Mesoterapia capilar e calvície: como é o tratamento?

A alopecia androgenética, ou calvície, é uma condição hormonal e genética que afeta homens e mulheres de todas as idades e causa a perda parcial ou até mesmo total dos cabelos.

Essa condição, que afeta a força e a saúde dos fios e do couro cabeludo, é extremamente frequente, principalmente entre homens acima dos 18 anos e que apresentem histórico de calvície na família.

O fato de a alopecia ser assim tão comum na população aumenta a procura, e por consequência, o desenvolvimento e o estudo de novos tratamentos.

Um desses tratamentos em específico vem atraindo interesse e curiosidade: a mesoterapia.

Já ouviu falar desse procedimento? Acompanhe todos os detalhes a partir de agora!Mesoterapia capilar e calvície: como é o tratamento?

O que é mesoterapia capilar?

A mesoterapia, também conhecida como intradermoterapia, é uma técnica criada em 1976 pelo médico francês Michel Pistor. No caso da mesoterapia capilar, o procedimento consiste na aplicação de medicamentos e compostos ativos na pele, na área afetada pela calvície, pela aplicação de injeções.

Esse tratamento também é proposto para tratar desde alergias até dores articulares.

Apenas recentemente a mesoterapia tem sido considerada como opção de tratamento para condições estéticas, que incluem, além da calvície, da gordura localizada, do envelhecimento, problemas de pele em geral e da celulite.

A procura por mesoterapia capilar tem crescido bastante; porém, é preciso analisar mais atentamente o papel desse novo procedimento no tratamento da calvície.

Continue sua leitura para entender as particularidades desse procedimento.

Alopecia e mesoterapia

A primeira questão a ser considerada é que o uso da mesoterapia capilar para o tratamento de calvície é um procedimento relativamente novo, por isso, faltam registros médicos e estudos oficiais pelos quais se orientar.

É difícil determinar, por exemplo, quais ativos devem ser usados, em que quantidade, quando e como devem ser aplicados e quais os possíveis efeitos colaterais.

Em contrapartida, são muitos os anúncios publicitários e fornecedores de coquetéis de produtos para injeções desse tratamento.

Estes anúncios afirmam conter agentes homeopáticos, extratos naturais de plantas, óleos exóticos, e até mesmo medicamentos, como a finasterida e o minoxidil, e aconselham que o produto seja injetado nas áreas afetadas pela calvície em intervalos de duas a quatro semanas.

Fórmulas como essa exigem uma análise mais atenta do consumidor, pois de todos os componentes que o fornecedor oferece, apenas minoxidil e finasterida são medicamentos com eficiência comprovada no tratamento de alopecia.

E mesmo assim, a aplicação do minoxidil é feito de maneira superficial e externa, e a finasterida é ingerida via oral, e não há nenhum tipo de garantia que estes medicamentos venham a fazer efeito se aplicados de outra forma.

Estudos e pesquisas sobre mesoterapia capilar

São poucos os registros médicos oficiais sobre os efeitos da mesoterapia no tratamento da calvície, e os poucos artigos existentes relatam muito mais os efeitos prejudiciais do que os benefícios dessa técnica.

Por ser um procedimento invasivo, geralmente realizado com seringas ou até mesmo máquinas de tatuagem para a aplicação dos medicamentos, podem ocorrer irritações, inchaços, alergias, vermelhidão ou infecções na área da aplicação.

Além disso, a mesoterapia capilar só seria teoricamente eficiente nos estágios iniciais da calvície, pois a alopecia em estágios mais avançados não responderia aos estímulos desse tratamento.

Legalidade do tratamento

Outro fator extremamente importante a ser levado em conta quando considerando a mesoterapia é que esse método não é oficialmente reconhecido como tratamento para calvície nem pela ANVISA nem pela agência americana FDA.

Até hoje, o transplante capilar é o único procedimento invasivo a ser reconhecido como parte do tratamento para alopecia androgenética.

Assim, não só a mesoterapia capilar como qualquer outro procedimento que envolva injeções ou cortes e que esteja relacionado ao tratamento de calvície pode ser considerado de procedência duvidosa.

Observações finais sobre mesoterapia capilar

Apesar de sua popularidade e recente divulgação na mídia, a mesoterapia capilar não pode ainda ser considerado um método eficaz e seguro no tratamento contra a calvície.

A falta de registros médicos oficiais e estudos sobre esse método, somados ao excesso de  relatos sobre efeitos colaterais negativos e ineficiência, tornam esse um tratamento não recomendável ao público.

Mas se você procura um tratamento eficaz e seguro para a alopecia androgenética, isso não é motivo para desânimo.

São inúmeros os procedimentos médicos com eficácia cientificamente comprovada que podem prevenir a perda dos fios e recuperar os que já foram afetados, além de garantir a sua saúde capilar de maneira geral.

Para obter o tratamento ideal, é necessário a consulta de um especialista, que analisa as particularidades de cada caso de calvície e determina o melhor tratamento para cada um.

E você, já teve alguma experiência com a mesoterapia capilar? Quais foram os resultados? Conhece algum tratamento alternativo para a calvície que queira mais informações sobre? Deixe sua opinião nos comentários e continue acompanhando nosso blog. Sempre com o melhor conteúdo sobre calvície e saúde capilar para você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close