Folículo capilar: como funciona?

Para aqueles que buscam o cabelo dos sonhos, além da constante busca por novos produtos, tratamentos e dicas, é imprescindível conhecer um pouco sobre as propriedades do folículo piloso, também conhecido como unidade folicular ou folículo capilar.

Se você deseja saber mais sobre a unidade responsável pelo nascimento, crescimento e manutenção dos pelos, entre eles os fios de cabelo, este artigo foi feito para você.

Folículo capilar: como funciona?

O que é o folículo capilar?

O folículo piloso é uma estrutura complexa, em forma de “bolsa”, que se localiza na hipoderme, a camada mais profunda da pele. É composta por um fio (ou mais), seu respectivo bulbo, glândulas sebácea e sudorípara, músculo e demais órgãos.

No caso dos folículos responsáveis pelos cabelos, cada folículo capilar tem a capacidade de produzir e fazer crescer os fios de cabelo, e pode se apresentar tanto em unidade ou em conjuntos de 2 a 5 folículos – facilmente observado em seus pelos do braço, onde de alguns folículos saem um pelo, de outros, 2, podendo chegar a até 5.

As diferentes células que compõem esse anexo cutâneo possuem variadas funções. As glândulas sebáceas, por exemplo, desembocam e expelem gordura para lubrificar a pele. Já as fibras musculares permitem que o fio cresça perpendicular à pele.

Como funciona o folículo capilar

Como já vimos, os fios de cabelo nascem nos folículos pilosos. Todos os dias perdemos em torno de 50 a 100 fios de cabelos, e a vida desses fios dura, em média, de 2 a 7 anos.

A vida do folículo capilar pode ser dividida em três fases:

  1. Fase anágena: corresponde ao período de crescimento dos fios e dura cerca de 1 a 3 ou 4 anos. Durante essa fase, o bulbo piloso atua produzindo a fibra capilar e o cabelo cresce até 1 cm por mês;
  2. Fase catágena: após o crescimento do cabelo, tem início a fase de involução do fio, quando é finalizada a produção da fibra capilar; e
  3. Fase telógena: corresponde ao repouso dos fios, finalizado o processo de crescimento. O fio permanecesse unido ao folículo por até 3 meses, caindo naturalmente durante a lavagem ou o penteio dos cabelos.

O nascimento dos fios não se dá de modo contínuo, mas por meio de sucessivos ciclos.

O que se verifica nos homens com predisposição genética para a calvície – embora fatores como estresse, quadros de tensão e o uso indiscriminado de químicas também contribuam – é a transformação da testosterona em DHT (hormônio dihidrotestosterona) por uma determinada enzima, alterando a produção de proteína pelo DNA das células do folículo piloso.

Já nas mulheres, o hormônio dihidrotestosterona age de forma diferente. O processo se torna mais difuso, tornando o cabelo mais ralo em certas regiões da cabeça, sem necessariamente produzir áreas calvas. Nesses casos, é comum que o topo da cabeça seja a região mais afetada.

Tipos de fios produzidos pelo folículo capilar

Dois tipos de pelos são produzidos pelos folículos pilosos: o pelo terminal e o pelo velo. Ambos são parecidos, diferenciados pelo tamanho.

Enquanto o pelo terminal é um pelo (ou fio) grosso e longo, pigmentado, que conta com músculo piloeretor e medula em sua estrutura, o pelo velo é um pelo menor, com menos de 2 cm de comprimento, que se apresenta fino, macio e pouco pigmentado.

A transformação do pelo em estado terminal em pelo velo pode ser verificada, por exemplo, durante a evolução de quadros de calvície.

Como cuidar dos folículos capilares?

A adoção de algumas práticas a sua rotina de cuidados capilares pode contribuir diretamente para a saúde dos folículos capilares e garantir a produção e a manutenção de fios fortes e saudáveis.

Embora seja importante a nutrição dos fios por meio do uso de produtos como xampu e condicionador, além das usuais hidratações, uma alimentação saudável e balanceada é indispensável para a saúde do organismo e, consequentemente, dos fios.

O penteio é tão importante quanto a lavagem, pois promove a limpeza dos fios, distribui a oleosidade natural do cabelo em todo seu comprimento e estimula a circulação sanguínea do couro cabeludo e a consequente ativação dos folículos capilares.

Além disso, a massagem capilar é um procedimento simples, que pode ser feita em sua própria casa, também capaz de estimular o couro cabeludo e a irrigação de nutrientes pelo folículo capilar. Com um óleo natural, adequado às particularidades do seu cabelo, realize movimentos suaves e circulares com a ponta do dedo no couro cabeludo. Após este processo, realize o enxágue dos cabelos.

Conclusão sobre folículo capilar: como funciona

Os folículos pilosos são as unidades responsáveis pelo nascimento e crescimento dos fios. Ao cuidar dos fios de cabelo de modo adequado, você irá criar condições para o funcionamento saudável destes folículos.

Esperamos que tenham gostado do nosso artigo sobre folículo capilar. Caso você tenha qualquer dúvida, ou sugestões, deixe seu comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Busca

Recentes

Arquivos


Close