4 riscos do uso de chapinha ou modeladores para cabelos

O crescimento da mídia influencia de forma mais rápida a propagação de novas modas em todo mundo. Estão sempre divulgando através de artistas, comerciais de TV, entre outras formas, novas tendências a serem seguidas. E quando se trata dos cabelos, a história não poderia ser diferente.

Tudo baseado na moda do momento, cabelos lisos, ondulados ou encaracolados, todos procuram fazer o corte ou o penteado da vez. Porém, para que isso aconteça, os cabelos precisam ser submetidos a diferentes tratamentos capilares e também ao uso de vários eletrodomésticos para finalização dos penteados, e é exatamente sobre os riscos do uso de chapinha ou modeladores que vamos falar neste texto de hoje. Confira!

4riscos do uso de chapinha ou modeladores para cabelos

Riscos de uso do chapinha ou modeladores para cabelos

A possibilidade de moldar o formato de cabelo através de modeladores de cabelo tem sido um método adotado por muita gente. Na busca do penteado perfeito, as pessoas se submetem ao uso de chapinhas e outros modeladores, mas será que o uso demasiado desses objetos trazem algum problema aos cabelos? Quais, então, são os riscos do uso de chapinha ou modeladores para cabelos?

Quebra de cabelo por uso excessivo de modeladores de cabelo

A modificação do formato dos fios é possível por chapinhas ou modeladores por causa da ligação química existente no interior dos fios; essas ligações são chamadas de pontes de hidrogênio, e são responsáveis em parte pelo formato do fio.

Certas temperaturas, quando entram em contato com os fios, conseguem modificar o formato deles de forma temporária, pois são capazes de romper a ponte de hidrogênio existente entre elas.

Mas, justamente, são essas temperaturas altas que trazem riscos do uso de chapinha ou modeladores de cabelo, alguns aparelhos danificam os fios, deixando-os opacos e desgastados.

Além disso, a ação térmica proporcionada por modeladores podem causar uma infinidade de danos à saúde dos fios, danificando desde a haste capilar até acarretando nas seguintes situações:

  • Tricorrexe nodosa: nódulos que começam aparecer nos fios até que ele se quebrar
  • “Bubble hair”: o surgimento de bolhas dentro da haste capilar aumentando sua fragilidade
  • Tricoptilose: rompimento ao meio dos fios, conhecido como “pontas duplas”.

Os riscos do uso de chapinha ou modeladores de cabelo são causados pelo dano térmico que esses aparelhos trazem, pois quando são expostos a temperaturas altas provocam o enfraquecimento dos fios tornando-os quebradiços e, com aspecto frizz, portanto, mais propícios à queda.

O que foi possível observar é que a queda de cabelo nada mais é do que algo provocado pelo calor excessivo desses aparelhos modeladores. Contudo, dificilmente essa queda será provocada a partir da raiz.

O que pode ocorrer, esporadicamente, é quando o aparelho quente encosta no couro cabeludo, e isso pode causar queimaduras graves ou não. Dependendo da lesão o bulbo capilar pode ser substituído por uma cicatriz ocasionando, dessa forma, a perda definitiva de cabelo naquela região afetada.

Estudos sobre o uso de chapinhas ou modeladores capilares

Estudos têm demonstrado que temperaturas entre 175ºC e 215ºC, por cinco minutos, são suficientes para danificar a maioria dos cabelos.

O estudo também mostrou que nem mesmo os aparelhos que são considerados seguros, por exemplo, a escova cerâmica Conair,  estão livres totalmente de oferecer riscos durante o seu uso.

Dados da Literatura médica apontam que esses aparelhos podem oferecer riscos, principalmente, em um número relevante de crianças com queimaduras provocadas por aparelhos que podem chegar a mais de 220ºC.

Essas pesquisas mostraram também que a maioria das queimaduras acontece em até 44 minutos após o desligamento do aparelho, pois é a média de tempo que ele leva para esfriar.

4 fatores que causam a quebra e a queda de cabelo pelo uso de modeladores capilares:

  1. Condição capilar: trata-se do formato e da espessura dos fios, ou seja, quanto mais fino o fio de cabelo for, maior será a chance dele quebrar durante uma sessão de modelagem dos fios;
  2. Frequência de lavagem: cabelos asiáticos necessitam de mais lavagem do que um cabelo afro, pois o primeiro é mais fino e tende a ser mais fraco do que o segundo;
  3. Cabelos quimicamente tratados: cabelos com histórico de tratamentos com tinturas, alisamentos e etc., tendem a serem mais frágeis quando submetidos a tratamentos com modeladores;
  4. Altas temperaturas: os riscos do uso de chapinhas ou modeladores capilares não são novidades para ninguém, seu uso deve ser feito com consciência e de preferência que sejam usados em último caso, pois o efeito térmico pode fazer com o seu penteado se torne seu pior pesadelo.

Como prevenir a queda de cabelo por modeladores de cabelo?

Para diminuir os riscos do uso de chapinha ou modeladores de cabelo, alguns cuidados devem ser tomados como, por exemplo, deixar os cabelos secarem naturalmente, caso necessário retire o excesso de água com a toalha para que depois disso você utilize o secador; é importante que se mantenha uma distância de pelo menos 15 centímetros longe dos fios.

As pranchas devem ser usadas com bloqueadores químicos que diminuem o efeito térmico que esses aparelhos trazem e não mais do que 15 minutos.

Assim, o melhor jeito de prevenir problemas que possam ser causados pelo uso da chapinha e outros modeladores é fazer uso deles de forma esporádica para evitar qualquer transtorno indesejado.

Estamos felizes em saber que fomos capazes de contribuir em seu conhecimento em relação ao tema quatro riscos do uso de chapinhas ou modeladores para cabelos. Deixe suas perguntas para nós nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Busca

Recentes

Arquivos


Close