6 danos da água do mar aos cabelos

A praia e a água do mar trazem benefícios, mas também vários danos aos cabelos.

Quando não se tomam os devidos cuidados, os danos tendem a ser maiores e afetar sobremaneira a saúde dos fios de cabelos, podendo provocar várias situações de risco para manter cabelos bonitos, fortes e saudáveis.

Neste artigo, vamos abordar sobre 6 danos da água do mar aos cabelos e medidas a serem adotadas para reduzir os efeitos desses danos.

6 danos da água do mar aos cabelos

6 danos da água do mar aos cabelos

1.      Ressecamento dos fios

Os danos da água do mar aos cabelos têm destaque ao contribuir para o ressecamento dos fios ao entrar em contato com a água salgada do mar.

O cloreto de sódio presente na água provoca a abertura das cutículas capilares e mantém os fios com maior porosidade, gerando perda de sua umidade e assim ocasionando maior aspereza, menor brilho e que se torne mais seco.

2.      Prejuízos a quem possui escova progressiva

Outro dos danos da água do mar aos cabelos se relaciona a fios que possuem tratamento de escovas progressivas.

Isso ocorre porque mais uma vez o cloreto de sódio funciona como um fator de limpeza e um agente que excluir tudo aquilo que não seja natural a formação dos fios.

Esse processo elimina a existência de escovas progressivas e faz com que os fios retornem a sua configuração original.

3.      Afetam cabelos com tingimentos

Os danos da água do mar aos cabelos que tenham tingimento também são grandes pela ação da água do mar.

Pela mesma razão em que atuam sobre escovas progressivas, o sódio existente na água do mar elimina tintas e demais agentes usados para a mudança dos fios de maneira não natural.

Assim a perda da tintura ocorre de maneira mais intensa e rápida, devendo ser utilizados cuidados para minimizar esse efeito, através do uso de produtos de qualidade assegurada e manter a hidratação constante dos cabelos.

4.      Aumento de frizz

Com grande concentração de cloreto de sódio, sulfatos, magnésio e outros minerais ocorrem danos da água do mar aos cabelos.

Por sua grande existência ocorre um processo químico de aumento da condição de interação entre a formação molecular dos fios e esses compostos, isso contribui para o surgimento em maior quantidade de frizz nos fios.

Por isso, os cabelos se apresentam mais embaraçados e enrolados quando se expõe a água do mar.

5.      Deixa os cabelos mais secos

A ação do sal sobre os fios aumenta a atração da água do interior dos fios para a sua superfície.

Com esse fenômeno, ocorre uma redução da hidratação dos cabelos em seu interior o que facilita que se tornem quebradiços e enfraquecidos. Os cabelos se tornam ressecados e com menos volume.

6.      Desgastar as fibras

Também o contato com a areia da praia provoca danos da água do mar aos cabelos, pois os cristais de sal da água em contato com a areia aumentam o desgaste das fibras.

Esse processo provoca sérios danos aos fios pois geram atrito entre eles, o que provoca desgastes de maneira acentuada.

Dicas de prevenção

Agora você deve se preocupar com as idas à praia, mas calma, há recursos que podem ser usados para minimizar os danos e assim manter a segurança de seus cabelos ao frequentar sua praia favorita.

Prevenir danos da água do mar aos cabelos é a melhor forma de minimizar os estragos causados pela exposição a esse elemento da natureza e manter em dia seus hábitos praianos.

Então vamos a relação de alguns cuidados para minimizar os riscos:

  • Lave muito bem e constantemente seus cabelos;
  • Efetue hidratação rotineira dos fios;
  • Utilize uma ducha de água doce, logo após o banho de mar;
  • Use xampus e produtos de limpeza de boa qualidade;
  • Reduza a exposição aos agentes ambientais;
  • De preferência a usar cabelos presos para evitar que embaracem;
  • Evite contato dos fios com a areia da praia;
  • Use pentes de madeira e com destes largos para evitar a fricção dos fios;
  • Deixe os cabelos secar ao vento da praia;
  • Proteja os cabelos da ação do sol.

Conclusão sobre danos da água do mar aos cabelos

Diversos danos da água do mar aos cabelos podem ser observados principalmente quando ocorre um maior tempo de exposição dos fios ao ambiente praiano.

O resultado são fios com maior aspereza e quebradiços, por seus enfraquecimentos.

No entanto, é possível reduzir esses danos adotando-se cuidados de limpeza, hidratação e uso de produtos de qualidade para tratar os fios de cabelos; além de reduzir a exposição à água salgada e a ações do tempo na praia.

Além disso, existem pessoas para quem o surgimento da calvície já vem ocorrendo e desejam cobrir essas falhas no couro cabeludo; nesses casos, é indicada aplicação de maquiagem capilar, mesmo ao frequentar sua praia favorita.

Jet Hair é uma maquiagem capilar de comprovada eficácia e muita qualidade, sendo autorizada pela Anvisa e cumpre o papel de disfarçar as falhas existentes de fios no couro cabeludo. Deixe sua opinião sobre os danos da água do mar aos cabelos a seguir e até a próxima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Busca

Recentes

Arquivos


Close