Riscos e benefícios de tratamentos para calvície com corticoides

O tratamento com corticoides, há muito tempo, sempre foi usado em diferentes procedimentos na medicina, e hoje vamos descobrir os riscos e benefícios quando este é usado no tratamento para calvície.

Apesar da maioria das pessoas não saber do que se trata, vamos tentar explicar de uma forma sucinta um pouco do que realmente é esse tratamento. Então, acompanhe em nosso texto de hoje o que falaremos sobre tratamento contra calvície com corticoides.

Dentre os vários tratamentos que são utilizados corticoides, daremos ênfase no seu uso para o tratamento da calvície, especificamente. Pois, dermatologistas aprovam, principalmente pelos benefícios e resultados, o que este tipo de tratamento proporciona aos pacientes.Riscos e benefícios de tratamentos para calvície com corticoides

O que são corticoides?

É o nome dado a um grupo de hormônios esteroides que são produzidos pelas glândulas suprarrenais, ou a derivados sintéticos destas. Eles possuem várias ações importantes no organismo e têm um papel de relevo no eletrolítico e na regulação do metabolismo.

Os corticoides são remédios que possuem os mesmos efeitos do cortisol no organismo, hormônio produzido naturalmente pela glândula adrenal. Eles são indicados para combater inflamações ou servem como imunossupressores.

Por conter em sua ação de supressão do organismo, ele é usado no combate das doenças autoimunes. Doenças autoimunes são detectadas quando se percebe que o sistema imunológico ataca erroneamente os tecidos do corpo. Exemplos dessas doenças que são tratadas com corticoide são a Lúpus e a alopecia areata.

Perda de cabelo

Existem diferentes tipos de alopecia, como também podemos chamar a perda de cabelo, e não somente uma como a maioria pensa. Algumas apresentam importantes participações no processo inflamatório e autoimune.

Pois, entre os vários tipos de alopecia estão duas que são consideradas as principais: a alopecia cicatricial e a alopecia areata.

Alopecias cicatriciais são aquelas que ocorrem no couro cabeludo onde os bulbos capilares são substituídos por cicatrizes de forma definitiva.

Ela pode ser primária, quando doenças levam à perda dos fios ou secundária quando se trata de lesões ou traumas. A principal causa das alopecias cicatriciais primaria são as que são causadas por doenças inflamatórias.

E o maior exemplo de alopecia que está associado a alterações no sistema imunológico, é a alopecia areata. Trata-se de uma ação hormonal contra os cabelos levando a queda capilar intensa ocasionando o aparecimento de grandes ou pequenas falhas no couro cabeludo.

Tanto em uma quanto na outra, o tratamento contra calvície com corticoides é utilizado na medicina.

Tratamento contra calvície com corticoides

Injetáveis tópicos, os que são usados no tratamento de calvície, são menos invasivos e apresentam menos riscos à saúde, por se tratarem de procedimentos feitos na superfície da pele, diferentes dos demais tratamentos que são feitos via oral.

No tratamento contra calvície com corticoides, ele age de forma mais superficial no local da aplicação, como citado acima. Sendo, portanto, utilizado em tratamentos de dermatite do couro cabeludo e alopecia cicatricial e areata.

É também indicado para pacientes com problemas de alopecia reata, por pediatras.

Benefícios do tratamento com corticoides

Sabendo que geralmente o tratamento contra calvície com corticoides é mais brando, quando se trata de efeitos colaterais ele pode causar efeitos adversos nos locais das aplicações.

O local onde for feita a aplicação dos corticoides, a pele pode apresentar espessura mais fina e, ao mesmo tempo, pode ocorrer o aparecimento de vermelhidão e também de espinhas.

Essas consequências ocorrem dependendo da dosagem que o local recebeu, a frequência e o tempo das aplicações no tratamento. Outros fatores que podem contribuir para o aparecimento dos efeitos colaterais é a idade do paciente, o método de aplicação e a condição da pele.

Principalmente em crianças que têm a pele mais fina ou podem se machucar facilmente, a ocorrência de efeitos colaterais pode ser maior do que em um adulto.

Infiltração de corticoides no tratamento da alopecia areata e outras alopecias

Esse método é usado por médicos para tratar alopecia areata e casos raros de alopecias cicatriciais. No primeiro caso, a aplicação é feita no couro cabeludo exposto após a queda de cabelo.

Já no caso de alopecias cicatriciais inflamatórias e bem localizadas, elas também podem se beneficiar do método de infiltração de corticoides.

Os corticoides injetáveis trazem resultados ainda melhores por se tratarem de aplicações que são capazes de injetar nos tecidos os seus compostos, mantendo a ação dos corticoides durante semanas. Sendo assim, as aplicações costumam ser intervalares dependendo do produto injetado.

Os principais corticoides usados em infiltrações do couro cabeludo são:

  • Triancinolona hexacetonida: Triancil, Triancinolona acetonida: Theracort;
  • Dipropionato de betametasona: Betatrinta.

Existem também para aplicação intramuscular que são:

  • Hidrocortisona: Flebocortid;
  • Dexametasona: Decadron.

Entre outras.

Corticoide via oral

Já esse tipo de tratamento para calvície é feito quando se pretende manter o procedimento por mais tempo, os que são de condições inflamatórias crônicas. Muitas doenças se beneficiam com esse tipo de tratamento.

Porém, ele não é muito indicado para os casos de alopecia. Isso porque, além de possuir resposta irregular nos casos de alopecia cicatriciais, geralmente podem até fazer com que os casos de alopecia areata se agravem, ocorrendo à queda de cabelos quando o tratamento é interrompido.

Resumindo: no tratamento contra calvície com corticoides eles podem ser um forte aliado.

Mas é importante lembrar que seu uso sem um acompanhamento adequado por um profissional da área pode ser a porta de entrada para outros problemas de saúde.

Muito obrigado por ler este texto que fala sobra os Riscos e os benefícios de tratamento contra calvície com corticoides. Deixe sua pergunta para nossos especialistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Close