Queda de cabelos e saúde do corpo: qual a relação?

Vamos saber mais sobre como é a relação entre queda de cabelos e saúde do corpo? Descubra no artigo a seguir.

Quando acontece a queda de cabelos, a reação mais comum que se pode ter é a de preocupação. Na maior parte dos casos ocorre por conta da chegada da idade ou até mesmo por motivos estéticos.

Porém, antes de se preocupar, deve-se lembrar que o corpo humano perde cerca de 100 fios de cabelo por dia, em média. Geralmente, podem aparecer de forma mais corriqueira possível, como no ralo do chuveiro durante o banho ou no travesseiro. Mas sempre são substituídos por novos fios.  Se por acaso, seus fios estiverem caindo com mais frequência diariamente, é sinal de que alguma coisa no seu corpo pode não estar indo bem. Acompanhe alguns detalhes sobre o tema a seguir.

Queda de cabelos e saúde do corpo: qual a relação

Como saber se meus cabelos caem mais do que o normal?

Antes de fazer qualquer tipo de tratamento, você deve saber se seu corpo está realmente perdendo muito cabelo por conta de problemas de saúde.

Para isso, basta você utilizar os dedos para passar a mão nos seus cabelos. Se você notar que caem cerca de até 5 fios de cabelo durante a passada, relaxe. É apenas queda normal. Contudo, se for mais do que isso, pode ser algo patológico.

Normalmente os fios de cabelo duram cerca de seis a sete anos

Quanto tempo um fio de cabelo vive? Esse é uma pergunta em que muitos fazem ao saber que os cabelos surgem e caem regularmente do couro cabeludo. Normalmente, os cabelos duram cerca de seis a sete anos e crescem por volta de 1,2 centímetros por mês.

Por que acontece essa relação entre queda de cabelos e saúde?

Normalmente, a relação que se dá entre queda de cabelos e saúde é geralmente por conta de metabolismo e hormônios. Geralmente, no caso hormonal, acontece no corpo um desequilíbrio de glândulas como a hipófise, a tireoide e a suprarrenais, causando assim a queda de cabelos. Também podem causar queda de cabelo as alterações causadas nos ovários, testículos e fígado.

No caso das mulheres, há situações que, mesmo não sendo desregulagens hormonais, podem causar a queda de cabelos, como as ocorridas durante o ciclo menstrual das mulheres.

Contudo, há um distúrbio, conhecido como Síndrome do Ovário Policístico, que causa alterações hormonais. Esse problema pode também agravar a queda de cabelos.

No caso de motivos metabólicos, na maior parte do tempo, acontecem por conta de alimentação e sedentarismo, além de hábitos como o consumo de bebida alcoólica e de cigarro. Esses fatores fazem com que metabolismo acabe alterando o funcionamento do corpo e, por conta disso, os cabelos também podem cair.

Queda de cabelos e saúde: doenças autoimunes podem ser a causa da calvície

As doenças autoimunes são basicamente males que afetam diretamente o sistema imunológico do corpo, ou seja, “bagunçam” o mecanismo de defesa do corpo. Também interferem diretamente no metabolismo.

Normalmente, esses desequilíbrios são causados por doenças que alteram os hormônios, como Lúpus, artrite reumatoide e tiroidite de Hashimoto.

Cabelos também podem cair por motivos emocionais ou psicológicos

Um dos outros grandes fatores que podem causar a queda de cabelos são problemas psicológicos que, se não forem resolvidos em tempo, podem causar a queda de cabelos em regiões mais visíveis. Um desses problemas mais comuns relacionados à queda de cabelos e com a saúde se chama alopecia areata, que é fortemente relacionada aos motivos emocionais, como o estresse.

A alopecia faz com que os cabelos caiam somente em determinadas partes do corpo. É um processo inflamatório que atinge a área da raiz do fio de cabelo.

Normalmente, para tratar o problema da alopecia se recomenda o uso de corticoides para resolver o problema, cujo tratamento sempre é à base das injeções e por aplicação de cremes que ajudem na recuperação dos seus cabelos. Contudo, o psicológico da pessoa é mais afetado, pois a perda dos cabelos acaba afetando a autoestima.

O estresse possui uma forte ligação com o sistema nervoso e endocrinológico. Quando o organismo entra sob o efeito do estresse, aumenta o nível do cortisol, que regula e aumenta o metabolismo de algumas partes do corpo. Por conta disso, faz com que os cabelos se tornem mais fracos e quebradiços, e enfraquece suas raízes, deixando os cabelos caírem aos poucos.

Como prevenir problema de queda de cabelos e saúde?

Levando em consideração que os cabelos são compostos de queratina e de melanina, a melhor forma de prevenir a queda de fios é uma alimentação mais saudável – alimentos que ajudem na constituição dos fios e em seu fortalecimento, como vegetais, frutas e proteínas são os mais indicados para esse fim.

Além disso, um melhor estilo de vida, com exercícios físicos e controle de consumo de álcool são algumas das dicas para melhorar a saúde dos seus fios de cabelo.

O que achou sobre o artigo que trata de queda de cabelos e saúde do corpo? Deixe sua opinião abaixo, é muito importante para nós!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close