Calvície e alimentação: Quais os 3 alimentos que você não deve consumir

Existe relação entre calvície e alimentação? À primeira vista podemos até pensar que não, entretanto, há sim, relação entre elas. E é fácil perceber isso quando paramos para refletir que uma alimentação desregrada é um dos fatores frequentes para o surgimento ou para o aumento da calvície.

Consequentemente, há muitos alimentos que devem ser evitados ou mesmo cortados completamente da dieta de quem sofre desse mal, ao mesmo tempo também que há alguns alimentos que devem ser consumidos na tentativa de minimizar o problema.

E esse é, portanto, o tema do texto de hoje. Calvície e alimentação: quais os três alimentos que você não deve consumir. Então, vamos conversar?

Calvície e alimentação: Quais os 3 alimentos que você não deve consumir

Precisa de resultados rápidos?

Caso você já sofra com problema de calvície, está disposto a mudar os hábitos alimentares e de vida, mas precisa de resultados rápidos, uma ótima solução é usar maquiagens capilares Jet Hair, que é um dos melhores produtos pensados e desenvolvidos especialmente para o couro cabeludo que é o mais bem colocado em rankings de produtos voltados à saúde e beleza dos fios de cabelos.

Uma das melhores características das maquiagens de cabelos Jet Hair é que esse produto é 100% brasileiro, pensado especificamente para um público específico e suas necessidades, o que se traduz em uma ótima relação custo-benefício.

Calvície e alimentação: quais os três alimentos que você não deve consumir

Agora, voltando à relação calvície e alimentação: quais os três alimentos que você não deve consumir, vamos fazer uma lista dos alimentos que devem ser evitados ou, se possível, completamente eliminados da sua dieta. E, por fim, uma pequena lista com alimentos que deveriam ser consumidos para amenizar a calvície.

Sabemos que não existem estudos acadêmicos conclusivos sobre a relação calvície e alimentação, contudo, é possível perceber que alguns alimentos podem gerar problemas de acordo com a resposta do corpo a eles, ou que, pelos mesmos motivos, podem ajudar o organismo a se reestruturar positivamente.

Alimentos a serem evitados

Carboidratos

Os carboidratos são transformados em açúcar no corpo humano e, como se sabe, esses alimentos são um dos principais inimigos da nossa saúde e, por consequência, dos nossos cabelos.

E por que isso? Bem, porque o excesso de açúcar pode provocar picos glicêmicos no sangue, desregulando, assim, a insulina no corpo, e já existem alguns trabalhos acadêmicos que ligam essa desregulação da insulina à calvície.

Cafeína

Outro vilão da nossa saúde, pois estimula o sistema nervoso e está presente em cafés, chás, refrigerantes, chocolates e energéticos, entre outros produtos.

O consumo demasiado da cafeína altera os ciclos de sono que podem gerar estresse e que é um dos maiores fatores causadores da calvície.

Adoçantes com Aspartame

Não há um consenso entre os cientistas, contudo, existem alguns trabalhos acadêmicos internacionais que ligam o consumo do aspartame à queda dos cabelos e até mesmo ao surgimento de câncer e leucemia em seus consumidores.

Alimentos que ajudam a combater a calvície

Da mesma forma que existem os alimentos inimigos dos cabelos, existem também os que são amigos e vão ajudar a combater esse problema comum, principalmente, em boa parte dos homens.

Verduras

Esses alimentos possuem um alto teor de ferro, substância que estimula o crescimento dos cabelos. Quanto mais escuro for o tom de verde das verduras, maior o seu potencial de ajuda, pois contêm mais ferro

Proteínas

Os fios de cabelos são constituídos basicamente por proteínas, por isso o consumo de alimentos ricos nessa substância estimula os fios a crescerem bastante e com saúde.

Para manter os níveis satisfatórios de queratina do couro cabeludo vale ingerir carnes vermelhas, frango, peixes e ovos.

Vitaminas e minerais

Assim como o nosso corpo em geral precisa de vitaminas e minerais para se manter saudável, o couro cabeludo também precisa dessas substâncias para ter saúde, pois elas são as principais atuantes na relação calvície e alimentação.

Em relação aos minerais, além do ferro que falamos anteriormente, também são fundamentais o selênio, o cobre e o zinco que podem ser encontrados em alimentos como carnes – vermelha ou branca -, ostras, fígado, crustáceos, moluscos, cereais integrais, cebolas e alho, por exemplo.

Já as vitaminas, principalmente a vitamina A, vitaminas do complexo B, vitaminas D, E, F e H, podem ser encontradas, por exemplo, nos seguintes alimentos: leites, germe de trigo, ervilhas, frutas cítricas, salmão e sardinhas.

Aveia

A aveia é um alimento indispensável em qualquer alimentação saudável e, na relação calvície e alimentação, é extremamente importante, pois, além de conter proteínas, vitaminas, fibras e carboidratos, ainda é rica em magnésio. Todas essas substâncias juntas ajudam na saúde e beleza dos fios de cabelos, além da pele e das unhas.

Esses foram os principais alimentos que listamos para que você entenda a relação entre calvície e alimentação, que consideramos nesse texto. E então, o que achou deles? Tem algum outro que você conhece? Deixe seu comentário abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Busca

Recentes

Arquivos


Close