7 aspectos que favorecem a queda de cabelos (e você não sabia)

Você sabe o que é a queda capilar? Você sabia que há aspectos que favorecem a queda de cabelos? Não? Neste artigo iremos falar tudo sobre a queda capilar e iremos listar os aspectos que favorecem a queda de cabelos que você provavelmente não sabia.

7 aspectos que favorecem a queda de cabelos (e você não sabia)

Queda de cabelos

Normalmente perdemos cerca de 50 a 100 fios por dia e isso ocorre quando penteamos, mexemos, lavamos, entre outros momentos e quando um fio cai, outro nasce no mesmo lugar do fio perdido. Essa é a perda de cabelo normal até porque é mantida a quantidade de fios no couro cabeludo de forma equilibrada.

Mas quando se nota que há uma quantidade anormal em seu travesseiro, quer dizer que está ocorrendo a queda de cabelo, e isso pode acontecer tanto com mulheres quanto com os homens. A queda de cabelo incomoda muita gente, até porque se está perdendo uma das partes essenciais para se ter uma boa aparência e autoestima e a queda só provoca problemas, inclusive incômodo. Primeiramente deve-se entender que a queda de cabelo é diferente de calvície e perda normal de cabelo e, além disso, há diversas causas que estão relacionadas a queda.

Causas da queda de cabelos e como acabar com esse problema

A queda capilar, tanto em homens quanto em mulheres, pode se dar por motivos externos ou até mesmo internos. Isso significa que há fatores ambientais que podem afetar a saúde dos fios capilares, por exemplo.

Há diversas formas de tratamentos dermatológicos que ajudam a acabar com o problema da queda capilar, e um deles é uma loção a base de latanoprosta, que auxilia no crescimento de novos fios capilares e no estimulo daqueles que estão em fase de crescimento. Além disso, também é possível fazer microagulhamento que aumenta a vascularização da área do couro cabeludo.

Aspectos que favorecem a queda de cabelos

Abaixo listamos o que mais favorecem a queda de cabelos que você provavelmente não sabia. Confira:

1.       Problemas intestinais

O ferro ajuda a manter o penteado incólume e o zinco, proteínas e cobre comprometem a beleza e a firmeza dos fios. A questão é que pouco adianta começar uma dieta adequada se o aparelho digestivo não absorve as substâncias essenciais da comida. O próprio procedimento inflamatório no intestino se espalha para outras áreas, podendo atingir a cabeça e em certas situações, até mesmo os medicamentos contra esses transtornos podem ser um dos aspectos que favorecem a queda de cabelos.

2.       Ovário policístico

Em homens, a alta taxa de testosterona resulta em alopecia androgenética, certo? O hormônio masculino produzido em larga escala é um dos aspectos que favorecem a queda de cabelos em mulheres que produzem em larga escala e sofrem com a formação de cistos nos ovários.

3.       Doença renal crônica

Quando os rins param de filtrar o sangue, os mais variados sintomas surgem, assim como a dor de cabeça, cãibra, náusea, inchaço e também é uma das que favorecem a queda de cabelos. Um estudo turco relatou que das 365 pessoas que possuem doença renal crônica, 41,4% demonstravam falhas no revestimento do cocuruto. Não se sabe o motivo, porém as limitações alimentares decorrentes do quadro seria um motivo. Mas, vale lembrar que a calvície dificilmente será o indício inicial da insuficiência dos rins.

4.       Disfunções da tireoide

A tireoide é uma glândula localizada no pescoço que dita o ritmo do organismo, e os processos de renovação e crescimento capilar são afetados por ela. Se começa a produzir altas taxas de hormônios T3 e T4, logo acelera a reposição celular do couro cabeludo e isso deixa a careca exposta. Já a falta de T3 e T4 diminui a produção no metabolismo e os fios se desenvolvem com dificuldade, ou seja, os problemas da tireoide é um dos aspectos que favorecem a queda de cabelos.

5.       Anemia

A falta de ferro é a desordem nutricional mais conhecida no mundo, e a ausência desse mineral resulta em uma queda na concentração de hemoglobina, uma proteína que está presente nas células do sangue que é essencial para o transporte do oxigênio. Isso é conhecido como anemia, que atinge cerca de 30% da população mundial, segundo a Organização Mundial da Saúde. Além da palidez e do cansaço, a ausência de oxigênio tira a resistência dos cabelos.

6.       Estresse crônico

O estresse é um dos principais aspectos que causam a queda capilar. Esse sentimento compromete o sistema circulatório periférico, atingindo a fixação dos fios. Claro que um momento de estresse isolado não vai deixar você careca, mas, caso a ansiedade nunca for embora, cria-se uma bagunça hormonal que pode prejudicar a integridade dos fios capilares e ocorre a queda.

7.       Cigarro

O tabagismo em geral pode causar queda capilar, pois as suas substancias tóxicas enfraquecem os fios. Fumar cigarro todos os dias pode enfraquecer as mechas, levando a uma degeneração dos vasos que abastecem o couro cabeludo.

Gostou do artigo? Deixe o seu comentário e continue acompanhando o nosso blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close