Altura e calvície: homens baixos podem ficar carecas mais fácil?

Um mito que surgiu há algum tempo é a possibilidade de homens mais baixos serem mais propensos que os mais altos a ter calvície.

O artigo a seguir vai procurar expor de forma mais clara se as suspeitas de que a altura dos homens tem relação com a calvície são procedentes ou não, e isso possa realmente comprovar um caminho para surgimento da calvície. Portanto, vamos ver mais a seguir:

Altura e calvície: homens baixos podem ficar carecas mais fácil?

Como surgiu a associação entre altura e calvície masculina

A partir de uma pesquisa publicada na revista americana Nature Communications, um risco de calvície prematura entrou na lista de doenças que acontecem entre homens de ascendência europeia. Além disso, a puberdade prematura também está associada à perda de cabelos.

Os pesquisadores alemães que conduziram a pesquisa notaram que, entre os homens de biótipo europeu, a calvície chega por volta dos 30 anos. A perda doe cabelos entre os asiáticos acontece de uma forma mais devagar, atingindo os homens que têm ao menos 40 anos.

Qual a relação da altura dos homens com a queda de cabelo?

Como observado entre os pesquisadores, os homens que tinham uma altura menor tinham possibilidade maior de perder os cabelos. Os dados indicaram que alguns dos genes que indicam a calvície apareceram em maior quantidade em homens mais baixos. Nas pesquisas anteriores, os mesmos pesquisadores concluíram que homens calvos apresentaram mais chances de sofrerem complicações relacionados a doenças cardíacas e câncer de próstata.

Além disso, foi notado que os homens mais altos tinham um gene que evitava o aparecimento da calvície precoce. A equipe de pesquisa constatou que existem cerca de 63 variações genéticas que afetam a perda do cabelo.

Embora os genes relacionados à ocorrência de calvície tenham sido identificados, não há uma causa específica para definir, de forma mais exata, a altura dos homens que estão mais propensos a observar o real aparecimento da calvície. Portanto, ainda é uma questão que carece de análises mais aprofundadas por parte da ciência.

Como evitar a calvície?

Enquanto os pesquisadores ainda tentam desvendar os sinais sobre a calvície, você deve ao menos tomar certos cuidados para que ela não apareça antes. Vamos ver mais a seguir:

Hidrate bem o seu cabelo

Na maior parte dos casos, quando a calvície não é causada por fatores genéticos, ela ocorre por conta de fatores externos e internos. Em dias muito ensolarados, é normal notar uma perda de qualidade nos fios de cabelo, afinando com o tempo ou até mesmo caindo. Por isso, proteja os seus cabelos dos raios de sol.

Mantenha uma vida mais saudável, alimentando-se corretamente e praticando esportes

Como todo dia para manter uma vida mais saudável, você sempre deve se alimentar corretamente. Em especial, deve-se sempre consumir alimentos ricos em proteínas e ferro, pois eles ajudam a fazer com que seus cabelos cresçam mais depressa. Algumas das nossas dicas incluem carnes, ovos, peixes e alguns grãos, como amendoim e nozes, que ajudam na produção de queratina no organismo.

Evite usar água quente para lavagem e controle a temperatura do secador de cabelos

Na hora de lavar os cabelos, use água morna ou fria. A água quente pode alterar a estrutura das escamas dos fios, deixando-os finos e quebradiços. E na hora de secá-los, deixe a temperatura mais branda do secador de cabelo por conta do risco de deixar os fios de cabelo mais fracos e desnutridos com o tempo. Se possível, lave o cabelo em dias alternados.

Esteja sempre em dia com os exames médicos

Como muitos já sabem, a calvície pode ser causada também por conta de alterações no seu organismo, o que pode incluir alterações hormonais que impedem o crescimento de novos fios de cabelo. Por isso, sempre esteja em dia com a sua saúde e sempre busque tratamento caso perceba alguma alteração no seu corpo.

Em alguns casos, os médicos ainda irão te receitar medicamentos que ajudem a aliviar os sinais da calvície no corpo, além de controlar os níveis de hormônios.

Cuidado emocional

Como é altamente recomendado nos dias de hoje, o cuidado nas suas relações emocionais é sempre importante para manter o corpo mais saudável. Evite o estresse por conta de transferência de enzimas e outros hormônios de autodefesa agindo sobre o corpo. Invista em momentos de descanso e relaxamento. Práticas de meditação também ajudam.

Como pode perceber, não há confirmação de que haja relações entre altura e calvície em homens. Se você tiver preocupação quanto ao aparecimento da calvície no seu corpo, basta tomar os cuidados que são normalmente recomendados para evitar a ocorrência da queda de cabelos, de maneira mais agressiva.

O que você achou do nosso artigo sobre a relação entre altura e calvície? Que tal comentar para nós? Escreva para a gente, pois é sempre muito importante manter nossa comunicação para melhorar o conteúdo sempre. Até o próximo post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close