Quando a queda de cabelos representa que a sua saúde não vai bem

Os cabelos algumas vezes dão vários sinais de que algo não anda bem com o nosso organismo. Por causa disso, muitos especialistas alertam aos seus pacientes toda vez que seus cabelos estiverem muito fracos, quebradiços ou até mesmo caindo em demasia.

De forma geral, a queda de cabelos é muito comum, pois perdemos cerca de cem fios por dia. Eles podem aparecer no ralo do chuveiro durante o banho ou presos nas escovas de cabelos – o que pode ser considerado normal, uma vez que são substituídos por novos.

Contudo, se os cabelos caem com muita frequência, especialmente quando você acorda e encontra fios no seu travesseiro, talvez seja a hora de você tomar as devidas precauções. Vamos saber mais a seguir:

Cabelos em suas mãos, couro cabeludo doente

Os especialistas sempre recomendam que você faça um teste bem simples para saber se há queda exagerada de cabelos. Basta você passar os dedos e, se houver perda de cinco fios ou mais é sinal de que sua saúde não está indo bem. Não há necessidade de pânico é só consultar seu médico e tudo ficará bem.

Hoje no mundo moderno há a interferência de causas externas como a poluição, vida corrida, que acabam desencadeando estresse.

Quando a queda de cabelos pode representar que a sua saúde não vai bem

Por que os cabelos caem com frequência?

Existem dois fatores que levam a queda exagerada de fios de cabelo, são eles os hormonais e metabólicos.

Fatores metabólicos 1:

É quando os fios de cabelo sofrem carência do hormônio de crescimento ou  como a hipófise, tireoide e suprarrenais. Nessas situações, os cabelos podem enfraquecer por conta da sua ação. Além disso, alterações nas glândulas sexuais como os ovários e os testículos, assim como o fígado, também ocasionam a queda de cabelos.

Há até mesmo um distúrbio endócrino, conhecido como Síndrome do Ovário Policístico, que causa alteração no ciclo hormonal surgimento de cistos no corpo.

Nesse caso, é sempre bom estar atento a todos os sinais de queda de cabelo, pois, muitas vezes, quando já estiver no seu estágio avançado, é muito mais difícil de reverter os efeitos – às vezes, apenas implante de cabelos  resolvem a situação. Por causa disso, sempre faça exames periódicos.

Fatores metabólicos 2:

Outro motivo também frequente de queda de cabelos e a má alimentação e o consumo exagerado de álcool e cigarro.

Para que seus cabelos sempre cresçam mais fortes e saudáveis, o seu corpo precisa de nutrientes essenciais, especialmente as proteínas, pois são elas que constituem boa parte da composição dos fios – a queratina, que dá força e sustentação nos fios, e a melanina, que dá aos fios cor aos seus cabelos.

O nosso organismo precisa de proteínas, de vitaminas, sais minerais e aminoácidos encontrados em diversos alimentos. Se você fizer uma dieta muito rígida poderá ocorrer um enfraquecimento de fios de cabelo. Nutricionistas afirmam que o ferro e as vitaminas do complexo B são os nutrientes mais importantes para a saúde capilar.

O ferro ajuda os outros nutrientes a chegarem aos fios de cabelo, enquanto as vitaminas do complexo B ajudam na produção de queratina nos seus.

Por isso, o consumo de carne, ovos, frutos do mar e leite garantem os nutrientes necessários para o seu corpo manter o bom funcionamento, ajudando a prevenir a queda de cabelos.

Além disso, existem doenças autoimunes que também afetam diretamente no metabolismo do seu corpo, levando assim à queda de cabelo, como lúpus, artrite reumatoide e a tireoidite de Hashimoto (crônica).

A queda de cabelos ainda pode ser causada por fungos no corpo, como o Microsporum sp e Trycophyton spp. Nesses casos, podem ser resolvidos com o uso de antifungos no corpo.

Outras causas

Motivos emocionais também são indicativos que  fazem com que fios de cabelo caiam com mais frequência. Uma delas, conhecida como alopecia areata, faz com que pequenas áreas fiquem abertas pela cabeça. É um processo inflamatório que até hoje não se sabe a causa, mas que fatores emocionais acabam facilitando no aparecimento da doença.

Nesse caso, o cabelo crescerá naturalmente, e há tratamentos que ajudam na recuperação de cabelos.. Por afetar a autoestima, é constatado que a alopecia tem uma ligação com o lado psicológico das pessoas.

Além disso, depressão e outras enfermidades psicológicas passam por tratamentos que interferem na nutrição dos fios, o que impedem a entrada de vários nutrientes nos folículos capilares.

Buscamos sempre informá-los da necessidade de visitar o médico periodicamente, para manter o check-up em dia, evitando assim, transtornos maiores para a sua saúde, exames laboratoriais ajudaram seu médico a entender que nutrientes estão faltando em seu organismo e compor uma dieta rica para que a falta desses nutrientes não venham ocasionar uma futura calvície.

Procurem sempre acessar o blog, pois lá, com certeza vocês encontrarão informações de qualidade, além de uma gama de produtos para cuidarem dos cabelos.

Gostou do nosso artigo? Que tal comentar para nós o que achou? Deixe o seu comentário logo abaixo e até breve, com mais dicas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close