Low Poo e calvície: qual a relação?

O tratamento dos cabelos era feito a partir de um ritual muito comum: o uso de xampu e condicionador. Disseminado por todas as populações e usado por inúmeras gerações, essa relação sempre foi perfeita para manter o cabelo saudável e com um bom aspecto. Porém, atualmente, surgiram alguns movimentos contra essa dupla imbatível. O “Low Poo”, como é chamado, é um movimento contra o uso exagerado de xampus na hora da lavagem dos cabelos. Isso surgiu a partir do reconhecimento de componentes que podem ressecar de forma excessiva os fios e causar inúmeros danos às madeixas. Porém, qual a relação do Low Poo e calvície? Veja, a seguir, tudo sobre esses dois lados.

Low Poo e calvície qual a relação

Low Poo: como, por que e onde surgiu

Como o próprio nome traduzido já diz, esse movimento visa a diminuição do uso de xampus na hora de lavagem dos cabelos. Ele foi criado nos Estados Unidos a partir de um best-seller de uma cabeleireira chamada Lorraine Massey. E ganhou ainda mais força por mulheres de cabelos cacheados do mundo inteiro.

As técnicas de limpeza capilar dos xampus atuais têm compostos químicos de sulfato, álcool, parafina e parabenos. Existem até outros elementos ainda mais pesados, que podem agredir nossos fios e a saúde. Entretanto, há uma relação entre o Low Poo e calvície. E você vai descobrir qual, a partir de agora.

Riscos dessa técnica

Os xampus são desenvolvidos para limpar as impurezas presentes no cabelo e couro cabeludo. Seus componentes, que às vezes possuem reagentes muito fortes, causam ressecamento dos fios e os deixam danificados e quebradiços. A aparência fica com aspecto ruim e incomoda quem está com esse problema.

Porém, esse é o único produto que trata dos transtornos causados por impurezas. A poluição, sujeira externa, excesso de sebo e oleosidade atingem muito à região do couro cabeludo. Se não for higienizado de forma correta, os termos Low Poo e calvície serão quase sinônimos em seu futuro.

A maior relação entre Low Poo e calvície

A diminuição de xampus causa alguns transtornos da mesma forma que a sua não utilização também gera. No entanto, há um deles que pode reger sua decisão ao cortar ou não esse produto da lista: a calvície. Sim, há ligação entre os dois, que pode de alguma forma fazer você pensar melhor antes de iniciar esse método.

O Low Poo visa somente atender às necessidades nutricionais da extensão do fio de cabelo. Isso se dá, porque a técnica somente trata do cabelo morto – ou seja, o fio que já nasceu e está exposto. O couro cabeludo é deixado em segundo plano. Ou seja, Low Poo e calvície podem estar ligados pelo não tratamento dessa região que leva ao crescimento saudável das madeixas.

Low Poo e queda de cabelo: como agir?

Há pessoas que optam pela técnica mesmo com esses riscos que acabamos de abordar. Porém, existem grandes dúvidas a respeito de  como reagir se houver queda de cabelo. Sobretudo, durante esse processo de cuidados com os fios.

Para evitar tais problemas, os xampus são os únicos responsáveis por tratar desse quadro. E também fazer com que haja crescimento saudável dos fios.

Caso isso ocorra com você, balanceie um pouco do uso de xampus contra queda de cabelos. Nesse caso é indicado que infrinja o método, porque o Low Poo e calvície vão se tornar aliadas para acabar com os seus fios e transformar uma forma de tratamento como um problema gravíssimo.

Indicação de um médico especialista

Esse é um método atual, que surgiu a partir de grandes movimentos para cuidados com o cabelo. Se você quiser iniciar nessa relação de hidratação distinta com os fios, deve procurar um dermatologista para lidar da melhor forma e não ter nenhum problema.

O Low Poo e calvície não podem se tornar aspectos comuns, pois essa técnica surgiu para se aliar aos tratamentos para a fibra capilar. Ela não é uma forma de destruir o cabelo e prejudicá-lo, mas sim de transformá-lo e deixá-lo com uma aparência melhor e mais saudável.

Low Poo para cabelos cacheados e crespos

A maior parte das mulheres que se adaptou a esse novo método tem cabelos cacheados e crespos. Apesar dos possíveis problemas que ele pode levar, quando é mantido de forma correta, pode trazer um ótimo resultado. Principalmente às madeixas cacheadas, pois os xampus são criados e pensados somente em cabelos lisos.

Os componentes presentes nos xampus mais comercializados somente visam pessoas com cabelos lisos naturais. Principalmente no Brasil, a incidência desse tipo de aspecto capilar é mais baixa, o que não condiz com a representatividade do país. Ou seja, essa é uma forma de tratar dos cabelos naturais e trazer à tona toda a sua maneira mais bonita de se apresentar.

Gostou do nosso texto? Sabe mais alguma relação entre Low Poo e calvície? Deixe seu comentário abaixo e se já teve alguma experiência com esse novo método de tratamento capilar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close