Conheça o efeito colateral que virou novidade em tratamento para calvície

A perda dos cabelos é um problema estético que afeta a autoestima de milhões de pessoas em todo o mundo. Para aqueles que não possuem dinheiro para realizarem os caros procedimentos para resolver o problema como o transplante capilar, ou que não querem sofrer com os efeitos colaterais dos remédios atuais. Essas pessoas procuram por novas alternativas para se verem livres da calvície. A solução final para esse problema pode ter surgido a partir dos resultados de uma pesquisa britânica. A pesquisa teve seus resultados publicados na revista médica PLOS Biology e parece ser uma verdadeira novidade em tratamento para calvície. A cura para essa doença pode estar mais próxima do que as pessoas pensam.

Durante a realização de testes, um grupo da Universidade de Manchester, na Inglaterra, percebeu que um remédio comum e que vem sendo usado há anos possui um forte efeito sobre os folículos capilares, estimulando o seu crescimento. Esse “efeito colateral” acontece porque um dos competentes do remédio age contra uma das proteínas causadoras da calvície, que impede o cabelo de crescer.

OS ATUAIS TRATAMENTOS PARA CALVÍCIE

Atualmente, existem apenas dois remédios disponíveis para tratar a calvície masculina, o Minoxidil e a Finasterina. Entretanto, os efeitos colaterais que as substâncias provocam no organismo podem ser muito agressivos e os resultados no combate à queda do cabelo muitas vezes chegam a ser decepcionantes.

Outro tratamento disponível é o transplante capilar, que consiste na recolocação de fios de cabelos transplantados do próprio paciente de uma área à outra. Os fios geralmente são retirados de áreas que não são afetadas pela calvície. Apesar de ser considerado o melhor tratamento atual para a doença, o transplante capilar só é indicado para alguns casos específicos e possui um custo muito alto. Com os resultados dessa nova pesquisa e a novidade em tratamento para calvície, essas pessoas que tanto sofrem na luta contra a queda de cabelo finalmente poderão encontrar uma luz no fim do túnel.

A NOVIDADE EM TRATAMENTO PARA CALVÍCIE RESULTADA DE UM EFEITO COLATERAL

A pesquisa realizada pelo grupo de cientistas britânicos, trabalhou com o desenvolvimento de estratégias que promovessem o crescimento do cabelo, a partir do estudo de substâncias que fossem bem toleradas pelo corpo humano e que não resultassem em efeitos negativos no organismo.

A novidade em tratamento para calvície surgiu quando a pesquisa identificou os mecanismos moleculares presentes na ciclosporina A, uma substância que vem sendo utilizada como medicamento para doenças autoimunes e para suprimir a rejeição de transplantes.

Foi uma grande surpresa o fato de uma substância utilizada desde os anos 90 ser uma verdadeira novidade em tratamento para calvície. Os efeitos secundários da ciclosporina A provocam um crescimento de pelos que poderia ser visto como indesejável do ponto de vista cosmético, mas que pode ser um verdadeiro milagre para quem sofre com a queda de cabelo. Os pacientes que faziam uso da substância estavam se queixando de um crescimento indesejado dos cabelos.

Segundo o líder da pesquisa, Nathan Hawkshaw, essa informação permitiu que a equipe realizasse uma análise completa de como os folículos capilares isolados do couro cabeludo se comportavam com tratamento com ciclosporina A. Essa análise concluiu que a substância age contra a expressão de SFRP1, uma proteína que tem um importante papel inibidor no desenvolvimento de vários tecidos, e nisso inclui os folículos pilosos. Os resultados foram satisfatórios e a novidade em tratamento para calvície surgiu.

O experimento revelou que a droga reduz a expressão de SFRP1, uma proteína chave que regula o desenvolvimento e crescimento de muitos tecidos, incluindo folículos pilosos.

A NOVA SUBSTÂNCIA PARA TRATAR A CALVÍCIE

As pesquisas lideradas por Hawkshaw observou também que uma substância originalmente utilizada em remédios para o tratamento para osteoporose, o WAY-316606, também age contra a proteínas inibidora do crescimento capilar, a SFRP1. Uma ação semelhante ou até mesmo melhor que a da ciclosporina A.

Essa nova substância também foi submetida a testes para tratar folículos pilosos e os resultados foram animadores: o uso do WAY-316606 também melhorou significantemente o crescimento do cabelo humano. A aplicação da substância no couro cabeludo de uma pessoa que sofra de calvície estimula o crescimento de novos fios capilares.

Segundo o líder da pesquisa, essa nova descoberta tem o potencial de realmente mudar a vida das pessoas que sofrem com a calvície. “O fato deste novo agente, que nunca havia sido considerado em um contexto de perda de cabelo, promover o crescimento do cabelo humano é empolgante por seu potencial de translação: um dia pode fazer uma diferença real para pessoas que sofrem de calvície”, disse Hawkshaw.

É importante lembrar que ainda são necessários mais estudos sobre a substância para ter certeza de que essa novidade em tratamento para calvície é segura para os seres humanos.

O que você achou sobre essa nova descoberta? Deixe seu comentário abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close