Conheça cinco tratamentos mais modernos para calvície

É notório que hoje já existem muitos tratamentos estéticos para os homens, de todas as idades. Porém, no universo masculino, segundo estudos, a preocupação maior é a famosa careca. Por isso, neste texto, abordaremos os cinco principais tratamentos mais modernos para calvície.

Conheça cinco tratamentos mais modernos para calvície

Estatísticas da calvície masculina

Luciano Barsanti, do Instituto do Cabelo, em São Paulo, afirma que garotos de 15 anos apresentam queda de cabelo normal. Já até os 40 anos, essa queda aumenta 90%. Ou seja, a geração atual ficará calva mais rápido que seus avôs.

Segundo os estudos e tratamentos mais modernos para calvície, um tratamento se torna mais eficaz em um indivíduo quando ele apresenta 60% dos fios ativos ainda na cabeça. Então, quanto mais cedo for diagnosticado por um profissional, mais chances terá de se livrar do problema.

Sendo assim, percebendo que seus cabelos estão ficando mais finos e caindo com mais frequência, o primeiro passo é procurar ajuda.

Queda de cabelo

O tipo mais comum de queda de cabelo é a alopecia androgenética.

É quando o bulbo capilar fica atrofiado por causa de uma maior a de testosterona – ou seja, o hormônio sexual masculino –, em dihidrotestosterona, ou DHT. Isso ocorre devido à ação de uma enzima, a 5-alfa-redutase.

Porém, esse problema só ocorre em pessoas com predisposição genética, como o próprio nome diz. E vai depender de quantos  genes você herdou.

É importante que fique claro que questões genéticas não são as únicas causadoras desse problema de queda de cabelo, existem outros fatores, como estresse, depressão, ansiedade, alimentação inadequada, uso de anabolizantes, cigarro e drogas.

Diagnósticos modernos

Hoje, com os avanços da medicina, os diagnósticos ficaram mais precisos. Partindo desse pensamento, listamos alguns dos principais exames e, logo em seguida, saberemos os cinco tratamentos mais modernos para calvície.

  • Scanner do couro cabeludo: esse exame é feito por um aparelho que aumenta em até oito mil vezes o tamanho do fio e do couro cabeludo, condição para observar melhor e mais de perto as causas do problema. Esse exame não é prejudicial à saúde e seu preço está, em média, R$ 250.
  • Microscopia eletrônica: trata-se de um aparelho que aumenta a raiz do fio de cabelo, o que possibilita ao médico avaliar a matriz celular do fio. Também se trata de um exame indolor e tem o mesmo custo do scanner do couro cabeludo.
  • HairDX: é um teste de DNA que detecta a probabilidade de o sujeito ficar careca caso sofra alterações em uma parte do cromossomo X que recebe da mãe. Seu índice de acerto é de até 80%. Ele é feito com o muco coletado com uma espécie de cotonete comprido. Também é um exame indolor e custa em média R$ 1.000.

Agora, vamos conhecer os cinco tratamentos mais modernos para calvície.

1.      Laser

Este é com certeza um dos tratamentos mais modernos para calvície. O laser age no couro cabeludo diretamente no bulbo capilar para estimular a produção de novas células, que ajudam a manter seu crescimento. O laser também dilata os vasos que transportam nutrientes e oxigênio para a matriz do cabelo, tornando-o mais forte, e apresenta ação anti-inflamatória.

Seu tempo de tratamento dura em média seis meses, é indolor e tem um custo aproximado de R$ 700 por mês.

2.      Eletroestimulação

É um tratamento com eletricidade, onde o couro cabeludo do paciente sofre pequenos choques com o intuito de estimular a produção de células do bulbo capilar para que assim possa produzir mais cabelos e interrompa a queda.

Seu tempo de tratamento dura seis meses. Também é indolor e seu custo é de aproximadamente R$ 700 por mês.

3.      Intradermoterapia

Nesse tratamento é utilizado um pequeno rolo com microagulhas. Através delas são introduzidas substâncias como silício orgânico ou proteínas, que conseguem interromper a queda do cabelo e estimular o crescimento dos fios.

Seu tratamento tem um tempo médio de seis meses. O paciente pode sentir um uma pequena dor ou desconforto durante o processo. Seu custo médio é de R$ 700 por mês.

4.      Dutasterida

Trata-se de uma droga sintética que provou ser mais eficaz que a finasterida. Seu tempo de tratamento é de seis meses, é indolor e o preço varia de acordo com a dosagem que o médico indicar.

5.      Transplante folicular coronal

Trata-se de um tratamento mais avançado que o transplante capilar. Para que seja eficaz, é necessário que o paciente tenha ainda 40% dos fios na cabeça, pois os mesmos serão transplantados para as áreas calvas.

O tempo de tratamento para ver os resultados aparentes é de aproximadamente oito meses. Após quatro semanas, os folículos implantados caem e, em seguida, nascem os novos.

O tratamento é indolor, porém é feito durante cinco horas de cirurgia e custa em média R$ 15 mil.

Independentemente de nossa lista de tratamentos mais modernos para o tratamento para calvície, é importante ir a um médico especialista para lhe encaminhar qual o melhor tratamento.

Esperamos que tenham gostado do nosso texto “conheça cinco tratamentos mais modernos para calvície”. Deixe suas perguntas para nossos especialistas e continue acompanhando nosso blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close