3 medicamentos que contribuem para a queda de cabelos

A calvície pode atingir qualquer pessoa e por conta de vários fatores, como desequilíbrio hormonal, hábitos inadequados, motivos genéticos e consumo de certos medicamentos. Nesse artigo iremos falar, com mais detalhes, sobre alguns desses medicamentos que contribuem para a queda de cabelos . É importante procurar informações idôneas sobre os assuntos que desconhecemos. Afinal esse é o propósito do blog, mantê-los bem informados. Confira:

3 medicamentos que contribuem para a queda de cabelos

1.Remédios anticoncepcionais

Muitos medicamentos, como os anticoncepcionais, às vezes ajudam a combater e, ao mesmo tempo, estimulam a queda de fios de cabelo no couro cabeludo por conta da calvície. Isso pode parecer muito estranho, mas isso acontece por conta da queda capilar androgenética, que pode ajudar a reduzir a queda como também pode melhorar a alopecia. Dependendo de quem estiver consumido, ela pode fazer com que os fios de cabelo fiquem enfraquecidos. Mas isso é mais comum em mulheres que já estejam com calvície, portanto o uso de anticoncepcionais para esse fim pode agravar o problema.

Contudo, por conta das suas composições, que possuem níveis altos de hormônios, pode acontecer, dependendo do tipo do hormônio que seu corpo receber, de causar queda de cabelos que podem deixar os fios mais finos por conta do desequilíbrio hormonal.

Lembre-se de evitar a automedicação e tenha sempre a orientação de um especialista para saber qual anticoncepcional funciona melhor para você. Ressaltamos também a importância de cuidados alimentares, sonos de qualidade, evitar estresse e fazer exercícios físicos regularmente.

2. Remédios com ação no sistema nervoso

Ansiolíticos, antidepressivos, estabilizadores de humor e antipsicóticos atuam diretamente no sistema nervoso do paciente e causam a queda dos fios de cabelo em pelo menos 28% dos casos. No entanto, quanto mais moderno for esse medicamento, mais seguro ele se torna para o crescimento dos fios.

Remédios voltados para tratamentos psicológicos às vezes causam calvície por interferência em vários hormônios vários hormônios que, embora ajudem no bem-estar da pessoa, ainda  ocorrem problemas com o crescimento dos fios de cabelo, dependendo do tipo do medicamento e na composição de cada uma delas.

Alguns antidepressivos mostraram que, em vez de causar a queda dos cabelos, auxiliaram mais no crescimento dos fios por conta das suas composições químicas. Isso acontece com muita frequência ao usar medicamentos como fluoxetina e paroxetina. Eles causam sensação de bem-estar e muitos pacientes relatam casos de que sentiram os próprios cabelos se tornarem mais macios e fortes com o uso regular do medicamento.

Uma substância em específico, o lítio, também pode causar a queda de cabelos. Neste caso, ele pode atingir as pessoas que sofrem de hipotireoidismo, que utilizam esse medicamento com muita frequência.

Se você suspender o consumo desse remédio, pode também acontecer, no mesmo caso dos anticoncepcionais, de o problema piorar, e só mais tarde os fios voltarem a crescer. Portanto, tenha um acompanhamento médico para saber se não são os próprios medicamentos que estão causando a queda de cabelos antes de comprar fortalecedores de fios.

3. Vitaminas, suplementos e anabolizantes

Pode não parecer, mas o uso excessivo de certas vitaminas às vezes ocasionam  o aparecimento da calvície. Por atingirem no funcionamento do corpo com mais facilidade, essas vitaminas, em excesso, favorecem algum tipo de desequilíbrio hormonal que irá afetar diretamente no crescimento dos seus cabelos.

Uma das vitaminas relacionadas à queda de cabelo é a A, mais propensa a agir diretamente no crescimento de cabelos. Um nível excessivo desse nutriente Talvez pode deixe os fios de cabelo mais finos, causando assim a calvície prematura.

Muitos produtos voltados para o fortalecimento de músculos acabam deixando o couro cabeludo descoberto por conta dos efeitos dos hormônios.

Por conta disso, é sempre recomendado que você faça uso deles com orientação de um médico para não tenha problemas.

Como evitar os problemas de queda de cabelos causados pelo uso de medicamentos?

Como todas as pessoas sabem, o uso indevido de medicamentos é perigoso para a saúde e acelerar o processo da calvície. Por isso, nunca faça a automedicação, sempre consulte o médico antes de consumir qualquer tipo de remédio.

Para quem estiver já usando o remédio, converse com o profissional da saúde que indicou o medicamento, explicando também dos efeitos colaterais que está sentindo para que ele possa ver, de forma mais segura, como usar melhor o remédio sem sofrer danos na sua saúde.

Sabemos que o mercado de cosméticos e medicamentos para essa área, estão sempre inovando, mas é necessário a indicação de um profissional adequado para cada situação.

E, por fim, nunca suspenda os tratamentos sem aviso prévio do médico, esse é o único que pode dar está informação para você, pois essa atitude ocasiona danos muitas vezes irreversíveis ao seu organismo. Todo tratamento precisa  de um tempo para ser assimilado pelo o organismo e no movimento contrário, também há essa necessidade.

Continue com o blog. Deixe seu comentário logo abaixo. Até breve!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close