3 dicas de como saber se você tem calvície masculina

A calvície é, sem dúvidas, um dos problemas capilares mais populares em todo o mundo. Mas você já aprendeu a como saber se você tem calvície masculina?

Segundo pesquisas, estima-se que até 40% da população masculina estadunidense pode apresentar perda dos cabelos, sinal clássico da calvície masculina.

Já no Brasil, a calvície atinge 42 milhões de homens. Os dados são ainda mais alarmantes quando um em cada quatro destes estão na faixa etária dos 20 aos 25 anos.

Geralmente, a calvície, tanto a masculina como a feminina, está relacionada a fatores genéticos ou defasagens hormonais.

Entretanto, o quadro pode ser agravado com episódios contínuos de estresse e tensão, alimentação inadequada, uso de certos medicamentos, exagero de químicas nos fios, entre outros.

Confira, a seguir, como saber se você tem calvície masculina.

3 dicas de como saber se você tem calvície masculina

O que é a calvície masculina?

A calvície masculina, também conhecida como alopecia, é uma condição marcada principalmente pela contínua queda dos fios, que consequentemente resultam em falhas no couro cabeludo ou até mesmo a completa queda dos fios.

O ciclo de vida dos fios segue três fases bem definidas: crescimento, repouso e, por fim, a queda. Até 90% dos fios presentes em nossos cabelos estão na fase de crescimento.

Depois disso, os fios adentram à fase de repouso, na qual param de crescer. Esse período é relativamente curto, se comparado à fase de crescimento, e desemboca na queda, dando lugar para o nascimento e crescimento de um novo fio.

O que ocorre nos casos de calvície masculina é a atrofia dos folículos pilosos, que aceleram a queda definitiva dos fios.

Como a calvície se manifesta?

Os primeiros sinais da calvície masculina podem, em alguns casos, aparecer entre os 17 e 23 anos. Nesses casos, as falhas costumam aparecer perto da testa – as famosas “entradas”.

A seguir, o topo da cabeça pode sinalizar perda de volume dos fios. Às vezes, os cabelos podem continuar a cair e a calvície acaba por dominar toda a área superior do couro cabeludo, fazendo com que restem somente fios nas áreas laterais e atrás da cabeça.

Quando os sinais aparecem por volta dos 25 aos 28 anos, costuma-se registrar uma queda mais lenta, e esses casos respondem melhor ao tratamento.

Após os 50 anos, é provável que todos os homens de uma família predisposta geneticamente à alopecia registrem, seja em grau menor ou maior, a perda dos fios de cabelo.

Como saber se você tem calvície masculina: principais sinais

Se você busca como saber se você tem calvície masculina, atente-se aos seguintes sinais:

1. Espessura dos fios

Normalmente, os homens com predisposição genética à calvície tendem a apresentar fios cada vez mais finos e rarefeitos.

2. Diminuição do volume

Com a queda dos fios, o volume dos cabelos tende a diminuir. Preste atenção ao espelho e em especial a fotos, pois permite que você compare o estado de seu cabelo em diferentes tempos.

3. Perda acentuada de cabelo

Diariamente, é normal que percamos cerca de 50 a 100 fios de cabelos. Trata-se justamente do processo de queda dos fios que cede espaço para o nascimento de novos.

Caso sinta que tem perdido mais fios que o habitual, pode ser um sinal de calvície masculina.

Como cuidar da calvície?

Existem diversos tratamentos e produtos disponíveis para o tratamento da calvície masculina.

Medicamentos, como é o caso do minoxidil e da finasterida, ajudam a bloquear a ação dos derivados da testosterona que estão atrapalhando o ciclo normal dos fios.

Embora esses medicamentos possam ser bastante úteis nos casos de calvície masculina, não são indicados para o tratamento da calvície na população feminina.

Existem casos nos quais somente um implante capilar se apresentar como solução estética. Trata-se de um procedimento cirúrgico que consiste na retirada dos bulbos capilares que ainda estão em funcionamento para que sejam reimplantados nas regiões rarefeitas.

Independente das opções, é imprescindível que leve em consideração a opinião de seu profissional médico de confiança.

A tricoscopia, por exemplo, é o exame dos fios e da estrutura dos cabelos, que permite melhor compreensão das particularidades e reais necessidades de seus cabelos.

Conclusão sobre dicas de como saber se você tem calvície masculina

Como vimos, a calvície masculina é um quadro extremamente popular, que afeta uma legião de homens em todo o mundo.

Embora existam opções de tratamentos e medicações, o diagnóstico precoce da condição auxilia significantemente na obtenção de melhores resultados provenientes das intervenções escolhidas.

Sendo assim, apresentamos algumas dicas de como saber se você tem calvície masculina.

Esperamos que tenham aprendido e gostado de nosso artigo. Se restou qualquer dúvida sobre como saber se você tem calvície masculina, não esqueça de deixar seu comentário para nossa equipe de especialistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Busca

Recentes

Arquivos


Close