Existe diferença entre calvície masculina e feminina?

Você sabe o que é calvície? Sabia que a calvície pode afetar tanto homens quanto as mulheres? Neste artigo iremos falar tudo sobre a calvície e se existe diferença entre calvície masculina e feminina.

Existe diferença entre calvície masculina e feminina

A calvície

Também conhecida como alopecia, é uma doença caracterizada pela diminuição parcial ou total dos fios capilares. Pode resultar até mesmo em perda de pelos em certas áreas da pele. Há diversos tipos de calvície que possuem causas diversas. Por mais que tenha diferença entre calvície masculina e feminina, todos os dias, nós perdemos cerca de 50 a 100 fios capilares. Sempre que um fio cai, é substituído por um fio novo e isso é normal.

Mas, com o avanço da idade, o crescimento dos fios capilares acaba ficando mais lento e pode até mesmo parar, e isso pode até resultar em calvície. Há fatores que podem também causar a calvície como o estresse, dieta, mudança hormonal, medicamentos, etc. A calvície é mais comum em homens do que em mulheres, mas isso não quer dizer que elas não são afetadas.

Além da calvície androgenetica, também existe a alopecia areata que é a perda repentina dos fios capilares em certas áreas do couro cabeludo, que cresce de volta após alguns meses. A sua causa ainda é desconhecida, mas muitos acreditam que pode ser por conta de uma desordem autoimune. O tipo de calvície mais agressivo é a universal, onde ocorre a perda de todo cabelo e todos os pelos do corpo, além de causar problemas emocionais no individuo. Infelizmente a calvície ainda não possui cura, mas há tratamentos que podem ser feitos, mas lembre-se, você vai precisar da orientação de um profissional.

Além do diagnóstico de um profissional, é preciso que o indivíduo também faça um auto-diagnóstico e isso pode ser feito observando no espelho o seu couro cabeludo e se há falhas ou perdas capilares. Algumas formas de calvície podem possuir uma desordem mais grave e aí que precisa do diagnóstico completo feito por um tricologista.

Calvície masculina e feminina

A calvície masculina é popularmente conhecida como calvície hereditária ou alopecia androgenética. Tem padrão clássico ocorrendo predominantemente em homens, por mais que tenha mulheres que podem ser diagnosticadas com esse problema. Os primeiros sinais da alopecia androgenética surgem no inicio da idade adulta.

Na calvície androgenética, incide a predisposição genética do individuo para a ocorrência da perda acentuada dos cabelos. O hormônio dihidrotestosterona é o maior responsável pelo surgimento desse tipo de calvície. Em indivíduos predispostos geneticamente, o receptor hormonal de DHT está alterado e isso ocorre o afinamento progressivo do cabelo em certas áreas do couro cabeludo desencadeando a queda excessiva dos cabelos.

Segundo a American Hair Loss Association, aos 35 anos, cerca de 50% dos homens já terão perdido cabelo. Além da alopecia androgenetica, também há a alopecia areata que é causada por uma predisposição genética ou reação autoimune que pode ser desencadeada pelo estresse e se caracteriza pela falta de cabelos em uma ou várias áreas do couro cabeludo.

Causas de calvície

Uma diferença entre calvície masculina e feminina, é que a calvície feminina possui diversas causas, e pode-se iniciar mais tardiamente ou pode não ser percebida de maneira precoce. Além disso, as mulheres utilizam cabelos compridos, com penteados ou presos que acabam por camuflar a perda dos fios capilares. As causas da calvície são diversas.

Vão desde os fatores hormonais, genéticos e até mesmo o tipo de produto utilizado no couro cabeludo. Fatores nutricionais, emocionais e ambientais também podem ser uma das causas da calvície feminina. Além disso, tinturas e processos químicos como alisamento dos cabelos podem causar a calvície.

Independente da diferença entre calvície masculina e feminina, é preciso marcar uma consulta com um especialista no assunto. É o caso do dermatologista especializado em tricologia. Somente por uma avaliação médica e exames laboratoriais é possível realizar o diagnostico correto das causas da queda excessiva dos cabelos no individuo, que variam de pessoa para pessoa, independente se é mulher ou homem.

Temos como exemplo da diferença entre calvície masculina e feminina, um exemplo importante a seguir.  Uma pessoa do sexo feminino pode estar sofrendo com a calvície por conta do excesso de química nos cabelos. Ao mesmo tempo, em um homem, pode ser por conta do uso de anabolizantes. Vale lembrar que não deve se automedicar, pois é preciso entender quais são as causas da queda dos fios. Somente a partir daí, o profissional vai indicar qual procedimento deve ser feito. O tratamento da calvície é igual para ambos os sexos, desde os tipos de medicamentos até transplante de cabelos.

Diferença entre calvície masculina e feminina

A calvície em homens costuma ter uma evolução mais rápida e ocorre a perda completa dos fios. Nas mulheres, os cabelos vão ficando cada vez mais finos. Em homens a calvície afeta os fios localizados na parte superior do couro cabeludo, preservando a nuca e as laterais. Já nas mulheres, há acometimento difuso, por igual. Em homens, é normal encontrar “entradas” e/ou áreas totalmente calvas. Uma diferença entre calvície masculina e feminina, é que em mulheres, pode ter falhas em algumas áreas do couro cabeludo, porém dificilmente as mulheres apresentarão áreas completamente sem fios.

Gostou do artigo sobre a diferença entre calvície masculina e feminina? Deixe o seu comentário e continue acompanhando o nosso blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close