Calvície: mais de 200 genes são responsáveis pela queda de fios

Algo que já é conhecido pela comunidade médica e pelo público geral é de que a presença da calvície acontece por motivos genéticos, o que significa que se na sua família há uma grande incidência de pessoas que ficam carecas em pouco tempo, isso significa que você também pode ser afetado.

Mas não se preocupe! Recentemente, em um estudo realizado na Universidade de Edimburgo, foram feitas análises de informações genéticas de mais de 52 mil homens entre 40 e 60 anos de idade, com o objetivo de encontrar as possíveis causas da calvície. Vários genes foram encontrados como os causadores da queda dos fios de cabelo, publicado na revista científica PLOS.

No entanto, o fato de você ter um desses genes não significa que você terá uma careca daqui a alguns anos. Isso acontece porque o efeito de um único gene no meio do corpo humano como um todo tem um efeito muito baixo. Por esse motivo, o estudo teve de ser feito com uma grande quantidade de pessoas para encontrar esses genes. As informações antes de chegarem a público, passam por uma equipe qualificada.

De todos os homens que participaram do estudo, cerca de 16.700 não sofreram queda de cabelo, 12 mil tiveram perda leve de fios, enquanto 14 mil tiveram quedas moderadas e cerca de 9.800 quedas severas.

Na pesquisa, foi indicado de que a tendência à calvície está diretamente relacionado ao padrão genético. Quem tinha menos do que a média dos 287 genes encontrados que são relacionados à queda de cabelos tinham chances menores de ficarem carecas; 58% das pessoas que tinham mais de 287 genes acabavam tendo calvície moderada para severa.

Não há um exame de sangue para informar com precisão como saber se o seu corpo tem genes que facilitam a presença da calvície nos cabelos. É importante ressaltar que qualquer tratamento deve passar por um profissional qualificado.

Calvície: mais de 200 genes são responsáveis pela queda de fios

Como posso saber se irei ter calvície pelos genes?

Uma surpresa encontrada entre os pesquisadores é o fato de que os genes que causavam a calvície não estavam no material genético do pai, e sim no genoma da mãe.

Foi indicado que a influência do material genético materno está relacionado ao cromossomo X (cerca de 40 genes encontrados).

Uma explicação que acontece por conta da influência do cromossomo X está ligada à regulagem dos hormônios sexuais. São as proteínas que interagem com esses hormônios que faz com que o cromossomo X ajude a desenvolver os óvulos nas mulheres e os testículos nos homens.

Mas como a calvície pode afetar o meu corpo?

Pode afetar a região da cabeça, causando queda dos cabelos sem a sua recuperação, por conta do enfraquecimento e da destruição das células foliculares, que ajudam no crescimento dos seus cabelos. Ele pode começar bem fraco, com pequenos tufos de cabelos caindo aos poucos que, mais tarde, podem crescer para a perda definitiva no momento em que ele deixar de crescer novamente. Bem, não podemos esquecer que cada organismo é único. Sendo assim, é importante uma visita ao dermatologista.

Será que eu também sofro com calvície?

Nesse ponto, acredito que você também começou a pensar se você também tem chances de desenvolver calvície. Com algumas dicas, você pode ver se os seus fios de cabelo caem de forma natural ou é por conta da calvície:

Comparando os fios da frente com os de trás: esse é uma forma bem mais fácil de identificar melhor a calvície antes de ela acontecer. Se os cabelos da frente forem mais finos do que os de trás, há uma grande chance de a calvície acontecer.

Puxando um tufo de cabelos diretamente da cabeça: esse é outro método bem eficiente para saber se os seus fios irão cair com o tempo. Geralmente, fios de cabelos com calvície se desfazem ao puxar. Já os que saem inteiros, com a raiz bem branca, significa que você não irá sofrer de calvície.

Mas a melhor forma de saber se você está tendo calvície é comparando uma foto sua atual com uma antiga

Como posso resolver esse problema?

Uma prevenção é algo bem difícil de fazer, um vez que esse problema não pode ser diagnosticado antes de a doença acontecer. Contudo, para quem está sofrendo de calvície, você pode tentar quatro formas de resolver a queda de fios de cabelos, podendo até mesmo reconstruir os seus folículos capilares, que são as células que ajudam a reconstruir os fios de cabelo na sua cabeça. Podem ser feitos por laser, implante, loção capilar e interlace de fios.

O tratamento deve ser feito o mais rápido possível. Se a sua cabeça estiver quase sem cabelo, os efeitos das medicações não irão surtir muito efeito, por conta da falta de folículos capilares que podem recuperar seus fios. Continue com o blog, sempre traremos novidades. Deixe seu comentário logo abaixo. Até breve!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close