Inverno e calvície: qual a relação?

Somos todos organismos vivos, e a todo o momento estamos sendo influenciados pelo meio em que vivemos. Sendo assim, nosso corpo sofre com as alterações das quais estamos sujeitos.

E uma das alterações pode até mesmo afetar o crescimento de nosso cabelo. É o caso de aparecer calvície no inverno. Mas isso tem alguma relação? É o que iremos descobrir no nosso texto de hoje. Não deixe de acompanhar a partir de agora!

Inverno e calvície: qual a relação?

O inverno pode contribuir para a queda de cabelo?

 A relação entre inverno e calvície é bem notável, mas como isso é possível? Cada estação do ano tem características particulares que podem interferir na rotina e na vitalidade dos cabelos. A queda de cabelo no inverno é um desses casos.

É possível perceber que nessa estação, os cabelos começam a cair de forma mais acentuada.

Estações do ano influenciam na queda de cabelo?

É possível observar um aumento da queda de cabelo principalmente no final do verão e no começo de inverno.

Apesar de a queda sazonal ser documentada por pesquisas científicas, ainda pouco se sabe sobre suas causas. Então, existem várias teorias que tentam explicar o motivo pelo qual isso acontece.

Uma dessas teorias é de que os cabelos, para proteger o couro cabeludo dos raios ultravioletas (UV) não caem para que a pele do couro cabeludo não seja afetada pelos raios. Entretanto, esse mecanismo fisiológico de retenção de cabelos no verão acaba exigindo uma compensação posterior.

Então, podemos entender que a relação entre inverno e calvície se dá pelo fato da consequência dessa retenção observada no verão.

Cabelos ressecados

Nas estações outono e inverno, o ar se torna mais seco e com ausência de chuvas, o que pode provocar irritações na pele e nos olhos e os cabelos ficarem ressecados.

E se agrava mais ainda o problema pelo fato de que, nesse período, as pessoas utilizam mais chuveiro elétrico, onde a água quente, por sua vez, ajuda a retirar a gordura juntamente com o xampu, removendo assim os lipídeos, que são a proteção natural dos cabelos, fazendo com que estes se tornem mais frágil. Além disso, o uso adicional de secador em temperaturas mais elevadas e modeladores também podem agravar o quadro.

Por isso, podemos afirmar que o inverno e calvície estão associados, pelo fato de que, nesse período, as pessoas não têm os cuidados necessários para proteger seus cabelos da ação do tempo, de secadores e de químicas.

Inflamações do couro cabeludo

Além de prejudicar os fios de cabelo, a excessiva remoção de gorduras pela água quente também pode causar danos ao couro cabeludo. Isso porque remove a camada de lipídeos , que serve para proteção contra fungos, bactérias e ressecamentos.

Com ação de agentes como água quente, secadores, chapinha e modeladores, o couro cabeludo é impedido de se proteger, ocasionando o ressecamento dos fios e gerando a dermatite, que provoca a queda de cabelo.

Essa condição, que costuma se manifestar por caspa, coceira ou dor no couro cabeludo, tem entre seus agravantes a proliferação de fungos, que se multiplicam em ambientes quentes e úmidos com mais frequência.

Além disso, muitas pessoas costumam lavar menos o cabelo pelo fato de não suarem tanto no inverno. O hábito, no entanto, favorece o aparecimento de seborreia e, consequentemente, maior queda de cabelo no inverno.

A importância da vitamina D

Inverno e calvície têm suas peculiaridades, uma delas é a produção de vitamina D, conhecida como colecalciferol ou ainda “vitamina do sol”. Isso porque sua ativação ocorre na pele através da exposição à luz solar.

E sabemos que no inverno, os dias são mais curtos e as pessoas evitam lugares abertos. Juntamente a isso, usam mais roupas por causa do frio, isso faz com que a pele fique coberta e impedida de receber os raios solares.

Portanto, podemos afirmar que a produção de vitamina D é reduzida nessa época do ano. No organismo, a vitamina D desempenha um papel fundamental na regulação dos níveis de cálcio e fósforo, mantendo ossos e dentes saudáveis.

Nos cabelos, a vitamina D atua diretamente na regulação do ciclo dos fios de cabelo. Tendo em vista sua escassez nessa época do ano, o ciclo dos fios sofrem alteração, fazendo com que queda de cabelo aumente.

Cuidados necessários para os cabelos no inverno

Inverno e calvície podem caminhar juntos, pois, além da alteração do clima, a alternância de estações do ano também provoca uma série de mudanças na pele e nos cabelos.

O que é normal acontecer nessa época do ano é a queda de cabelo por certo período de tempo, mas se essa queda não cessar em oito semanas, é necessário buscar orientação com um especialista.


Agradecemos muito sua leitura de nosso texto de hoje “inverno e calvície: qual a relação?”. Deixem suas dúvidas para nossos especialistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close