Bicalutamida para calvície feminina: é possível confiar nessa solução?

A calvície  incomoda e  atinge tanto a homens  quanto amulheres e sempre  vêm sendo pesquisados métodos e tratamentos para evitar que a perda de cabelos se acentue, levando  à calvície mais evidente.

Alguns medicamentos vêm sendo aprovados para auxiliar o tratamento capilar e combater as causas da alopecia e essa é uma esperança que se renova  em função da possibilidade de encontrar algum medicamento que possa interromper o avanço da calvície.

Neste artigo, vamos  ver se é possível confiar no emprego da Bicalutamida para calvície feminina.

aumento da densidade

O uso da Bicalutamida para calvície feminina

A Bicalutamida para calvície feminina começou a ser usada muito recentemente e se encontra em fase de testes para assegurar de que atua com maior eficiência na contenção do processo de calvície feminina.

Esse medicamento já vem sendo usado pelo público masculino como tratamento  contra o câncer de próstata por inibir a ação dos hormônios masculinos e reduzir o risco de  agravamento da doença.

Nas mulheres, o medicamento vem sendo testado com alguns resultados positivos, mas ainda não comprovados com exatidão, por serem ainda muito recentes.

O que é a Bicalutamida?

Para vermos a atuação da Bicalutamida para calvície feminina, é preciso entender o que é esse medicamento e a quem se destina originalmente.

Esse é um composto que atua para reduzir os andrógenos no organismo, que são os hormônios que estão presentes nos homens e mulheres e são fundamentais para o bom funcionamento dos órgãos reprodutivos.

Para que serve?

Originalmente, a Bicalutamida é usada para combater e evitar o câncer de próstata em seus estados avançados.

A intenção é que bloqueie os hormônios para que não tenham acesso a células doentes da próstata e, assim, reduza a expansão da doença.

A possibilidade de usar a Bicalutamida para calvície feminina

Com base  no sucesso  desse medicamento com relação a conter o aumento do câncer masculino, foi possível estabelecer uma relação para conter o avanço de aumento da densidade que causam o surgimento e aumento da alopecia feminina.

Por um processo químico complexo, a ação do medicamento sobre os hormônios que atuam sobre os fios de cabelos fortalece esses fios e evitam que se tornem mais finos e que acabem por se perderem.

Tem uma atuação bastante intensa sobre a testosterona e a ação nociva nos folículos capilares.

Os resultados obtidos até o momento

O uso de Bicalutamida para calvície feminina está apontando resultados científicos bastante otimistas quanto a evitar o avanço da calvície feminina.

Esses estudos estão sendo realizados com pioneirismo na Espanha e acompanhados por juntas médicas com dermatologistas e que tem constado em exames preliminares que os resultados para aumento da densidade dos fios em 53% da amostra realizada com pacientes que se dispuseram a participar dos testes.

Porém, ainda não se pode concluir com segurança os benefícios do uso do medicamento por terem sido realizados com uma amostra ainda pequena de pacientes e em andamento de análises conclusivas.

 É aconselhado o uso de Bicalutamida para calvície feminina

Como ainda estão em andamento os estudos científicos, é aconselhável aguardar ainda um tempo para ter certeza de seus benefícios da Bicalutamida para calvície feminina.

Ainda em fase de testes, é temerário usar esse recurso nesse momento, podendo ser que em futuro próximo possa ser liberado e com vantagens.

Efeitos colaterais

Esses efeitos devem ser orientados de acordo com a bula do medicamento, pois os testes ainda não possuem garantia de que todos os efeitos colaterais possam ser identificados com exatidão.

Dessa forma o medicamento possui uma grande relação de efeitos e que destacamos os seguintes:

  • Aumento das enzimas hepáticas;
  • Problemas de estômago e intestino;
  • Dor nas mamas;
  • Tontura;
  • Diminuição da libido;
  • Mau humor;
  • Irregularidade menstrual;
  • Palpitação, batedeira e falta de ar.

Contraindicações

Ainda com base na bula do medicamento, transcrevemos os seguintes aspectos de contraindicação:

  • Crianças;
  • Adolescentes (menores de 18 anos);
  • Mulheres em idade fértil;
  • Gestantes;
  • Mulheres durante amamentação.

Conclusão: Bicalutamida para calvície feminina

Várias experiências vêm sendo tentadas para combater a calvície e a Bicalutamida para calvície feminina ainda é um tratamento que está em fase de testes e que pode trazer resultados positivos no futuro.

Devemos aguardar para nos certificarmos  da eficácia desse medicamento para o tratamento da alopecia.

É bom lembrar que esse medicamento está sendo testado para atender a redução da calvície feminina e, dessa forma, somente deve ser utilizado com prescrição de médico especialista e nunca ser administrado como auto medicação, devido a riscos à saúde da pessoa.

Aguardemos a conclusão dos estudos para, então, podermos nos assegurar sobre seu uso.

Porém, para os casos que exijam o disfarce da calvície em seus estágios iniciais, o uso de uma máscara capilar é o mais aconselhado e para isso Jet hair poderá atender você com muita eficiência. Jet Hair você poderá conhecer mais sobre esse produto e efetuar sua aquisição para começar a usar e disfarçar sua calvície. Deixe sua opinião sobre  este artigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Busca

Recentes

Arquivos


Close