Crisina pode acelerar calvície?

A calvície é, sem dúvidas, um dos problemas capilares mais comuns em todo o mundo.

Podendo afetar tanto homens como mulheres, a calvície tende a ser um transtorno multifatorial, isto é, provocado por um conjunto de causas e agravantes.

Dentre esses fatores, porém, será que a crisina pode acelerar calvície? Se sim, você já sabe como ocorre esse processo?

Neste artigo, vamos averiguar se, de fato, o uso de crisina pode acelerar calvície. Ademais, vamos tratar de outros detalhes importantes para a compreensão dos quadros de calvície. Boa leitura!

O que é a calvície?

A alopecia, conhecida popularmente como calvície, é o nome dado ao quadro capilar caracterizado pela ausência, rarefação ou queda, seja ela definitiva ou breve , dos cabelos.

Embora possa afetar ambos os sexos, os homens estão mais suscetíveis aos efeitos da calvície em razão de suas altas taxas de hormônios sexuais masculinos – testosterona.

Um derivado da testosterona, chamado de DHT (dihidrotestosterona), é o principal responsável pelo fenômeno da calvície.

Isso se dá porque a interação entre o DHT e os receptores presentes nos folículos pilosos é extremamente prejudicial, sendo capaz de enfraquecer os fios.

A testosterona  também é produzida pelo organismo feminino, porém, em quantidade menor. Isso explica o porquê de os casos de calvície feminina serem mais raros e com efeitos menos drásticos se comparados aos efeitos da calvície nos homens.

Além do impacto do hormônio sexual masculino, outros fatores são capazes de desencadear ou agravar quadros de calvície incluem:

  • Hereditariedade – determinada por influência genética;
  • Excesso de oleosidade nos fios;
  • Quadros de dermatite seborreica (caspa) não controlados;
  • Má alimentação e defasagens vitamínicas;
  • Distúrbios da tireoide e demais quadros patológicos;
  • Níveis elevados de estresse e tensão cotidianos;
  • Uso de alguns tipos de medicamentos, como antidepressivos e inibidores de apetite;
  • Excesso de procedimentos e produtos químicos nos cabelos.

Como mencionamos anteriormente, a calvície é um quadro multifatorial,      isto é, geralmente é impulsionado por uma combinação de dois ou mais fatores.

O que é crisina?

A crisina é um medicamento capaz de controlar os níveis de aromatase, enzima responsável pela conversão da testosterona em outros hormônios, como estrogênio.

É extraído da planta Passiflora caerulea, que se assemelha bastante ao maracujá. Está presente em altos níveis em alimentos como o mel e a própolis.      

A crisina vem sendo popularmente usada como suplemento nutricional entre atletas pois auxilia na produção de massa muscular e na redução dos níveis de gordura.

Outros benefícios do uso contínuo da crisina, além do equilíbrio hormonal, incluem:

  • Ação antioxidante;
  • Quimioprotetor, sobretudo em doenças cardiovasculares e câncer;
  • Ação depressora no sistema nervoso central;
  • Atua na diferenciação dos melanócitos;
  • Previne desidratação cutânea;
  • Proteção do fígado.

Apesar desses benefícios, dado seu efeito direto nos hormônios masculinos, muitos questionam se a crisina pode acelerar calvície, ou até mesmo agravar quadros de quedas de cabelos.

Crisina pode acelerar calvície: mito ou verdade?

Para aqueles que perguntam se o uso contínuo ou isolado de crisina pode acelerar a calvície, a resposta ainda é inconclusiva.

Por um lado, a crisina atua diretamente sobre os hormônios masculinos – o que tende a acelerar ou agravar a queda de cabelos e a calvície em pessoas predispostas.

Apesar disso, os estudos científicos que buscavam analisar se a crisina pode acelerar a calvície foram realizados somente em laboratório, sem a participação de humanos.

Assim, é possível concluir que a relação entre a crisina e a calvície ainda é mera especulação.

Nesse sentido, cabe informar que a crisina possui contraindicações, de modo que seu uso não é sugerido em lactantes, gestantes, crianças, adolescentes e homens com histórico de câncer de próstata.

Além disso, deve ser evitado por pessoas com alergia à crisina.

Conclusão sobre crisina pode acelerar calvície?

Neste artigo, abordamos alguns aspectos da calvície e se o uso da crisina pode acelerar calvície ou queda de cabelos.

Como vimos, a resposta ainda é inconclusiva, o que destaca a necessidade de realização de novos estudos que visem a análise da relação entre crisina e a calvície.

Caso você perceba sinais de calvície, recomenda-se a avaliação e acompanhamento de um médico, que poderá analisar seu quadro e indicar as intervenções mais adequadas às suas necessidades.

Para aqueles que buscam disfarçar sinais da calvície ou pequenas falhas nos cabelos, recomendamos o uso da maquiagem capilar Jet Hair. À base de queratina, Jet Hair é capaz de preencher falhas e dar volume aos fios.

Trata-se de um produto em pó que, quando aplicado sobre uma região calva ou rarefeita, promove o engrossamento dos fios e um significativo aumento na densidade dos cabelos.

Entre os casos de calvície mais avançados, trata-se de uma excelente alternativa, uma vez que a reversão do quadro ainda não é possível.

Esperamos que tenha gostado e aprendido com nosso texto “Crisina pode acelerar calvície?”. Agradecemos por acompanhar mais um artigo nosso. Não se esqueça de deixar um comentário para nosso time de especialistas em fios em caso de dúvida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Busca

Recentes

Arquivos


Close