Tireoide e queda de cabelos: pode haver influência?

Você sabe o que é tireoide? Será que ela pode influenciar a queda de cabelos? Nesse artigo falaremos tudo sobre a relação entre tireoide e queda de cabelos.Tireoide e queda de cabelos: pode haver influência?

Tireoide

A tireoide é uma glândula que regula a função de órgãos como o coração, fígado, cérebro e rins. Ela produz os hormônios triiodotironina e tiroxina. Dessa maneira, garante o equilíbrio do organismo. A tireoide tem forma de borboleta e está localizada na parte anterior do pescoço abaixo do Pomo de Adão.

Atuando diretamente no desenvolvimento e no crescimento de crianças e adolescentes, na fertilidade, peso, memória, a tireoide também age na regulação dos ciclos menstruais, no humor, concentração e concentração.

Quando a tireoide não funciona de forma correta, ela pode liberar hormônios em quantidades insuficientes (hipotireoidismo) ou em excesso (hipertireoidismo). Nos dois casos o volume da glândula aumenta e esses problemas podem acontecer em qualquer etapa da vida e o seu diagnóstico é simples.

Os sinais e os sintomas de hipertireoidismo e hipotireoidismo são:

  • Hipertireoidismo: olhos irritados, saltados e causando desconforto, agitação, insônia, irritabilidade, palpitação, nervosismo, sensação de calor, perda de peso mesmo com aumento de apetite e suor em excesso;
  • Hipotireoidismo: ganho de peso, cansaço, inchaço, desanimo, sonolência, constipação ou intestino preso, aumento ou dor na região anterior do pescoço, falta de libido, ausência ou atraso da menstruação e infertilidade.
  • Outros tipos de doenças na tireoide são: nódulos e bócio benignos (não cancerigeno) e câncer;
  • Alguns distúrbios da tireoide que são comuns: carcinoma anaplasico da tireoide, neoplasia endócrina múltipla, tireoide subaguda, doença de Hashimoto (tireoide crônica ou autoimune), bócio nodular tóxico, carcinoma papilar da tireoide, bócio congênito, tireoidite silenciosa e carcinoma da tireoide medular.

Como a tireoide sofre com uma série de doenças, muitas vezes, silenciosas, é muito importante acrescentar aos exames de rotina a dosagem dos hormônios tireoidianos e TSH.

Os exames para a tireoide são:

  • de sangue para medir os niveis de TSH e hormônios tireoidianos;
  • exame de imagem para verificar o tamanho e se há presença de nódulos, cintilografia, punção aspirativa por agulha fina e biópsia.O tratamento da doença de tireoide pode depender do tipo da disfunção, podendo incluir apenas o acompanhamento clínico, assim como a utilização de medicamentos de forma contínua, cirurgia ou a iodoterapia.

Queda capilar

Normalmente perdemos cerca de 50 a 100 fios por dia, mas quando a queda é excessiva, precisamos prestar atenção e imediatamente ir a um médico. Muitas vezes a queda não é sinal de alarme, mas é muito importante verificar qual é a causa e se há relação entre os problemas da tireoide e queda de cabelos.

O profissional mais adequado para lhe auxiliar sobre qual o melhor tratamento para o seu caso de tireoide e queda de cabelos é o endocrinologista que fará um diagnostico e confirmará a causa principal da queda. Normalmente, o tratamento do problema relacionando àtireoide e queda de cabelos é feito com a suplementação de iodo. Mas, lembre-se de que não é adequado se automedicar, pois isso pode piorar a sua situação.

Relação entre a tireoide e queda de cabelos

Como os hormônios tireoidianos são responsáveis pela velocidade de produção dos fios e pelo metabolismo, há problemas relacionando a tireoide e queda de cabelos afetando diretamente a vitalidade dos fios. Tanto o hipertireoidismo quanto o hipotireoidismo podem resultar em fios fracos, opacos, finos, secos, descoloridos e tendendo a queda.

As mudanças nos cabelos causadas pela relação entre tireoide e queda de cabelos, tendem a ser transitórias, com melhora gradual que ocorre após o inicio do tratamento do problema envolvendo tireoide ou seus hormônios. Assim que forem detectados os problemas tireoidianos, mais rápida é a recuperação e para isso é preciso consultar um médico profissional para diagnosticar e orientar sobre o melhor tratamento para o seu caso.

Além de seguir a orientação de seu médico também é recomendado melhorar a sua alimentação. Independentemente se você possui algum problema de saúde ou não, é muito importante melhorar a sua alimentação, principalmente se você é um paciente que sofreu com a tireoide e queda de cabelos.

Dado que o descontrole hormonal diminui a capacidade do nosso organismo de adquirir os nutrientes de alta qualidade, o mais adequado é seguir uma dieta completa e balanceada. É preciso eliminar alimentos inflamatórios e tóxicos que pioram os sintomas causados pela tireoide, assim como lácteos, glúten e alimentos alterados geneticamente como a soja, milho e alguns vegetais.

Também é necessário aumentar o consumo de água no seu dia a dia, pois ela ajuda a manter a saúde dos seus cabelos. Também é muito importante evitar elementos de calor, como o secador e a chapinha, pois são grandes inimigos dos nossos fios capilares, principalmente quando se está sofrendo com a tireoide e queda de cabelos, pois os mesmos afetam as estruturas dos fios e diminuem as suas forças, consequentemente causando a quebra dos fios e a sua queda.

Gostou do artigo sobre tireoide e queda de cabelos? Deixe o seu comentário e continue acompanhando o nosso blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close