Calvície feminina: o que você ainda precisa descobrir sobre o tema?

A vaidade das mulheres sempre esteve em evidência, não importa o tempo nem espaço. Podemos observar esse fato em várias culturas e diferentes gerações. Por isso, a preocupação em se ter cabelos sedosos e bonitos com cores vibrantes não surgiu no nosso século, assim também como a preocupação com os diferentes tipos de problemas capilares, tais como queda de cabelo, alopecia, seborreia etc.

Dentre todos os possíveis problemas capilares nas mulheres está a calvície feminina, e é sobre ela que vamos falar hoje no nosso texto. Não deixe de nos acompanhar!

Calvície feminina: o que você ainda precisa descobrir sobre o tema?

Problemas de queda de cabelo em mulheres

São vários os problemas que as mulheres modernas sofrem, justamente nesse tempo no qual vivemos a moda de cortes, tinturas extravagantes etc. Os problemas capilares que acometem milhões de pessoas estão ligados a vários fatores e, em mulheres, o problema tem como desencadeadores:

  • Falta de nutrientes (vitaminas e minerais)
  • Menopausa
  • Estresse
  • Dietas restritas
  • Questões hormonais
  • Tratamentos com tinturas e alisamentos e
  • Uso excessivo de chapinhas e secadores

Esta lista mostra apenas alguns dos problemas que podem causar calvície feminina.

Uma coisa é certa, os cabelos de uma mulher servem como moldura para seu rosto.

Fases dos cabelos

Para que possamos entender como se dá a calvície feminina precisamos entender um pouco sobre o ciclo capilar e suas diferentes fases. Então vamos lá?

De primeira, já adiantamos que os cabelos quando caem ou nascem, tem sua estrutura formada por células mortas, aí está a razão pela qual, quando cortamos os cabelos não sentirmos dor.

O ciclo capilar se divide em três fases de crescimento dos fios para melhor entender e diagnosticar problemas capilares. Veja:

  • Anagéna: nada mais é do que a fase de crescimento dos fios, quando as células do bulbo capilar dão origem ao novo fio. Essa fase dura entre 1-7 anos onde o cabelo crescerá um centímetro por mês.
  • Catagénea: trata-se do período em que os fios de cabelo se soltam do bulbo capilar provocando sua queda para que novos fios nasçam.
  • Telogénea: é a fase onde o bulbo do cabelo que caiu durante a fase de catagénea está em repouso, juntando nutrientes para a produção de um novo fio.Essa fase costuma durar de 3 a 4 meses.

Porém, é importante ressaltar que quando os cabelos estão nesta ou naquela fase é normal ele cair antes mesmo do seu tempo de queda, isso porque há vários fatores que fazem com que estes saiam do bulbo capilar e se desprendam do couro cabeludo. Acontecimentos como lavagem do cabelo, chapinha, escova, pentes estreitos e pontiagudos podem provocar sua quebra ou até mesmo a queda.

Outros fatores que podem causar calvície feminina

Podemos classificar os mais variados acontecimentos que podem fazer com que a calvície feminina aconteça. a E uma das maiores causas tem como motivo questões hormonais.

No período em que a mulher está na menopausa, várias mudanças acontecem com seu corpo – e uma delas é a queda de cabelo excessiva. Em muitos casos, essa queda pode evoluir para calvície feminina.

Outro fato que pode fazer com que a calvície feminina aconteça são as queimaduras provocadas por produtos usados nos mais diferentes procedimentos estéticos capilares, tais como chapinha e escova progressiva.

Há casos em que a pessoa, depois de passar por algum procedimento estético e se utilizou de algum produto no qual seu couro cabeludo reagiu com algum tipo de alergia a determinada substância, obteve queimaduras que fizeram com que os cabelos não mais crescessem naquele local, sendo necessário  passar por um transplante capilar (cirurgia em que consiste em retirar bulbo capilar da nuca ou da lateral da cabeça e transplantar para área desejada) para que pudesse amenizar seu problema.

Calvície androgenética ocorre somente em homens?

A resposta para este questionamento é não. Assim como já nascem homens predestinados a serem calvos, há também mulheres, apesar de ser um fato mais raro quando comparado aos casos masculinos.

O que fazer para combater a calvície feminina?

Toda e qualquer calvície, não somente a calvície feminina ou masculina, deve ser tratada com antecedência. Quanto mais rápido o problema for detectado, maior será a chance de frear seus efeitos danosos.

As chances de, no futuro alguém, seja homem ou mulher, sofrer com a calvície diminui consideravelmente quando estes procuram ajuda médica mais rapidamente. Quando o tratamento se inicia a tempo, todos os sintomas tendem a diminuir fazendo com que os fios voltem a crescer fortes e saudáveis.

Porém, infelizmente na maioria dos casos, a pessoa procura ajuda médica muito tardiamente, ou seja, quando o estado da queda capilar, ou até mesmo de calvície já está avançado. Consequentemente, o que acontece é que o tratamento se torna quase ineficaz.

Então, o correto a se fazer é procurar um bom profissional o quanto antes.

Obrigado por ler este até aqui esperamos ter ajudado em busca de respostas sobre “calvície feminina: o que você ainda precisa descobrir sobre o tema?”. Deixe para nós sua pergunta que ficaremos felizes em responder a todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close