Micropigmentação capilar: uma boa opção no disfarce de calvície?

Todos sabem que a calvície ocorre tanto em homens quanto em mulheres das mais diferentes idades e por vários motivos já conhecidos como: falta de vitaminas e minerais, doenças, como também o uso de esteroides anabolizantes, entre outras.

Com os avanços da medicina é possível, de várias formas, conseguir tratamentos eficazes que podem resolver ou amenizar os casos mais simples de calvície.

Micropigmentação capilar: uma boa opção no disfarce de calvície?

Calvície e autoestima

A calvície, principalmente em homens, pode causar um aumento da baixa autoestima, pois trata-se de, no dito popular, “os cabelos são a moldura do rosto” e sem essa “moldura” o rosto fica sem forma e, com certeza, acaba mexendo com o psicológico de quem sofre com esse problema. Então, como resolver esse caso?

Pra responder essa situação é importante ter em mente que existem no mercado inúmeros procedimentos estéticos para esse fim, mas nem todos eles podem trazer a satisfação total do cliente, pois cada caso é um caso e por isso, seu problema deve ser analisado por um bom profissional com experiência na área, para que você não seja enganado e não se sinta lesado quando se submeter a qualquer que seja o procedimento estético capilar.

Confira abaixo uma nova técnica que surgiu com o intuito de revolucionar o mercado de maquiagens capilares.

Micropigmentação capilar

A técnica da micropigmentação capilar foi criada por Elan Melo, que é dermopigmentador capilar há trinta anos. Trata-se de uma técnica, como se fosse uma tatuagem feita no couro cabeludo, com o intuito de disfarça a calvície e dar a impressão de uma cabeça raspada por uma navalha.

Essa técnica de micropigmentação capilar também serve para esconder falhas ocorridas por lesões ou cicatrizes de implante capilar. Por isso, recentemente tem se tornado popular em todo o mundo por ser uma técnica menos invasiva do que os procedimentos cirúrgicos como, por exemplo, o implante capilar (onde é necessário retirar, através de um corte na nuca, folículos capilares para que possam ser implantados nas áreas onde não cresce mais cabelos).

Os resultados da Micropigmentação capilar

Os resultados da Micropigmentação são imediatos e satisfatórios, pois nesse procedimento são feitos pequenos pontos variados nas áreas afetadas pela calvície com a ajuda de uma pequena máquina feita exclusivamente para esse procedimento.

É importante saber escolher bem o profissional que para fazer esse processo em você, escolha sempre uma pessoa responsável e conhecida no ramo, pois se for feito com um bom profissional o resultado será excelente. Lembre-se de é a sua autoestima que está em jogo.

Limitações da Micropigmentação

Essa técnica nem sempre produz 100% de resultados satisfatórios, por questões técnicas ou reações da pele da área onde foi feito o procedimento, pois assim como foi dito, trata-se de algo semelhante a uma tatuagem que pode desbotar com o tempo ou até mesmo dar um efeito esfumado, e isso ocorre por uma reação natural da pele onde o organismo entende que a tinta usada no procedimento se trata de algo estranho ao corpo e tenta se defender espalhando-a dando um aspecto borrado.

Outro problema que poderá surgir é a mudança de cor progressivamente em sua pele na área onde foi feito a micropigmentação capilar, pois com o tempo o tom escolhido pode facilmente ir para o tom esverdeado ou azulado. Pois, assim como uma tatuagem a micropigmentação precisa de cuidados específicos, como o uso de protetor solar, hidratação adequada, entre outras.

A notícia boa é que hoje, com o avanço de técnicas novas para a fabricação de tintas próprias para procedimentos como microbland (técnica onde são desenhados pequenos fios nas sobrancelhas que dá o aspecto de fios naturais) e Micropigmentação do qual já falamos acima. Essas novas tintas não costumam desbotar com facilidade como as das tatuagens, seguindo corretamente os cuidados necessários.

É necessário saber que, assim como a tatuagem convencional, a Micropigmentação capilar deve passar por manutenção, para até mesmo manter a estética desejada do procedimento, sempre notável.

Riscos que a Micropigmentação pode causar

As tintas usadas para esse fim não são padronizadas. Há também riscos de contaminação por falta de esterilização da máquina e agulhas usadas no processo, assim também como há riscos de contaminação por bactérias provenientes de ambientes não apropriados para esses procedimentos semi-invasivos.

Além disso, podem ocorrer também reações alérgicas e reações cutâneas dos próprios corantes usados e aditivos. Essas reações podem ser, vermelhidão, coceiras e etc., que podem ser permanentes ou progressivas. Por isso, é importante fazer o teste em alguma área de sua pele antes de realizar esse procedimento.

Busque mais informações sobre a Micropigmentação capilar

A Micropigmentação capilar é um processo duradouro, porém não definitivo, pois precisa de manutenção e na maioria dos casos, principalmente em homens, a calvície continua se expandindo ao redor da área pigmentada e, por isso, pode gerar um aspecto não natural.

Portanto, antes de resolver se submeter ao procedimento da Micropigmentação capilar é recomendável obter o máximo de informações sobre o que se pretende fazer para que assim você possa saber o que pode ser válido ou não para o seu caso.

Esperamos que tenham gostado do tema deste texto sobre Micropigmentação capilar: uma boa opção no disfarce da calvície?. Qualquer dúvida ou sugestão que você tiver é só nos enviar um comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Busca

Recentes

Arquivos


Close