Queda de cabelo em bebês: por que ocorre e como lidar

Você sabia que ocorre queda de cabelo em bebês? Sim, vejamos mais sobre essa questão a seguir. Acompanhar o desenvolvimento dos bebês é uma experiência indescritível e que traz muitas alegrias.

Mas nesse processo é importante estar atento a todos os detalhes físicos e emocionais da criança e descobrir aqueles fatores que estão sendo motivos de atenção e preocupação na formação da criança.

Um dos detalhes importantes é aquele relacionado à perda de cabelos em bebês.

Normalmente, a queda é natural na parte da nuca, por crianças pequenas ficarem a maior parte do tempo deitadas, porém existem perdas de fios que são mais significativas e que requerem maior atenção.

Vamos apresentar a seguir por que ocorre e como lidar com a queda de cabelo em bebês.

Quais são as características dos cabelos dos bebês?

As características dos cabelos dos bebês são definidas na formação do feto, por volta de nove semanas de gestação, sendo que os pelos de diversas regiões do corpo se formam antes que os cabelos.

Eles nascem com fios finos e lisos e são chamados de velus (pois se parecem com um véu cobrindo o couro cabeludo).

Muitas vezes, essa camada é muito fina e até imperceptível dando a perceber que o bebê é careca, mas não o é e os fios ficarão mais fortes com o tempo.

Por que ocorre a queda de cabelo em bebês?

Os hormônios femininos têm a função de controlar o desenvolvimento do crescimento dos cabelos dos bebês durante a gestação.

Ao nascer, esse suplemento de hormônios é interrompido e pode provocar uma queda maior dos fios durante algum período.

Essa é a principal causa da queda de cabelo em bebês, porém podem existir outros fatores que devem ser avaliados e devidamente tratados.

Quando se deve preocupar com a queda de cabelo em bebês?

A queda de cabelo em bebês ocorre de certa forma com bastante intensidade, no período em que o bebê ainda se mantém mais deitado que em pé.

Esse período se estende até a idade de seis meses, aproximadamente, e deve ser acompanhado para identificar se está aumentando ou se mantendo.

De qualquer forma, é sempre importante avaliar de forma geral como o couro cabeludo se comporta quanto a manter a cobertura adequada e não apresente quedas localizadas em toda a região.

Identificar essas ocorrências é fundamental para verificar se a queda pode estar sendo ocasionada por fatores que não estão relacionados à fricção dos fios com a fronha do travesseiro do bebê.

Nesse caso, pode estar ocorrendo uma disfunção quanto à saúde do bebê, sendo necessário consultar um pediatra.

Uma queda acentuada pode estar relacionada a fatores hormonais, genéticos, deficiências nutricionais ou aspectos relacionados ao mau funcionamento endócrino da criança.

Podem ocorrer assim sintomas que levem a alopecia areata, que provoca a queda mais acentuada dos cabelos e deve ser investigada e tratada.

As quedas de cabelos podem estar relacionadas a carências de vitaminas e, normalmente, quando a criança é desmamada, pode ser que a alimentação esteja carente de vitaminas e proteínas, o que pode provocar o aumento de perda de fios.

Cuidados com os cabelos dos bebês

Para evitar a queda de cabelo em bebês, é importante acompanhar se não está ocorrendo a perda de fios de forma acentuada e exercer os cuidados para que se possa impedir as causas que estejam afetando e acelerando esse processo.

É preciso manter cuidados adequados com a higiene e a observação dos fios e do couro cabeludo, desde os primeiros anos de vida, e evitar problemas que possam surgir.

Uma dica fundamental para cuidar bem dos fios do bebê é cuidados com a lavagem da cabeça.

Ter uma frequência adequada e sem exageros passa a ser um ponto importante nesse processo.

Quando se lava muito os cabelos há a eliminação dos óleos essenciais, que protegem os fios, sendo nesses casos necessárias suas reposições com tratamentos específicos.

O ideal é que os cabelos não sejam lavados mais que uma vez ao dia.

A escolha do xampu adequado ao couro cabeludo e aos fios, decorrente do tipo de cabelo, também deve ser objeto de uma escolha correta e, de preferência, os que são indicados para bebês para evitar lesões nos olhos.

No momento de lavar é possível identificar alguma ocorrência de problemas na pele, e assim pode ser acionado o pediatra para orientação e antecipação de possíveis problemas.

O momento do banho é especial e determina a chance de avaliar com bastante cuidado a saúde do bebê.

Queda de cabelo em bebês: como lidar?

Importante cuidar da queda de cabelo em bebês que não seja dentro das situações normais.

E sempre é importante consultar um médico especialista para aconselhamento e, se for o caso, adotar um tratamento para conter a queda acentuada.

Agora, se no seu caso a calvície já surgiu e por ser adulto a recuperação da perda é mais difícil, é bom contar com uma maquiagem capilar como Jet Hair.  Não esqueça de deixar seu comentário sobre este artigo e falar sobre queda de cabelo em bebês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Busca

Recentes

Arquivos


Close