Exercícios que você mesmo pode fazer para evitar calvície

Todo mundo gostaria de ter um cabelo forte e saudável. Porém, nem todos conseguem ter um cabelo assim, pois sofrem com a queda de cabelo causada pelo estresse, excesso de fumo, velhice, falta de nutrientes, genética, entre outras causas. Mas isso não é motivo para abatimento, há no mercado inúmeros produtos e dicas que irão ajudar.

Porém, para evitar a calvície existem exercícios e massagens que você mesmo pode fazer em casa.

Queda de cabelo é normal

Nem toda queda de cabelo é sinônimo de calvície e necessita de tratamento. É normal cair até cem fios por dia. Se esse for maior, é melhor começar um desses tratamentos para evitar esta situação. Mesmo pessoas com predisposição genética têm chance de não ter calvície, o que significa que só porque uma pessoa da sua família apresenta o problema não quer dizer que você também terá. Fique atento que o contrário também pode acontecer: pessoas sem histórico de calvície na família também correm risco de desenvolver, mesmo que menor.

Exercícios que você mesmo pode fazer para evitar calvície

Massagens contra calvície

Sim, existem massagens para evitar a calvície. Elas podem ser feitas quando você estiver no banho.

A mais simples consiste em lavar o cabelo com água morna, direcionar o jato para a testa e pressionar o couro cabeludo de leve com as pontas dos dedos enquanto se lava, cinco minutos por dia. Em poucas semanas, a queda de cabelo diminui.

Outra técnica é dar leves batidinhas ou tremer as mãos no couro cabeludo, a fim de ativar a circulação sanguínea.

Benefícios da massagem

Além de diminuir a queda de cabelo, essas massagens aumentam o crescimento, o deixam mais brilhante e macio, diminuem a oleosidade e a caspa (outras causas de queda de cabelo), relaxa o couro cabeludo e aumenta os resultados de xampus e máscaras antiqueda. Lembramos também que a massagem funciona como relaxante o que vem agregar mais resultado.

Exercícios contra calvície

Exercícios que você mesmo pode fazer para evitar calvície. Exercícios físicos simples também ajudam contra a queda de cabelo. Praticar exercícios de forma leve e constante, sem exageros, ajuda, além de manter o corpo saudável. Mas lembre-se sempre que exercícios em demasia levam ao efeito contrário, pois a falta de relaxamento do corpo acaba, na verdade, aumentando as chances de caírem os cabelos.

Outra vantagem de se ter uma vida saudável é cuidar da alimentação, já que ela aumenta as transformações no metabolismo e nos hormônios.

Exercitar-se também aumenta o fluxo de oxigênio nos tecidos, incluindo o couro cabeludo, o que diminui as chances de queda de cabelo mesmo nas pessoas que já apresentam risco maior por causa da genética.

Isso é causado porque os nutrientes que deviam ir para o cabelo acabam sendo desviados para ajudar os músculos, o que deixa os cabelos enfraquecidos.

Uma ida ao nutricionista fará toda a diferença, pois irá organizar sua alimentação e indicar alimentos que tenham nutrientes que minimizem o problema da calvície e  fortaleçam seu organismo de forma geral.

Remédios caseiros contra calvície

Existem vários produtos nas farmácias que ajudam a prevenir ou combater a queda de cabelo. No entanto, poucos realmente funcionam e os que funcionam têm preços proibitivos ou tem um tempo de uso prolongado e custoso.

Os remédios caseiros são consideravelmente baratos. um deles é a amla, também conhecido como groselha indiana. Rica em vitamina C apresentam propriedades esfoliantes, antibacterianas, antioxidantes e anti-inflamatórias, o que ajuda na manutenção saudável do couro cabeludo.

Uma solução de uma colher da polpa dela misturada com gel de babosa, (a famosa Aloe vera) aplicada no cabelo antes de dormir com as massagens acima e lavada normalmente no dia seguinte, é o suficiente para melhorar a saúde dos fios.

Alimentos ricos em vitamina A, como bife de fígado, vitamina B, cereais, zinco, betacaroteno (cenouras), proteínas e ferro, também ajudam a evitar a queda de cabelo.

Fique de olho caso tenha alergia a algum dos componentes acima. E evite usar touca, esfregar muito forte ou aquecer o cabelo após usar qualquer remédio com babosa, pois isso pode causar irritação e até ferimentos no couro cabeludo.

Esperamos tê-los atendido no tocante as dúvidas sobre o tema. Gostaríamos de esclarecer também, por mais que o tratamento não seja invasivo, é bom procurar um especialista para exames e indicações sobre o melhor tratamento a ser escolhido no seu caso.

Outro agravante para a calvície é o estresse que atinge a todos nos dias de hoje, mas que também poderá ser trabalhado com uma boa respiração e exercícios de meditação regularizando o seu sono.

É importante cuidar dos cabelos com produtos de qualidade que são encontrados no blog, mas nada substitui o especialista. Nem sempre os produtos ditos naturais podem ser usados por qualquer pessoa, existem casos em que o organismo é sensível aquele componente natural.

Essas foram as dicas de como tratar e prevenir a calvície em casa sem precisar gastar muito. Deixe nos comentários suas experiências e compartilhe conosco caso tenha algum resultado ou saiba alguma outra técnica. Nos vemos na próxima. Até mais!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close