientes certos para manter a saúde capilar. Se você é um bodybuilder, provavelmente já ingere muita proteína. Porém, apenas a proteína não é o suficiente. É importante não exagerar. Você também precisa focar em carboidratos e vitaminas como A, B e C se quer um cabelo saudável e resistente.

Procure comer alimentos como carnes vermelhas, peixes, soja, feijão, amendoim e outros grãos para obter todos esses nutrientes. Você também pode ingerir suplementos focados nessas vitaminas.

Evitar o estresse é extremamente importante. Se os níveis de testosterona já estão altos por causa dos exercícios físicos, imagine fazer exercícios estressado? Os níveis de DHT serão maiores ainda e mais cabelo será perdido no processo. Caso consiga usar o treino como válvula de escape para desestressar, já é uma vantagem no combate à calvície.

Por último, por mais controverso que isso pareça, evite a testosterona o máximo possível. Pode afetar os seus objetivos, fazendo que leve mais tempo para alcançar o corpo desejado, porém altos níveis de testosterona são um risco que não valem a pena em nenhum caso. Se mesmo assim deseja continuar utilizando esteroides anabolizantes é, como mencionado no parágrafo anterior, usar o treinamento como uma forma de desestressar.

Entretanto, mesmo que você consiga de fato relaxar nos exercícios, por usar anabolizantes, o risco de ocorrer à queda de cabelo ainda é alta. No fim das contas, talvez valha mais a pena assumir a careca e raspar tudo de uma vez!

Gostou de nosso artigo sobre aumento da calvície e anabolizantes? Deixe sua opinião nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close