Descubra se sua queda de cabelo está anormal

A queda dos fios é um dos problemas mais comuns e, também, um dos mais temidos entre homens e mulheres. Nesse sentido, é importante diferenciar os episódios de queda natural daqueles nos quais a queda de cabelo está anormal e pode ser considerada um problema que merece a sua atenção.

Para descobrir como distinguir se sua queda de cabelo está anormal ou se está apenas seguindo o ciclo de vida dos fios, fique atento a este artigo.

A queda dos fios é um dos problemas mais comuns e, também, um dos mais temidos entre homens e mulheres. Nesse sentido, é importante diferenciar os episódios de queda natural daqueles nos quais a queda de cabelo está anormal e pode ser considerada um problema que merece a sua atenção. Para descobrir como distinguir se sua queda de cabelo está anormal ou se está apenas seguindo o ciclo de vida dos fios, fique atento a este artigo.  Quando a queda de cabelo pode ser considerada normal? A queda dos fios, em certas condições, é considerada saudável e indica o término do ciclo de vida dos fios, que segue três fases bem definidas. São elas: •	Fase anágena: dura entre dois e oito anos e refere-se ao período de crescimento dos fios; •	Fase catágena: essa fase corresponde à degradação dos fios, que perde sua aderência ao folículo piloso. Esse período dura de duas a quatro semanas; e •	Fase telógena: corresponde à fase de repouso do fio, que se desprende totalmente do folículo piloso. Dura de dois a quatro meses. É estimado que 10% dos fios de cabelo estão na fase de repouso. Quando os fios atingem essa fase, eles caem para dar espaço a um novo fio. Sendo assim, a queda diária de 100 a 150 fios é considerada normal e elucida a quantidade de fios caídos durante o banho ou ao pentear os cabelos. A queda de cabelos em mulheres durante a gestação e no período puerpério também é considerada normal e ilustra as transformações pelas quais o corpo está passando. Isso se deve ao aumento nos níveis hormonais (sobretudo da progesterona), mas também pode ter relação com o excesso de oleosidade natural no couro cabeludo, deficiências dietéticas ou decorrente de estresse e tensão. Além disso, o eflúvio telógeno é um quadro no qual se verifica grande quantidade de fios na fase de repouso. Geralmente é provocado por situações permeadas de estresse como a submissão a cirurgias, é marcado pela queda dos fios. Em geral, a perda de fios ocorre de maneira mais destacada no topo da cabeça. Nesses dois casos, os sinais tendem a cessar em alguns meses e raramente requer exames laboratoriais. É recomendado procurar orientação médica especialmente em casos de ocorrência de clareiras ou falhas no couro cabeludo.    E como perceber quando a queda de cabelo está anormal? Como mencionamos, a queda dos fios durante o penteio ou enxágue dos cabelos é considerado normal e simboliza o fim do ciclo de vida dos fios. Entretanto, se você notar que a queda dos fios está acentuada, é necessário que você repense suas rotinas de cuidado capilar e hábitos, pois pode ser uma indicação de que a queda de cabelo está anormal. É óbvio que você não precisa de reunir os fios caídos e contá-los para saber a quantidade de fios que caíram. Sinais para perceber se a queda de cabelo está anormal incluem os seguintes passos:  1. Compare fotos antigas A melhor maneira de compreender o comportamento dos seus cabelos inclui comparar fotos antigas àquelas mais recentes. Perceba o volume da cabeleireira, se houve o surgimento de clareiras ou áreas com falhas. Isso pode ajudar a indicar se a queda de cabelo está anormal.  2. Perceba se há a queda de tufos de cabelos e onde caem os cabelos Se há fios por toda a parte, como pela mesa na qual você trabalha, nas roupas, ou tufos de fios no travesseiro ao acordar, você deve ficar atento à saúde dos fios, pois pode ser característica de risco aos fios.   Como cuidar dos fios quando a queda de cabelo está anormal? Conforme mencionado, a queda dos fios é multifatorial e pode ser resultado de diversas causas. Se você notar que sua queda de cabelo está anormal, primeiramente, procure um médico dermatologista. Por meio da tricoscopia, nome dado ao exame dos fios e do couro cabeludo, é possível uma profunda análise das propriedades do seu cabelo, de modo que sejam adotadas as intervenções mais adequadas ao seu caso. Além disso, se você notar que sua queda de cabelo está anormal, atente-se aos seus hábitos cotidianos e práticas de cuidado capilar. Alguns fatores que podem favorecer a queda anormal dos cabelos e merecem atenção incluem: •	alimentação inadequada, pobre em nutrientes e proteínas; •	episódios contínuos de tensão e estresse que envolvem alta sobrecarga emocional; •	alterações causadas por quadros clínicos, como ocorre com disfunções na tireoide; •	ocorrência de dermatite seborreica; •	exagero no uso de químicas capilares; •	quadros de calvície (tanto masculina como feminina); e •	uso de certas medicações.  Descubra se sua queda de cabelo está anormal: conclusão Neste artigo, abordamos as principais informações referentes à queda dos fios e às fases do ciclo capilar, além de dicas para perceber quando a queda de cabelo está anormal.  Esperamos que tenham gostado e aprendido com o nosso artigo que trata de queda de cabelo está anormal. Não se esqueça de deixar seu comentário para nosso time de colaboradores.

Quando a queda de cabelo pode ser considerada normal?

A queda dos fios, em certas condições, é considerada saudável e indica o término do ciclo de vida dos fios, que segue três fases bem definidas. São elas:

  • Fase anágena: dura entre dois e oito anos e refere-se ao período de crescimento dos fios;
  • Fase catágena: essa fase corresponde à degradação dos fios, que perde sua aderência ao folículo piloso. Esse período dura de duas a quatro semanas; e
  • Fase telógena: corresponde à fase de repouso do fio, que se desprende totalmente do folículo piloso. Dura de dois a quatro meses.

É estimado que 10% dos fios de cabelo estão na fase de repouso. Quando os fios atingem essa fase, eles caem para dar espaço a um novo fio.

Sendo assim, a queda diária de 100 a 150 fios é considerada normal e elucida a quantidade de fios caídos durante o banho ou ao pentear os cabelos.

A queda de cabelos em mulheres durante a gestação e no período puerpério também é considerada normal e ilustra as transformações pelas quais o corpo está passando.

Isso se deve ao aumento nos níveis hormonais (sobretudo da progesterona), mas também pode ter relação com o excesso de oleosidade natural no couro cabeludo, deficiências dietéticas ou decorrente de estresse e tensão.

Além disso, o eflúvio telógeno é um quadro no qual se verifica grande quantidade de fios na fase de repouso. Geralmente é provocado por situações permeadas de estresse como a submissão a cirurgias, é marcado pela queda dos fios. Em geral, a perda de fios ocorre de maneira mais destacada no topo da cabeça.

Nesses dois casos, os sinais tendem a cessar em alguns meses e raramente requer exames laboratoriais. É recomendado procurar orientação médica especialmente em casos de ocorrência de clareiras ou falhas no couro cabeludo.

E como perceber quando a queda de cabelo está anormal?

Como mencionamos, a queda dos fios durante o penteio ou enxágue dos cabelos é considerado normal e simboliza o fim do ciclo de vida dos fios.

Entretanto, se você notar que a queda dos fios está acentuada, é necessário que você repense suas rotinas de cuidado capilar e hábitos, pois pode ser uma indicação de que a queda de cabelo está anormal.

É óbvio que você não precisa de reunir os fios caídos e contá-los para saber a quantidade de fios que caíram. Sinais para perceber se a queda de cabelo está anormal incluem os seguintes passos:

1. Compare fotos antigas

A melhor maneira de compreender o comportamento dos seus cabelos inclui comparar fotos antigas àquelas mais recentes.

Perceba o volume da cabeleireira, se houve o surgimento de clareiras ou áreas com falhas. Isso pode ajudar a indicar se a queda de cabelo está anormal.

2. Perceba se há a queda de tufos de cabelos e onde caem os cabelos

Se há fios por toda a parte, como pela mesa na qual você trabalha, nas roupas, ou tufos de fios no travesseiro ao acordar, você deve ficar atento à saúde dos fios, pois pode ser característica de risco aos fios.

Como cuidar dos fios quando a queda de cabelo está anormal?

Conforme mencionado, a queda dos fios é multifatorial e pode ser resultado de diversas causas.

Se você notar que sua queda de cabelo está anormal, primeiramente, procure um médico dermatologista.

Por meio da tricoscopia, nome dado ao exame dos fios e do couro cabeludo, é possível uma profunda análise das propriedades do seu cabelo, de modo que sejam adotadas as intervenções mais adequadas ao seu caso.

Além disso, se você notar que sua queda de cabelo está anormal, atente-se aos seus hábitos cotidianos e práticas de cuidado capilar. Alguns fatores que podem favorecer a queda anormal dos cabelos e merecem atenção incluem:

  • alimentação inadequada, pobre em nutrientes e proteínas;
  • episódios contínuos de tensão e estresse que envolvem alta sobrecarga emocional;
  • alterações causadas por quadros clínicos, como ocorre com disfunções na tireoide;
  • ocorrência de dermatite seborreica;
  • exagero no uso de químicas capilares;
  • quadros de calvície (tanto masculina como feminina); e
  • uso de certas medicações.

Descubra se sua queda de cabelo está anormal: conclusão

Neste artigo, abordamos as principais informações referentes à queda dos fios e às fases do ciclo capilar, além de dicas para perceber quando a queda de cabelo está anormal.

Esperamos que tenham gostado e aprendido com o nosso artigo que trata de queda de cabelo está anormal. Não se esqueça de deixar seu comentário para nosso time de colaboradores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Busca

Recentes

Arquivos


Close