Mega-hair e calvície: qual a relação

Você usa mega-hair e notou que os seus cabelos estão caindo muito? Quer usar mega-hair, mas tem medo de que ocorra a queda dos cabelos? Será que há relação entre mega-hair e calvície? Nesse texto falaremos tudo sobre a calvície, o que é mega-hair e qual seria a relação entre eles.

Mega-hair e calvície: qual a relação

O que é mega-hair?

Hoje em dia as mulheres, e até mesmo os homens, querem sempre melhorar o seu visual, sempre estar com uma boa aparência. O mega-hair é um recurso muito utilizado para radicalizar o visual, usado principalmente por famosos. Ele é feito por um cabeleireiro profissional que escolhe o tipo de fio semelhante ao do cliente para dar um resultado mais bonito e natural.

Além de deixar os fios mais longos, o mega-hair também é utilizado para disfarçar cabelos finos ou ralos. A colocação dele pode durar até 8 horas e ele é aplicado próximo a raiz dos fios.

Há diversas formas de extensões capilares, sendo as mais populares:

  • Queratina: essa é uma das formas mais comuns de mega-hair que se fixa na extremidade de pequenas mechas capilares aos tufos naturais da pessoa com uma cola;
  • Linha de náilon e nó italiano: as mechas do mega-hair são fixadas aos cabelos por linhas ou por elásticos;
  • Microanéis: semelhante ao aplique de queratina, porém são utilizados pequenos anéis metálicos para prender as mechas do aplique nos fios;
  • Fita adesiva: laminas de cabelos que são fixadas com fitas adesivas aos cabelos;
  • Tic tac: tipo diferente dos anteriores, os tic tac são pequenas presilhas de metal com mechas que podem ser fixadas e removidas a qualquer momento;
  • Entrelaçamento: técnica onde a fixação dos fios é feita com costura do cabelo original a uma tela próxima ao couro cabeludo.

A calvície

Normalmente, perdemos de 100 a 120 fios capilares por dia e sempre que um fio cai, logo é substituído por outro dando inicio a um novo ciclo de crescimento. Com o avanço da idade, e especialmente na velhice, o crescimento dos fios acaba ficando mais lento, podendo até mesmo parar e resultar em calvície.

Conhecida também como alopecia, essa condição é definida pela perda parcial ou total dos cabelos, podendo até mesmo afetar outras áreas do corpo que possuam pelos, como a barba, braços e pernas. A calvície afeta tanto os homens quanto as mulheres e há diversos tipos e causas diferentes, como a mudança hormonal, hereditariedade, estresse, medicamentos, má alimentação e até mesmo cuidados impróprios com os cabelos pode causar a queda.

A maioria dos tipos de calvície não possui cura, porém há tratamentos que podem auxiliar nos cuidados. Para isso, é muito importante consultar um profissional que seja especialista em calvície, como um(a) dermatologista ou um(a) tricologista, para ele(a) diagnosticar e indicar a melhor forma de tratamento para o seu caso.

Qual a relação entre mega-hair e calvície?

A relação existente entre mega-hair e calvície é a tração, pois quando se usa apliques, eles podem causar tração, onde os fios são puxados e assim causa danos como a quebra e a perda definitiva dos fios, principalmente se o uso for frequente.

Além de tudo isso, os processos físicos e os produtos químicos também podem relacionar mega-hair e calvície, pois também causam danos aos fios e, em consequência, eles se tornam cada vez mais frágeis, finos e quebradiços. Quanto maior o peso e o tempo de utilização do mega-hair, maior a chance de quebrar e da queda dos fios.

Além dos danos aos fios da relação entre mega-hair e calvície, também pode causar dor de cabeça. Outra possibilidade é que, segundo estudos, a relação de mega-hair e calvície causa inflamação e até mesmo infecção dos folículos capilares, que é conhecida por foliculite de tração.

Apliques fixos, colados ou costurados, tendem a causar mais danos aos fios do que os de presilhas ou tic tac. Portanto, nenhum dos apliques é recomendado para uso regular se você deseja reduzir os riscos causados em casos relacionados por mega-hair e calvície.

Primeiramente, é muito importante diagnosticar a calvície por tração o mais cedo possível. Quando não conseguimos identificar o que está ocorrendo, a cicatrização dos folículos faz com que novos fios não cresçam e isso enfraquece aqueles que ainda estão ali. O caso pode piorar a queda capilar e ainda deixar falhas no couro cabeludo, podendo até aumentar.

O importante é que para tratar esse problema é preciso deixar que os fios fiquem relaxados e livres de qualquer tensão. Caso seja grave e a doença esteja em um estágio avançado, é preciso investir em tratamentos orais ou dermocosméticos indicados por um profissional. Lembre-se de nunca se automedicar, pois isso pode até mesmo piorar o seu caso, por isso prefira sempre buscar indicações profissionais antes de investir em algum tratamento.

Gostou do artigo sobre a relação entre mega-hair e calvície? Deixe o seu comentário e continue acompanhando o nosso blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Busca

Recentes

Arquivos


Close