Dermatite seborreica: como evitar?

A dermatite é uma doença que atinge normalmente o couro cabeludo e é muito conhecida e comentada pelos dermatologistas. Contudo, uma das coisas que muitas pessoas desconhecem é que pode também atingir a pele em diversas regiões do corpo, se não for devidamente tratada. Especialmente, por conta do risco de diversas doenças que podem agravar não apenas a sua aparência, como também o seu bem-estar e a sua autoestima. Por isso, vamos ver com mais detalhes sobre como evitar a dermatite seborreica a seguir: confira:

Dermatite seborreica como evitar

Como a dermatite seborreica acontece?

A dermatite seborreica pode acontecer no corpo humano como se fosse uma doença crônica, com vários períodos de melhora e de piora dos seus sintomas. Seus sintomas podem variar de pessoa para pessoa.

A dermatite seborreica pode provocar a formação de escamas, vermelhidão e muito incômodo em algumas partes da face, que podem ser que aconteçam muito incômodo em várias partes do corpo, como as sobrancelhas e cantos do nariz, além do couro cabeludo e do colo.

Parece ser uma doença bem comum entre os homens, mas também pode acontecer em mulheres, que pode atingir em maior frequência entre adultos e idosos. Contudo, a dermatite seborreica também pode atingir pessoas logo no seu nascimento, a qual esse tipo de dermatite é conhecida como crosta láctea.

Para bebês e crianças, a dermatite seborreica surge ao menos aos três meses de vida, manifestando-se de uma forma branda e geralmente não necessita de tratamentos, pois desaparecem naturalmente. É uma corrosão bem inofensiva e temporária, porque aparecem crostas grossas e amarelas ou marrons sobre o couro cabeludo do bebê. Além disso, pode acontecer de surgir escamas na parte das pálpebras, orelhas, nariz e virilha.

Quando acontece nos adultos, a situação é um pouco mais complexa e, por isso, necessita de mais cuidados para o tratamento contra a dermatite seborreica. As áreas que são mais atingidas são as sobrancelhas, pálpebras, cantos do nariz, lábios, partes das orelhas, tórax e o couro cabeludo.

Há vários tipos de relatos de pacientes, que dizem sentir os sintomas oscilar de mais ou menos força, até o desaparecimento total dos sintomas, os quais podem ser descritos a seguir:

  • Muita oleosidade na pele e nos cabelos;
  • Escamas brancas que se desfazem (caspa) ou escamas amareladas, que ardem e saem um forte odor;
  • Coceiras e ardor;
  • Chances grandes de queda de cabelos;
  • Irritação e muita vermelhidão nas áreas atingidas.

Como tratar a dermatite seborreica?

O tratamento mais comum para a dermatite seborreica é a higienização correta dos cabelos, com a ajuda de vários produtos capilares voltados para o combate à oleosidade e a dermatite seborreica. Esses xampus são encontrados em várias farmácias e em alguns supermercados que vendem esse tipo de mercadoria. Em sua maioria, os shampoos voltados ao combate à dermatite seborreica possui ingredientes em comum como o alcatrão de hulha, cetocozanol, ácido salicílico, sulfeto de selênio, piritionato de zinco.

Em quadros mais agudos, nos quais os xampus não evitam que as crises de dermatitve surjam, é importante fazer uma consulta com um profissional de dermatologia para o uso de medicamentos pomadas corticoides para dermatite seborreica como Bepantol, ou Cortitop, por exemplo.

Contudo, para quem sofre de dermatite seborreica em outras partes do corpo, é indicado que se busque ajuda médica de um dermatologista, por conta dos possíveis efeitos colaterais que os produtos voltados para a dermatitite seborreica podem promover em outras partes do corpo, para além do couro cabeludo.

Prevenção da dermatite seborreica

Não há uma forma de prevenir o aparecimento da dermatite seborreica no seu corpo. Contudo, o uso de xampus para tratamento e de higienização correta dos seus cabelos. É necessário fazer um tratamento correto, que irá depender das localizações das suas lesões, assim como quão grave são os seus sintomas.

Além disso, há outras formas de evitar o aparecimento de sintomas de dermatite seborreica, como evitar os banhos muito quentes, enxugar-se bem antes de se vestir, usar roupas com tecidos que não retém suor, muito controle físico e emocional para evitar o estresse e sempre retirar tanto xampu quanto condicionador toda vez em que for lavar a cabeça.

No caso de dermatite seborreica em crianças e bebês, os pediatras geralmente recomendam xampus que podem ajudar a resolver o problema da dermatite seborreica,  podendo ser lavado normalmente após é aplicado nos cabelos.

Uma coisa a se lembrar para tratar o quadro de dermatite seborreica é que os bebês perdem muito calor por couro cabeludo. Por isso, você pode usar um pano morno e úmido para colocar na cabeça do bebê, o que ajuda a controlar a temperatura da criança, além de ajudar a prevenir o aparecimento de dermatite seborreica no couro cabeludo do seu bebê.

O que achou do texto sobre dermatite seborreica? Comente abaixo e continue acompanhando o blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close