15 sintomas da andropausa (Menopausa Masculina)

Quando se fala em menopausa, os sintomas são muito mais claros uma vez que é um fenômeno que ocorre com o corpo da mulher que é muito mais divulgado do que a andropausa, além de ser muito mais estudado.

Os médicos estão cada vez mais batendo de frente para responder às preocupações da menopausa masculina, a andropausa, que é conhecida como síndrome de envelhecimento do homem, essas pesquisas foi por muito tempo foi deixado de lado.

Os sintomas da andropausa começam a aparecer por volta dos 50 anos de idade, que é o momento em que ocorre a diminuição dos níveis de testosterona no sangue. Por isso, para entender melhor esse fenômeno que ocorre no corpo masculino iremos falar sobre alguns sintomas que podem indicar a andropausa, mais conhecida como menopausa masculina, além e dar dicas de como tratá-la e falar de algumas consequências.

15 sintomas da andropausa (Menopausa Masculina)

Alguns dos sintomas da andropausa

Fadiga

Durante o período da andropausa os homens ficam muito cansados e acabam lutando contra toda essa fadiga, o que ocorre uma grande diminuição de energia física.

Os músculos do corpo fica  mais fracos e não conseguem executar a rotina mais comum, como por exemplo, uma tarefa, bastante simples de subir e descer escadas já os deixam com falta de ar. A fadiga pode ficar até mesmo depois de horas de sono.

Depressão

Um dos problemas mais sérios, uma vez que retrata uma grande tristeza. A depressão é bem comum durante esse período. Os homens normalmente mostram bastante pessimismo. Na andropausa eles mostram uma grande falta de desejo as suas atividades do dia a dia e nos seus hobbies. Há casos inclusive que homens são levados a cometer suicídio.

Diminuição da Libido

Depois que a andropausa aparece uma queda do nível de testosterona por isso a diminuição da libido ocorre de forma drástica. Esse sintoma normalmente interfere na intimidade do relacionamento uma vez que os homens acabam por perder o desejo sexual. Causando um grande impacto na autoestima do homem.

Mudanças de humor

As mudanças de humor no período da andropausa é muito comum, normalmente ocorre explosões sem nenhum motivo e aparece raiva sem nenhum tipo de provocação. Eles normalmente percebem essas variações de humor, mas acabam colocando a culpa desse tipo de comportamento nas outras pessoas e não neles mesmos. Alternam entre emoções de forma muito rápida, sendo em um momento a pessoa mais feliz e no outro mais infeliz.

Falta de Concentração

Nesse período, se concentrar também fica muito mais difícil, principalmente em tarefas do dia a dia uma vez que seus pensamentos vão de uma canto a outro. Ficam distraídos com muito mais facilidade, e aluta para a concentração é intensa, resultando em uma grande frustração. Há alguns períodos que a concentração fica um pouco melhor.

Perda de cabelo

Devido a variação de hormônios e ao grande estresse que o corpo passa no período da andropausa a perda de cabelo acaba por ser uma das consequências desse problema. Por causa disso pode levar a calvície na andropausa. Já que as alterações hormonais são bastante grandes.

Outros sintomas da andropausa

  • A massa muscular diminui drasticamente;
  • Os pelos de todo o corpo diminui, inclusive a barba;
  • Ocorre a ausência de ereções espontâneas pela manhã
  • A gordura corporal aumenta bastante;
  • O desejo sexual diminui;
  • Ocorre com bastante frequência ondas de calor e suores;
  • Infertilidade;
  • Palpitações são bastante frequentes;
  • Ocorre problemas de memória;
  • A concentração diminui;
  • Depressão;

Diferente da menopausa que ocorre na mulher, a andropausa aparece de uma forma muito mais lenta já que a queda dos níveis de testosterona acontece de forma bem lenta e gradual. É por causa disso que alguns homens não percebem rapidamente, demoram também para perceber os sintomas e as vezes nem percebem. Mas, o principal é que a andropausa é um processo normal de envelhecimento.

Tratando a andropausa

Normalmente, o tratamento é feito com medicamentos específicos. Esses medicamentos aumentam os níveis de testosterona no sangue e pode ser ingerido por meio de comprimidos ou por injeções. Procurar um endocrinologista é uma ótima opção para que consiga tratar melhor a andropausa.

As consequências da andropausa

Todas as consequências da andropausa têm relação direta com a redução dos níveis de testosterona, mas isso só ocorre quando não é feito um tratamento adequado com especialistas, uma das consequências é a ocorrência da osteoporose, aumentando ainda mais os riscos de fraturas e de anemias uma vez que a produção de testosterona estimula a produção de glóbulos vermelhos.

Portanto, a andropausa não é nenhum “bicho de 7 cabeças” se for tratado da forma adequada e descoberto o quanto antes. Preste atenção no seu nível de humor, s está ou não perdendo muito cabelo, e também verifique o seu nível de estresse uma vez que esse fator pode ser determinante para agravar ou não os sintomas da andropausa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close