6 dicas de penteado que não causam calvície de tração

O cabelo é uma das partes mais importantes para a nossa beleza, principalmente das mulheres que são bem vaidosas. Todas as pessoas temem a calvície que é quando ocorre a perda dos fios capilares, prejudicando a autoestima de uma pessoa. Há diversos tipos de calvície, e aqui nesse artigo iremos falar sobre a calvície de tração e daremos dicas de penteado que não causam calvície de tração.

6 dicas de penteado que não causam calvície de tração

Calvície

A calvície é quando ocorre a queda gradual ou progressiva de fios capilares. O tipo mais comum é a alopecia androgenética. O diagnóstico que revela a calvície é realizado por um médico profissional na área de dermatologia. Ele irá determinar se o paciente apresenta perda normal de cabelos ou se há uma influência genética.

A calvície de tração

A calvície de tração ocorre o aparecimento de áreas calvas resultantes da atrofia do bulbo capilar em consequência de agressões causadas pelo mesmo. Se essas práticas não cessarem a tempo, é possível que os folículos pilososm”cicatrizem” de forma que a área não mais se recupere.

Existem três padrões identificados como causadores da calvície de tração. O primeiro é a tricotilomania, uma compulsão onde o individuo arranca os próprios fios capilares. É um distúrbio que não se verifica tão frequentemente porque os tricotilomaniacos sentem vergonha do próprio comportamento que os mesmos não têm controle sobre.

O segundo é a conversão telogena. Nela, a calvície de tração é provocada por penteados e pela utilização de bobes ou chapinhas. Eles ajudam a danificar a tal ponto a base na qual os fios capilares nascem, que o organismo chega a parar a produção dos mesmos.

Já o terceiro padrão da calvície de tração é o processamento excessivo. Assim como o nome sugere, é quando ocorre o uso excessivo de tratamentos químicos com tinturas, descolorantes e alisantes. Esses produtos prejudicam e promovem o enfraquecimento das estruturas até as mesmas se atrofiarem.

Caso esse tipo de queda seja identificado a tempo, é possível tratar rapidamente realizando apenas a interrupção da prática de tensão. Mas, caso a situação seja mais severa e identificada mais tardiamente, pode ocorrer a “morte” do folículo por conta da sua cicatrização e ocorre o aumento da gravidade do problema. O diagnóstico da calvície de tração é identificado por uma avaliação física por um profissional e também é feita uma revisão do histórico do paciente.

Lavar os cabelos regularmente com shampoo e condicionador ajuda na prevenção da calvície, pois os mantendo limpos, pode evitar as chances de infecção e até mesmo outros problemas que causam a queda capilar.

Dicas de penteado que não causam calvície de tração

Agora que já sabemos tudo sobre a calvície, abaixo listamos dicas de penteados que não causam a calvície de tração. Confira:

1.       Cabelos soltos

A calvície de tração por ser um tipo de queda de cabelo que ocorre por puxar e/ou prender os fios de cabelo por muito tempo, um dos penteados para evitar esse tipo de calvície é deixar os fios soltos. Você tem o costume de usar coques ou os cabelos em rabo? Porque não inovar no estilo e utilizar penteados que deixam os cabelos soltos? Assim você evita esse tipo de calvície e mantém os seus cabelos saudáveis e sem danos.

2.       As tranças

Sim, você pode fazer o uso das tranças, mas com moderação e utilize esse tipo de penteado somente em ocasiões especiais. Além disso, para evitar os efeitos negativos do penteado, procure não puxar os fios capilares com muita força evitando que os mesmos fiquem tensionados, quebrem ou até mesmo caiam.

3.       Laços

Uma das formas para evitar que os fios capilares fiquem tensionados é começar a utilizar laços feitos de tecido macio e também evitar em apertar demais o penteado, assim você também evita que os fios se quebrem.

4.       Pentes de dentes largos

Para fazer os penteados também é preciso de pentes, mas é preciso escolher os de dentes largos para evitar que ocorra tensão e também evita que os fios sejam puxados. Lembre-se de evitar também pentear os cabelos com freqüência ou com os fios molhados para assim evitar o aumento da queda. Caso estejam molhados ou com nós, utilize os dedos para desfazê-los.

5.       Produtos com vitamina E

Procure utilizar produtos como loções, condicionadores e shampoos que contenham vitamina E, pois pode ajudar a diminuir a inflamação dos folículos capilares e promove a circulação sanguínea que também ajuda a estimular o crescimento dos fios.

6.       Evitar apliques

Os apliques e extensões podem deixar os cabelos mais volumosos e compridos, porém, também podem puxar a raiz e as fibras capilares e ocorre a queda capilar. Em alguns casos, também pode ocorrer dano permanente. Por isso, procure evitar apliques. Caso voce queira utilizar, procure fazer em salões especializados e que sejam apliques leves para evitar a tensão. Utilize até dois meses e mantenha sempre a higiene.

Gostou do artigo? Deixe o seu comentário e continue acompanhando o nosso blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close