2 melhores e 7 piores produtos de cabelo para gestantes

Mulheres têm muito cuidado com a saúde durante a gravidez, temendo o risco de que, em caso de quaisquer descuidos, seus bebês possam ser afetados. Por isso, manter cuidados adequados nessa fase é fundamental para preservar a saúde, tanto da mulher quanto de seu bebê.

Neste artigo, vamos abordar alguns dos melhores e piores produtos de cabelo para gestantes, de modo a poder auxiliar a tomada de decisão quanto ao uso correto de produtos e tratamentos a ser adotados nesse período tão importante na vida de mulheres.

2 melhores e 7 piores produtos de cabelo para gestantes

Riscos de uso de produtos de cabelo para gestantes

Existem riscos de aplicação de produtos de cabelo para gestantes, assim como alguns tipos de tratamentos que devem ser evitados nesse período, visando preservar a saúde do feto.

Alguns componentes de produtos que fazem parte de tratamentos normais usadas por mulheres contem substâncias que podem trazer problemas para a gestante e seu bebê, com ação direta em funções dos órgãos do bebê em formação.

Isso pode causar problemas de crescimento, distúrbios comportamentais ou de aprendizagem, acelerar o nascimento ou até mesmo levar ao aborto. Por isso, é importante estar atento ao tipo de produto correto para uso nessa fase.

Esses danos estão relacionados ao tipo e quantidade de substância a que o organismo está exposto e o tempo de gravidez; porém, os produtos que causam algum tipo de risco devem ser evitados para ter mais segurança quanto à saúde da criança.

Precauções na compra de produtos de cabelo para gestantes

Importante ter conhecimento sobre aqueles produtos de cabelo para gestantes, se estão liberados para uso e em que fases da gravidez.

Em primeiro lugar, esses produtos devem dar segurança em preservar a saúde de grávidas e fetos, sendo livres de substâncias que possam trazer riscos. Dessa maneira, é importante solicitar informações ao médico assistente quanto à procedência e aplicação desses produtos e se poderão causar problemas quando aplicados na gravidez.

Outra forma é acessar ou solicitar informações à Anvisa – Agência Nacional de Vigilância Sanitária, que normalmente efetua a liberação dos produtos indicados para uso, com indicação de sua aprovação nas embalagens, trazendo mais segurança para quem adquire determinado produto.                       

Produtos a serem evitados no tratamento de cabelos na gravidez

A seguir listamos aqueles tratamentos e produtos de cabelo para gestantes que devem ser evitados:

  1. Formol – normalmente usado em alisamentos, escovas progressivas e definitivas, entre outros tipos de tratamentos capilares.

Muito tóxica, afeta diretamente o bebê.

  • Hidróxidos – encontrados em produtos para alisamentos, que podem ser usados em mulheres que não estejam grávidas, mas proibidos para quem está grávida.

São encontrados nessa categoria os compostos de sódio, potássio, lítio, guanidina e cálcio.

  • Tioglicolato – composto de amônia ou sódio, também usado para alisamento de cabelos.

Embora seja autorizado pela Anvisa é restrito a uso por não grávidas.

  • Tinturas – como possuem uma grande quantidade de componentes em sua fabricação é recomendado que não seja usada durante a gestação.

Existem diversas ocorrências de crianças que nascem com doenças que possuem indicação da ação dessas substâncias em seu surgimento.

  • Ureia – componente básico de produtos capilares diversos, com alto poder hidratante.

Devem ser evitados os produtos com concentração de ureia acima de 3%.

  • Ácido salicílico – base de diversos produtos dermatológicos para o couro cabeludo.

Não indicado por ser muito absorvido pela pele e poder afetar o bebê, com processos de malformações.

  • Minoxidil – indicado para tratar a alopecia pode causar problemas ao feto, devendo ser evitado o uso durante a gestação.

Produtos que podem ser usados nos cabelos na gravidez

Agora relacionamos os produtos de cabelo para gestantes que podem ser usados sem apresentar riscos:

  1. Xampus – esse é um produto que auxilia a limpeza dos cabelos, evitando lesões ao couro cabeludo e mantendo a oleosidade sob controle.

Usar xampus comuns não trazem riscos, somente devendo ser observado aqueles que têm função terapêutica, que devem ser prescritos pelo médico assistente.

  • Condicionador – não apresenta contra indicações, pois não oferecem riscos à saúde.

Atuam ainda para dar mais beleza aos fios.

Tais produtos devem ser utilizados e escolhidos de fabricantes de qualidade e que possam representar bons processos de produção para oferecer produtos de qualidade ao consumidor, reduzindo assim as chances de riscos ao aplicar os produtos.

Quanto aos medicamentos que podem ser usados é sempre importante consultar e pedir orientação ao seu médico, evitando a automedicação sempre.

Considerações finais sobre produtos de cabelo para gestantes

Usar os produtos de cabelo para gestantes corretos é algo que deve ser bastante exigido e que preserva a saúde de todos.

Mas se for o caso de querer disfarçar os fios brancos, ou mesmo falhas no couro cabeludo, sem riscos, é indicada a aplicação de maquiagem capilar Jet Hair. Esse é um produto com comercialização autorizada pela Anvisa e que possui total segurança quanto à sua aplicação, sem riscos à saúde.

Deixe sua opinião sobre esse artigo em nosso blog, pois isso nos ajudará a melhorar constantemente a qualidade de nossas postagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Busca

Recentes

Arquivos


Close