Qual o melhor tratamento de alopecia: transplante ou medicamentos?

Comumente conhecida como calvície, alopecia é uma doença que é caracterizada pela perda repentina dos cabelos do corpo, especialmente do couro capilar. Muitas pessoas sofrem desse mal, principalmente os homens. Se você faz parte desse grupo, confira as informações e as dicas que separamos para que você escolha o melhor tratamento de alopecia.

Qual o melhor tratamento de alopecia: transplante ou medicamentos?

Os tipos de alopecia e as principais causas

Antes de sair em busca do tratamento mais eficaz para combater a sua calvície ou a perda de pelos corporais, é importante que você conheça bem essa doença e também as suas causas, pois é certo que o tratamento precisa ser realizado de acordo com os sintomas. Os tipos existentes são:

Androgenética: popularmente conhecida como calvície e mais frequente em homens. Tem sua causa em fatores genéticos, também relacionada à taxa de testosterona na corrente sanguínea;

Traumática: ocorre quando há um forte atrito contras os fios e o couro ou por traumatismos na cabeça;

Seborreica: tem sua causa na dermatite. Pode ser tratada com o uso de medicamentos;

Areata: tem sua causa associada ao sistema emocional e a fatores autoimunes;

O melhor tratamento de alopecia

O primeiro passo para começar a tratar a alopecia é realizar uma consulta com um dermatologista para que seja possível identificar as causas reais da queda de cabelo e assim seja direcionado o melhor tratamento de alopecia.

Existem diversas opções terapêuticas, como o uso de medicamentos orais ou tópicos, assim como o uso de alguns produtos cosméticos que impedem a queda de cabelos, conheça alguns mais comuns.

– Corticosteroides:

Mesmo com poucos casos bem sucedidos registrados, o corticosteroide é considerado uma boa opção de tratamento contra a queda de fios. Ele pode ser aplicado através de injeções, pelo próprio dermatologista ou de um creme que o próprio paciente aplica. Também pode ser ingerido em forma de pílulas.

Porém, a queda dos fios acontece apenas durante o período de uso, além disso, há ocorrência de graves efeitos colaterais.

– Minoxidil:

Muito utilizado para potencializar o crescimento de fios. Pode ser aplicado tanto no couro cabeludo, como nas sobrancelhas ou na barba.

Também possui alguns leves efeitos colaterais mínimos, e para a queda de cabelo excessiva não traz eficácia.

– Finasterida:

Age principalmente estimulando o crescimento de fios nas áreas do meio e da coroa, não tendo o mesmo resultado nas áreas da frente e nas entradas. Utilizado na forma oral ou tópica.

– Vitaminas:

As vitaminas são essenciais para o bom crescimento e fortalecimento dos fios capilares. Algumas são fundamentais, sendo o caso da vitamina B. Já a vitamina A, se não for ingerida na quantidade ideal ao corpo, pode causar a queda de cabelo. Sem falar na vitamina E, responsável por melhor a textura dos fios.

– Fitoterápicos:

As plantas e ervas medicinais também exercem grande poder contra a alopecia. É o caso do alecrim, bastante utilizado em shampoos, condicionadores e outros cosméticos para cabelo, que ajuda no combate a caspa, além da prevenção da queda de cabelo.

Existem também alguns outros tratamentos bem específicos, que podem ser caracterizados como o melhor tratamento de alopecia, é o caso da intradermoterapia – procedimento realizado por via subcutânea, também conhecido como mesoterapia, onde são aplicados através de microagulhas, diretamente na raiz folicular capilar vitaminas e medicamentos que auxiliam o crescimento capilar.

-Carboxiterapia:  técnica realizada através da injeção de gás carbônico medicinal no couro cabeludo, ajudando no estímulo do crescimento dos fios da raiz, por exemplo.

Outra opção possível para obter o melhor tratamento de alopecia são os já bastante conhecidos transplantes capilares. Como escolher a melhor opção em meio a tantas?

Com o avanço da tecnologia é possível além de conhecer e testar varias opções, também os resultados provados são os melhores possíveis, por isso é importante pesquisar bem, e conhecer cada procedimento, atentando sempre aos riscos e não só nos resultados para que se possa escolher o melhor tratamento de alopecia.

Primeiramente é importante entender (se houver) a diferença entre transplante e implante capilar e qual pode ser a melhor opção para você.

É comum o uso de ambos os termos como sinônimos, mas o uso técnico correto é transplante capilar. O uso do termo implante é usado apenas ao se referir a transplante de folículos capilares.

Os tipos (ou técnicas) de transplante capilar

Existem dois grandes métodos mais conhecidos de transplante capilar:

O primeiro é conhecido com Follicular Unit Transplantation (FUT – Transplante de Unidade Folicular).

Esse procedimento é feito através da retirada de uma faixa do couro cabeludo do doador, selecionando assim as unidades foliculares que “serão implantadas em pequenos orifícios feitos na área receptora”.

Algumas das principais vantagens em se escolher esse método é o preço, sendo um processo barato, quando comparado a outros. O procedimento também é bem rápido, além disso, o risco de danificar a unidade folicular é menor.

O segundo método, é o Follicular Unit Extraction (FUE – Extração de Unidade Folicular). Método que vem ganhando bastante popularidade. Procedimento responsável por retirar as unidades foliculares individualmente, diretamente do couro cabeludo.

Nessa técnica, diferente da primeira, a extração das unidades foliculares é realizada por um robô, aumentando a precisão e a qualidade da mesma.

Os pontos positivos desse processo é que a cicatriz fica imperceptível, a recuperação é bem mais rápida.

Há também uma terceira opção de método para transplante capilar, que é através de laser, porém, essa é considerada ainda uma técnica inferior, pois o uso do laser na abertura dos furos, para a inserção dos fios, acaba queimando os tecidos, causando maior perda de folículos.

Conclusão sobre o melhor tratamento de alopecia

E então? Qual desses métodos você mais se identificou e qual você acha o melhor método de alopecia? Você prefere os procedimentos de transplante capilar ou o uso de medicamentos para combater a queda dos fios? Deixei seu comentário e nos conte a sua experiência no combate a tão indesejada queda dos fios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close