Quais são os tipos de calvície?

Nos últimos anos, na internet, se observou o aumento de pesquisa sobre quais são os tipos de calvície existentes. Há aproximadamente 321 mil pesquisas postadas nas redes sobre o assunto mencionado. Isso significa que a população está à procura de respostas para tratamentos para calvície, mas, para isso, é preciso saber quais são os tipos de calvície. E é exatamente sobre isso que vamos falar no texto de hoje.  Quer saber mais sobre quais são os tipos de calvície? Então venha!

Quais são os tipos de calvície?

Qual a importância dos cabelos?

Os cabelos, além de responsáveis pela “moldura” do nosso rosto e dar aquela toque especial na hora de sair por aí arrasando e surpreendendo todos, também servem para a proteção da pele do couro cabeludo. Sabia disso? Interessante, não é? Mas temos mais coisas interessantes para saber sobre nossas queridas madeixas. Continue com a gente.

Os cabelos agem como um filtro natural para a pele de nossa cabeça, protegendo não somente dos raios UV emitidos pelo sol como também servindo para a proteção de possíveis lesões que possam afetar diretamente os bulbos capilares. Em um acidente, por exemplo, pode ocorrer na cicatrização das raízes da área afetada, que ela não volte a produzir nunca mais os fios de cabelo.

Para conhecimento, um adulto saudável tem aproximadamente entre 100 e 150 mil fios de cabelo.

Ciclos dos fios

Antes de entender e nomear quais são os tipos de calvície, é preciso entender sobre seu ciclo. Sabe-se que por dia, em um adulto normal, há a possibilidade de que caiam entre 100 e 130 fios, o que é supernormal considerando seus ciclos.

Mas, por que isso ocorre? Observando o bulbo capilar foi possível entender o porquê de alguns cabelos se desprendem da raiz e caíram, enquanto outros nascem. O que queremos dizer é que cada bulbo capilar trabalha de forma independente.

Mantendo esse equilíbrio, a única coisa que pode afetar seu ciclo normal são os mais variados fatores que são capazes de alterar seu crescimento e também provocar problemas como a queda de cabelo – e até mesmo calvície. Mas, afinal, quais são os tipos de calvície? Preparamos uma pequena listagem, acompanhe.

Quais são os tipos de calvície?

Alopecia areata

Dentro de nossa temática, saber quais os tipos de calvície é essencial até mesmo para você que está preocupado ou não com alterações no ciclo de seus fios. E alopecia areata é um das mais comuns.

Ela é causada por questões relacionadas ao psicológico; estresse e depressão são os principais causadores desse tipo de problema. Sua característica é de falhas arredondadas em várias partes do couro cabeludo, esse tipo de calvície afeta mais homens que mulheres, e, em muitos casos, ela é irreversível.

O ideal é que ao perceber o problema, deve-se procurar imediatamente um médico para que aumente as chances de cura.

Calvície androgenética

Esse tipo de calvície é mais comum em homens. Por volta dos 23 anos de idade, ela começa a se manifestar. Infelizmente, é um problema que é passado pela carga genética dos pais. A calvície androgenética quando tratada cedo, pode retardar o processo da queda de cabelo, porém, especialistas afirmam que na maioria dos casos não é possível uma reversão considerável do problema.

Alopecia difusa ou eflúvio telógeno

A característica principal desse tipo de calvície é a queda brusca de cabelo, ou seja, total em pouco tempo. A queda de cabelo relacionada a esse tipo de calvície geralmente se dá pelo uso de medicamentos em tratamentos de doenças. Existem três principais causas:

  • Endócrinas: aquela que ocorre em razão da alteração na produção de hormônios;
  • Medicamentosa: queda de cabelo provocada pela ingestão de determinados medicamentos; e
  • Nutricional e metabólica: neste caso, a queda de cabelo ocorre pela falta de nutrientes essenciais. Neste caso, os cabelos tornam-se secos e finos e quebram com muita facilidade.

Como evitar a calvície?

Agora que descobrimos quais são os tipos de calvície, vamos falar sobre como evitar esse problema. Como já foram citados acima, alguns tipos de calvície quando esta se encontra em estado avançado não é possível – nem com tratamento específico – fazer com que os bulbos voltem a produzi-los novamente, sendo possível, no tratamento, melhorar as espessura dos fios e aumentar a velocidade do crescimento.

Então, quais são os tipos de calvície que podem ser reversíveis? A areata pode ser resolvida com tratamentos. Já a calvície do tipo dufusa ou eflúvio telógeno, ocorre que os cabelos voltam a crescer normalmente quando o tratamento acaba (quando se trata do tratamento parta câncer, depressão etc.). Em outros casos, aumentar a ingestão de nutrientes necessários ao corpo faz com que os cabelos voltem ao equilíbrio de seu ciclo.

Antes de qualquer coisa, é necessário que, ao perceber qualquer alteração nos fios – como queda constante e/ou fora do normal; espessura dos fios, que vão ficando mais finos; e até mesmo aquelas famosas entradas na parte frontal da cabeça, com falhas de cabelo incomuns – é preciso procurar um médico especialista, como um dermatologista, para que oriente e indique o melhor tratamento a ser feito para seu problema. Afinal, de nada ajuda saber quais são os tipos de calvície, se os cuidados necessários não forem feitos, não é mesmo?

Nossa equipe agradece sua leitura de hoje sobre quais são as causas da calvície. Esperamos que tenham gostado. Ficou com dúvidas? Deixe sua pergunta para nós.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Busca

Recentes

Arquivos


Close