Como calvície interfere na vida profissional

A calvície interfere na vida profissional? A princípio não podemos imaginar que haja alguma relação entre a queda de cabelos e as atividades profissionais, entretanto, sim, essa relação existe.

A perda de cabelos pode interferir diretamente na autoestima da pessoa, tendo em vista que eles são a moldura do rosto e qualquer um com baixa autoestima não vai render muito bem em seu ambiente profissional, sendo essa, então, uma das causas em que a calvície interfere na vida profissional.

A calvície, cientificamente conhecida como alopecia androgênica, pode atacar até 50% dos homens e 40% das mulheres acima dos 50 anos, ou seja, é uma condição bastante comum nessa faixa etária e, por isso mesmo, existem poucas informações sobre como a calvície pode interferir na vida profissional.

Cuidar da saúde dos fios de cabelo, portanto, vai muito além de questões estéticas. Ter cabelos bem cuidados não é apenas esteticamente bonito, mas é também uma questão de higiene, de saúde física e ainda acarreta na saúde mental de cada um de nós, pois a perda de cabelos interfere em praticamente todos os aspectos da vida de uma pessoa, inclusive a calvície interfere na vida profissional.Como calvície interfere na vida profissional

Mas, como a calvície interfere na vida profissional?

A calvície pode interferir bastante na vida de quem sofre com esse problema, com consequências graves como impactos nos relacionamentos pessoais e depressão, por exemplo. Com tantos aspectos da vida sendo corroídos pela diminuição da autoestima, consequentemente, a vida profissional também sofrerá perda de dedicação.

Um dos problemas em que a calvície pode interferir na vida profissional é que o sujeito passa a não ter mais segurança de si mesmo, chegando a ter vergonha de sua aparência, a não querer mais interagir com outras pessoas e acaba se isolando cada vez mais, o que poderá trazer graves consequências à sua vida profissional, principalmente se essa pessoa lidar com o público.

Outro fator relativo à aparência em que a calvície interfere na vida profissional é que pessoas que sofrem desse problema parecem ser mais velhas do que realmente são, o que pode levar possíveis empregadores a não contratarem os calvos. Isso pode ferir ainda mais fortemente quem sofre de calvície.

Outros fatores em que a calvície interfere na vida profissional

1. Medo da chacota

Muitas pessoas que têm problemas de calvície são ridicularizadas, isso afeta profundamente a autoestima, é outro motivo para passar a ter medo de interagir com o público que vai afetar a vida profissional da pessoa.

2. Alterações psicológicas

Quanto mais ligado à aparência a pessoa for, maior será o sofrimento dela ao ser afetada pela calvície. Não se acha mais capaz de dar conta dos afazeres de maneira satisfatória, ela passa a ter uma autoimagem negativa, portanto, a calvície interfere na vida profissional, pois quando nos depreciamos, passamos a ser incapazes de executar tarefas com perfeição.

3. Estresse

Uma dos fatores, comprovados, que causam a calvície é o estresse e quando a pessoa se percebe calva, passa a ficar ainda mais estressada com a autoimagem, e também com as consequências negativas dessa condição médica. Isso acaba se tornando um círculo vicioso onde o estresse gera a queda dos cabelos que leva a mais estresse.

Isso vai tirar o foco da pessoa nos seus compromissos profissionais, sendo mais uma das causas em que a calvície interfere na vida profissional.

4. Alterações hormonais

Dependendo do estilo de vida e do trabalho da pessoa, podem ocorrer alterações hormonais que podem resultar na queda constante dos cabelos. Isso vai afetar na saúde do profissional, impactando diretamente na sua eficácia profissional.

5. Diminuição da oferta de trabalho

Como já dissemos acima, a aparência de pessoas calvas pode envelhecer bastante. Para quem está tentando entrar ou voltar ao mercado de trabalho isso pode ser devastador, pois corre maior risco de ser eliminado em seleções de emprego devido à aparência, tornando essa pessoa improdutiva do ponto de vista empregatício.

Para quem já está inserido no mercado, essa aparência envelhecida também pode ter impacto na hora de uma promoção, por exemplo, quando podem perder o posto para alguém de aparência mais jovem.

Por fim, há, sim, formas de amenizar, evitar ou mesmo tratar a calvície. Existem produtos tanto na indústria de cosméticos quanto na indústria farmacêutica para minimizar esse problema tão comum quanto devastador na vida das pessoas.

Por isso, ao notar uma queda acentuada nos cabelos o melhor a fazer é procurar um especialista para indicar os melhores caminhos para o tratamento desse mal.

Além, é claro, dos cuidados diários que todos devemos ter com os nossos cabelos, afinal, eles são, muitas vezes, sinônimos de juventude e beleza que agregam valores tanto pessoais quanto profissionais a cada um de nós.

Essas foram as principais causas em que a calvície interfere na vida profissional que consideramos nesse texto. E então, o que achou delas? Tem alguma outra que você sabe? Deixe seu comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close