2 benefícios da levedura de cerveja contra calvície

O uso de levedura de cerveja contra calvície é um meio a que muitos homens e mulheres recorrem para conter a queda dos fios e, também, fortificá-los. Trata-se de uma maneira natural bastante comum, embora pouco se fale a respeito.

2 benefícios da levedura de cerveja contra calvície

Por que perdemos cabelo?

São vários os motivos, portanto identificar a causa da queda dos fios é difícil. Na verdade, são levantadas hipóteses a respeito da origem, que pode ser uma anemia, o estresse do dia a dia, uma doença de pele como dermatite, dieta pobre de nutrientes, problemas com sistema vascular, hereditariedade, medicamentos, quimioterapia, alterações nos hormônios, uso de entorpecentes, excesso de exposição ao sol, enfim, a lista é longa.

O que se indica, antes de tudo, é que hábitos saudáveis sejam incorporados no dia a dia, com uma dieta rica em verduras e legumes nas refeições principais e prática de atividades físicas para uma boa circulação do sangue. Dessa maneira, não só couro cabeludo, folículo pilosos e fios irão se beneficiar, mas também todo o organismo.

Neste artigo, desenvolvemos como o uso de levedura de cerveja contra calvície traz benefícios à saúde capilar.

O fermento de cerveja tem princípios ativos que dão grande ajuda aos fios de cabelo. Não é caro e é orgânico, o que é bom para pessoas que têm sensibilidade a determinados componentes presentes em fórmulas farmacêuticas.

1 – Nutrição com levedura de cerveja contra calvície

No fermento de cerveja há nutrientes conhecidos por serem regeneradores celular. Esses nutrientes são as vitaminas do complexo B: B1 (tiamina), B2 (riboflavina e B9 (folato)). Além disso, é rica em aminoácidos, tais quais a lisina, entre os demais componentes, a responsável por controlar a queda de cabelo.

A lisina é um aminoácido que o corpo humano não sintetiza, portanto é preciso que seja usada por meio de uma fonte de nutrientes, no caso, a levedura, que também tem em sua composição minerais como ferro, cálcio e potássio. Todos os componentes, no uso de levedura de cerveja contra calvície, favorecem o crescimento e o fortalecimento ao sistema capilar

Disponibilidade

Levedura inativa

Trata-se de uma levedura com vitaminas do complexo B e minerais. No tratamento feito com levedura de cerveja contra calvície, as vitaminas do complexo B ajudam na síntese da queratina, que está presente tanto na fibra capilar quanto na epiderme.

Levedura ativa

Mantem-se os seus padrões probióticos. É encontrada como fermento para uso em receitas, desde pães a alguns pratos, também sendo chamada de levedura seca. O fermento pode ser usado também para polvilhar saladas e/ou sopas.

2 – Força para o crescimento dos fios

Os benefícios no uso de levedura de cerveja contra calvíciesão maiores para quem tem o ciclo de crescimento do cabelo ativo. Pode-se dizer que o consumo de levedura não vai fazer crescer mais cabelo para quem já tem os folículos pilosos desativados.

Na fase anágena, o cabelo cresce em um período que varia de um a quatro anos, fase em que há regeneração do bulbo abaixo do folículo piloso, responsável por impulsionar o crescimento dos fios. Na fase catágena, com período de duas a três semanas, ocorre a conclusão da fibra capilar. Por fim, na fase telógena, há o repouso do fio por um período de três a quatro meses quando então ocorre o crescimento.

No uso de levedura de cerveja contra calvície, há uma atuação dos nutrientes que fortificam o folículo piloso, por isso costuma-se usar o complemento não só para buscar combater a calvície, mas também acelerar o crescimento dos fios de cabelo.

Pode ser aplicada como máscara capilar natural, geralmente com azeite, entretanto, por mais que haja inúmeras receitas na internet, se perceber continuidade de queda, ou aumento após o uso, procure um médico.

No uso externo, aplicando como máscara, o fermento deve estar fresco – dê preferência ao ativo.

Por mais que o uso de levedura de cerveja contra calvície seja para muitos um meio benéfico, às vezes pode não funcionar caso haja grande variação hormonal, favorecendo a alopecia androgenética, ou episódios como intenso estresse, ou demais causas não bem definidas que favoreçam quedas de tufos, o que pode indicar um processo de alopecia areata.

Outra maneira de nutrir não só os cabelos, mas todo o organismo, é usar levedura de cerveja contra calvície pela ingestão de complexos vitamínicos, os quais estão disponíveis no mercado em grande variedade. Recomenda-se tomar de uma ou duas cápsulas por dia, de dois a três meses para ter bons resultados.

Tomar cerveja tem algum efeito nos cabelos?

Não! Mas quando enxaguar o cabelo, ocasionalmente pode fazer isso com cervejas de trigo, que não sejam filtradas. Dê preferência a cervejas artesanais, que contêm menos produtos industrializados, podendo agredir os fios. Entretanto, o mais prático são as cápsulas de complemento vitamínico.

Todo consumo em excesso de qualquer etílico favorece danos à pele e aos cabelos. Isso porque o consumo em excesso promove a desidratação do corpo, o que atinge, inclusive, os cabelos. Os fios desidratados ficam enfraquecidos, o que não é bom para quem tem tendência à calvície.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close