Você sabe quais são as reais causas da calvície? Conheça aqui

É natural que as pessoas se preocupem com o estado de seu cabelo, principalmente se houver a possibilidade de se tornar carecas. Não apenas nos homens, mais afetados no assunto da calvície, mas mulheres também sofrem com a queda de cabelo e, por isso, possuem a mesma preocupação. Ainda não existe uma cura definitiva para a infame calvície, porém existe um culpado em comum: As células-tronco nos folículos capilares.

Envelhecimento das células de folículos capilares e a calvície

O envelhecimento progressivo dessas células é o que causa a queda de cabelo, indiferente de ser um envelhecimento natural ou por danos às próprias células. Com tantos tratamentos para combater a calvície, é imaginado que os cientistas já conhecessem melhor o inimigo e descobrissem uma cura.

Entretanto, existem diversas variáveis e a calvície não age da mesma forma em todos, o que dificulta o mapeamento geral e definitivo.

A presença de células-tronco é importante nos folículos capilares porque esse tipo de célula se autorrenova, produzindo mais células tronco e dando origem a outros tipos de células saudáveis. Ou seja, quanto menos células-tronco existir nesses folículos, maiores são as chances de os fios caírem e não crescer novamente. Os fios que sobram ficam mais finos e sensíveis até que os folículos desapareçam de vez.

Você sabe quais são as reais causas da calvície? Conheça aqui

Por que há afinamento do cabelo?

Esse afinamento do cabelo é um sistema de defesa do próprio organismo quando existe falta de nutrientes. Ainda que as células-tronco estejam presentes, falta de minerais como o ferro ou potássio podem colocar o corpo em alerta, fazendo com que o couro cabeludo retenha esses nutrientes e pare de gastá-los na produção de novas células saudáveis.

E mesmo que você mantenha uma dieta saudável e faça exercícios físicos, essas células acabam se degenerando com o tempo, até chegar a uma fase avançada de calvície, normalmente identificada em pessoas idosas.

Também foi identificado que o gene colágeno tipo 17 (COL17A1) é crucial para a capacidade de reprodução das células-tronco presentes no couro cabeludo. Esse gene, assim como as próprias células-tronco, se destroem com o passar do tempo até que não reste o elemento no couro cabeludo da pessoa.

Cientistas estão realizando testes com esses elementos que podem ajudar a elaborar uma estratégia de combate à calvície, focando na preservação do colágeno tipo 17 e renovação de células-tronco. Já foi comprovado que injeções de células-tronco diretamente no couro cabeludo resultam no rejuvenescimento das células e eventual crescimento de um cabelo forte e resistente.

Embora a possível solução continue apenas em laboratório, isso não significa que não existam outras maneiras de lutar contra a queda de cabelo, ou ao menos evitar que  aconteça mais cedo do que o esperado. O primeiro passo é identificar o que está causando a queda de cabelo.

Embora as células-tronco sejam o fator em comum nos casos, nem sempre essa falta é causada pelo mesmo motivo, o que significa que métodos diferentes para lidar esse problema existem.

Ao perceber que o cabelo está caindo em maiores quantidades sem voltar a crescer, vá ao dermatologista imediatamente. A calvície normalmente aparece nas pessoas a partir dos 19/20 anos. Fique atento.

Outras causas de calvície

Uma causa comum da calvície em homens e mulheres é a hereditariedade. Quando a alopecia é herdada geneticamente da família. Se sua família possui um histórico de calvície entre os homens ou mulheres, é importante visitar um especialista para identificar sintomas da calvície.

A calvície também pode ser causada por estresse excessivo, físico e psicológico. Quando uma pessoa fica estressada, a testosterona presente no corpo libera uma enzima chamada di-hidrotestosterona, que ataca os pelos. Níveis constantes de estresse, eventualmente, farão que todos os cabelos caiam, por isso procure fazer exercícios de relaxamento.

Deficiência de ferro, potássio, magnésio e vitaminas A/B/C são prejudiciais à saúde do cabelo. Como mencionado anteriormente, a falta de nutrientes força o corpo a parar de produzir novas células saudáveis com a mesma constância, fazendo com que o cabelo afine até cair. Procure ingerir alimentos ricos nesses nutrientes para manter a nutrição equilibrada no corpo e faça atividades físicas para evitar o acúmulo.

Penteados que forçam o cabelo e produtos de beleza com altas taxas de química são outra causa da calvície. No caso do penteado ou prendedores de cabelo, ocorre um tipo de calvície chamado alopecia de tração. Nesse tipo de alopecia, a força empregada no cabelo com frequência faz com que a raiz enfraqueça e o cabelo caia, sem continuar crescendo naturalmente.

Produtos químicos e estilização de cabelo que exijam equipamentos quentes como chapinhas e modeladores de cachos – babyliss – podem causar irritação na pele e queimaduras. Quando a pele é danificada, o cabelo nunca mais cresce na região, portanto tome muito cuidado.

Secadores de cabelo ligados na temperatura máxima podem danificar o couro cabeludo no mesmo nível, por isso sempre mantenha temperatura média nesses equipamentos.

Ficando atento a esses fatores e se cuidando, é possível evitar a calvície até que encontrem métodos mais eficientes, ou pelo menos até a velhice, quando não se pode evitar mais. O que achou do nosso artigo sobre os causadores da calvície? Deixe sua opinião nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close