Calvície e cronograma capilar: boa maneira de proteger fios

Calvície e cronograma capilar devem estar lado a lado durante o tratamento de seus cabelos. Quem diria, mas graças a uma agenda organizada que muitas terapias capilares chegam a resultados bastante satisfatórios.

Caso não haja uma organização, que defina quando determinados procedimentos devem ser operados no tratamento contra calvície, resultados satisfatórios se afastam cada vez mais. 

Hábitos com os cabelos, seja no simples trato diário ou nos cuidados profissionais, devem ser distribuídos pelos dias da semana, como a frequência de lavagem. Já durante o mês e o ano, idas ao cabeleireiro para fazer hidratações e cortes, se obedecerem a intervalos antecipadamente planejados, oferecem resultados positivos, principalmente pra quem está em tratamento contra queda de cabelo.

Veja a seguir quais como organizar sua rotina, de modo que a dupla calvície e cronograma capilar seja vital para a saúde e beleza dos seus fios. 

Calvície e cronograma capilar: boa maneira de proteger fios

Como calvície e cronograma capilar se relacionam

A alopecia androgenética, a qual tem como agente causador o excesso de produção de testosterona pelo organismo, atinge homens e mulheres. Entretanto, o público masculino é o mais atingido.

Assim, a perda de cabelo é um risco que pode vir a ser desenvolvida pelo organismo. Dessa maneira, quando falamos em calvície e cronograma capilar, também estamos falando de prevenção.

No início, a alopecia androgenética não é facilmente vista a olho nu. Em geral, começa a apresentar seus sintomas de forma sutil na adolescência. Homens de cabelo curto dificilmente percebem os fios que caem, notando a presença da perda de cabelo somente quando áreas calvas se tornam visíveis e incomodam esteticamente.

Então, o melhor meio de combater a perda de fios é prevenir. Mas como? Simples. Basta seguir um calendário de cuidados, com dias preestabelecidos para lavagem, hidratação e corte.

Hidratação, nutrição e reconstituição

Fazer um tratamento a fim de conter o desenvolvimento de uma alopecia não se limita a ir ao médico especialista.

O topo do crânio, em muitos casos, é a primeira região da cabeça em que a alopecia se manifesta. Ter a parte de cima descoberta pode  ocorrer quando um tratamento demora a ser iniciado. Sem tratamento, o processo de perda é acelerado, tornando-se cada vez mais visível a partir dos 30 anos de idade, na maioria dos casos.

Por isso, calvície e cronograma capilar são elementos de um tratamento em que, caso não haja hábitos rotineiros constantes, dificilmente resultarão em desaceleramento de perda de fios. Quanto mais cedo uma alopecia for diagnosticada e um tratamento for iniciado, maiores serão as chances de obter resultados satisfatórios.

Os lados, a parte de trás e a nuca geralmente não sofrem alteração, então os cabelos ainda  nascem e crescem. Portanto, as áreas em que ainda nascem fios de cabelo devem seguir um cronograma rigoroso para que a sua saúde capilar e o desenvolvimento dos fios se mantenham.

Hidratação

A agenda inclui manter os fios cheios de vitalidade, com hidratação que mantenha as cutículas fechadas. Recomenda-se que a hidratação seja feita uma vez por semana, não ultrapassando o intervalo de um mês para uma e outra aplicação de máscara capilar.

Nutrição

Os danos que agentes como poluição e produtos para relaxamento e alisamento causam danos aos cabelos e, por isso, nutrir raiz e fios se faz mais do que necessário.

A queratina é fortemente prejudicada, o que não é nada bom, uma vez que se trata de um elemento responsável pela proteção dos fios, mantendo as cutículas baixas e, também, a oleosidade natural para dar força e brilho a todo o cabelo.

É por isso que a restauração é necessária, evitando que o cabelo fique com aspecto quebradiço. Uma hidratação lipídica é aconselhável para manter uma boa saúde dos fios.

Aconselha-se que a nutrição seja feita pelo menos uma vez no mês.

Reconstituição

Geralmente, se utiliza a cauterização em uma reconstituição capilar. Essa cauterização é necessária quando os fios sofrem danos graves, podendo, por exemplo, estarem tão ressecados a ponto de se quebrarem muito facilmente.

Nesse procedimento é utilizada uma composição química com queratina, que funciona como uma reposição de massa para os fios. A aplicação garante a selagem da queratina neles

Recomenda-se que esse procedimento não seja repetido mais de uma vez ao mês, pois o excesso de queratina para finalidade de selagem pode enrijecer os fios.

Lavagem

Calvície e cronograma capilar pedem regularidade quanto à frequência de lavagem. A principal meta é manter limpos fios e couro cabeludo.

São muitos os que acreditam ser necessário lavar o cabelo todos os dias, pois só assim a higiene capilar poderia ser mantida. Mas é importante saber que o cabelo só precisa ser lavado a cada dois ou três dias. Ele deve ser lavado quando estiver sujo, e não por simples costume.

Lavar o cabelo em excesso enfraquece os fios, pois a queratina que lhes dá proteção é desgastada com a lavagem.

Se os fios se enfraquecem, a sua estrutura acaba sofrendo consequências, sendo uma delas o enfraquecimento do folículo piloso, ponto de nascimento do fio, responsável por dar força para que os novos fios possam crescer depois de seu nascimento.

Lavagem a cada sete dias

O cabelo deve estar limpo, pois o acúmulo de sebo nos fios acaba indo para o couro, evitando uma boa respiração da raiz.

Manter o cabelo sem lavar por sete dias dificilmente é sinônimo de limpeza total do couro e dos fios.

Se há uso de produtos, como gel e cremes para pentear, lavar a cabeça só uma vez por semana é ainda mais prejudicial à saúde capilar. O uso de produtos sem enxágue deixam resíduos que, ao se acumularem, afetam o crescimento dos fios e vão ficando cada vez mais difíceis de serem retirados.

Corte

Manter um corte que disfarce as áreas já calvas da cabeça é um meio de pôr em prática problemas com calvície e cronograma capilar. Mas as idas ao cabeleireiro devem ser regulares!

O ideal é que os fios das áreas em que eles ainda nascem sejam mantidos curtos, preservando a homogeneidade do tamanho total do cabelo. e ainda auxiliem esses fios a se desenvolverem uniformemente.

Deixar de cortar o cabelo por muito tempo faz com que o crescimento se dê de forma desigual, fato que acaba acelerando o processo de perda de cabelo, pois ficam sem força. 

Logo, definir uma data no mês para a manutenção do corte é um hábito que ajuda, e muito, a manter os fios de cabelo que ainda não foram perdidos se desenvolvendo de forma o mais saudável possível. 

Cortes que permitam penteados menos disciplinados escondem um pouco melhor a área calva, então um pouco de ousadia com um look de cabelos rebeldes pode trazer solução e um toque de charme para o visual.

Agora, tire suas dúvidas! Se ainda quer saber mais sobre calvície e cronograma capilar, pergunte para a gente que logo responderemos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close