3 principais fatores ambientais relacionados à calvície

Aqui você confere fatores ambientais relacionados à calvície e pode se prevenir antes de sair para trabalhar ou viajar nas férias, mantendo os cuidados com o cabelo.3 principais fatores ambientais relacionados à calvície

Poluição: um dos fatores ambientais relacionados à calvície

Para quem mora em grandes metrópoles, o cuidado – inclusive com os cabelos – deve ser redobrado. A quantidade de poluentes no ar acaba deixando o couro cabeludo mais sujo em um tempo menor e nem sempre há tempo suficiente para lavá-lo.

O dia a dia nas grandes cidades faz com pessoas cuidem menos dos seus cabelos.

Somando-se a isso, os carros são muitos, o número de indústrias é maior e, como pode se verificar na Grande São Paulo, rios como Pinheiros e Tietê são espelhos do estado do ar, completamente imundos.

Os resíduos formados pela emissão de poluentes presentes no ar entram em contato com os cabelos, deixando-o opaco e com aparência pastosa. Quando esses resíduos chegam aos fios, afetam a cutícula, que se parte, sobretudo nas pontas.

Outro motivo que torna a poluição um dos fatores ambientais relacionados à calvície é porque todo resíduo no ar adere facilmente não só aos fios, como também ao couro cabeludo. O acúmulo de sujeira o deixa sensível, pois aumenta a sua oleosidade.

O acúmulo de sujeira e gordura na raiz pode trazer irritações no couro cabeludo e gerar coceira e inflamações. Isso tudo, caso não haja higiene capilar adequada, pode causar um dano maior, como queda ou perda parcial ou total do cabelo.

A luz do sol: amiga e vilã

É necessário saber como proteger o couro cabeludo do sol, porque os raios UV emitidos são agressivos para a pele humana. Os fios de cabelo não protegem o couro cabeludo, como se costuma pensar. Os fios, junto do couro, sofrem perda de vitalidade juntos nesta situação.

A luz solar causa a oxidação da melanina, no córtex dos fios, pois os raios UVA e UVB são capazes de penetrar neles e danificar suas cutículas, assim como a poluição. Esses danos ocorrem quando a radiação ultravioleta enfraquece as ligações moleculares.

A radiação emitida pela luz do sol, sendo um dos fatores ambientais relacionados à calvície extremamente nocivo, além de dar início ou acelerar a perda de cabelo, também é agente responsável por casos de câncer.

Além disso, o calor aumenta a quantidade de secreção no couro cabeludo, o que também resulta em sujeira. Isso afeta o desenvolvimento natural do folículo piloso, que, aos poucos, se enfraquece, então o fio de cabelo não tem mais força e, no seu lugar, nascem pelos curtos e finos.

Umidade: como se proteger

O uso prolongado de boné ou adereço semelhante faz com que haja um acúmulo de umidade na cabeça e, consequentemente, na raiz. Isso causa enfraquecimento. Ou seja, a umidade, como um dos fatores ambientais relacionados à calvície, não causa perda de cabelo, mas cria uma situação favorável para o seu desenvolvimento.

Essa condição também é válida para cabelos molhados. Não dos cabelos que saíram do banho ou da piscina ou tomaram chuva, mas de pessoas que têm o hábito de dormir com eles molhados. Similar ao caso do boné, isso faz com que haja concentração de umidade na raiz.

Já quando a umidade está o ar, o que ocorre é uma reação com as ligações químicas do hidrogênio dos fios, e o resultado é um cabelo cheio de frizz. Então o cabelo, se não tratado, fica cada vez mais ressecado.

Não lavar o cabelo não é a solução, afinal, como já foi mencionado, a sujeira no couro cabeludo prejudica a raiz. Procurar por cremes apropriados para a redução do frizz é um meio de melhorar o aspecto dos fios, mas desde que o produto seja retirado depois de uma jornada de uso.

Protegendo-se dos fatores ambientais relacionados à calvície

Produtos com filtro UV

É preciso proteger os cabelos dos raios solares. Para isso, procure em farmácias ou lojas de cosméticos um produto que proteja os fios de cabelo e o couro cabeludo. Lembre-se de garantir que haja filtro UV no protetor.

Deixe o chapéu e o boné disponíveis

É comum só se lembrar do velho e bom chapéu depois que a cabeça está ardendo sob o sol. Mas se você deixar seu boné ou seu chapéu à disposição, não irá esquecê-los e garantirá proteção.

Lave sempre o cabelo

Manter os fios e o couro cabeludo sempre limpos é o melhor caminho para a manutenção da saúde capilar. Assim que chegar da praia, lave-o para retirar o sal. Assim que chegar da rua, lave-o para retirar os resíduos de poluição. Terminando sua jornada, retire os produtos que utilizou nos fios.

Deixe seu comentário

Se ficou com alguma dúvida sobre fatores ambientais relacionados à calvície, pergunte para nós. É só escrever sua mensagem logo abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close