Queda de cabelo e coronavírus: qual a relação

Sabemos que o corpo humano precisa estar equilibrado e com boa saúde para manter todas as suas funções de maneira correta e contribuir para a melhor qualidade de vida.

Nesses tempos de uma doença que está afetando de forma significativa as relações humanas e a saúde das pessoas de todo o planeta, há dúvidas sobre a extensão de sua ação sobre cada pessoa e também se pode existir algum tipo de vínculo entre a queda de cabelo e coronavírus.

Neste artigo vamos ver se pode existir relação entre a queda de cabelo e coronavírus e assim poder entender o que essa pandemia pode trazer de riscos à saúde dos fios.

Queda de cabelo e coronavírus: qual a relação

As causas e o que a calvície pode representar

A queda de cabelos está relacionada a fatores como o estresse, má alimentação, distúrbios da tireoide e alterações hormonais.

Todos são fatores que baixam a imunidade atingem partes do corpo que dão sinais de fraqueza, como os cabelos, unhas e a pele, lugares onde se pode identificar escamações.

Perder cabelo em grande quantidade não é um processo normal, e somente um aspecto estético e sua origem devem ser identificados para serem tratados.

Porém, a baixa imunidade é um fator que atua de forma muito intensa na perda de cabelos, assim qualquer processo viral pode acentuar esse processo.

A queda de cabelo e coronavírus

A queda de cabelo e coronavírus têm relação devido a esse tipo de vírus ocasionar uma fragilidade de imunidade no organismo e o desbalanceamento da saúde do indivíduo.

Quando a infecção atua no corpo, danos podem atingir qualquer parte do corpo, e os fios de cabelo não estarão isentos dessa ação.

Dependendo do grau de infecção pode até ocorrer a queda completa dos cabelos, conhecida como alopecia areata, e nesses casos é possível recuperar os cabelos com um tratamento da infecção.

Porém, quanto ao coronavírus, é importante tentar não se infectar por ser um vírus recente e que ainda não possui estudos conclusivos para seu combate e tratamento.

O que fazer para minimizar o risco da queda de cabelos

Independente da relação entre queda de cabelo e coronavírus, a falta de cuidados com a alimentação é um fator que afeta de maneira bastante significativa o risco de calvície.

Então, praticar exercícios físicos regulares, realizar periodicamente exames para acompanhar suas taxas, buscar um equilíbrio emocional com redução do estresse e manter uma alimentação de qualidade são maneiras consagradas para combater a perda de cabelos.

Quanto à alimentação é importante destacar que pesquisas mais recentes identificaram que a carência de vitamina D, C e o zinco são agentes de aumento do risco de queda.

Além disso, suprir todas as necessidades de ingerir nutrientes e vitaminas que estejam em falta no organismo são elementos que contribuem para o aumento da imunidade e podem auxiliar no fortalecimento dos fios de cabelos e atuar inclusive na relação entre a queda de cabelo e coronavírus.

Como se prevenir contra o coronavírus

Muito tem se abordado sobre a prevenção do coronavírus. Por isso, importante destacar que o grande risco desse tipo de pandemia é que sua capacidade de infectar a população é muito intensa. Tal fato levará os países a ter sérios problemas de saúde pública.  

Conforme o Ministro da Saúde, há a possibilidade de esse vírus infectar mais de 50% da população do Brasil, e isso é uma tragédia, pois mesmo que a maioria não venha a morrer, os danos em termos sociais e de atendimento de saúde estarão completamente consolidados.

Dessa maneira, existe toda a preocupação de autoridades responsáveis em manter as orientações médicas de afastamento social e evitar que o coronavírus se alastre de forma descontrolada, afetando a todos os cidadãos, independente de idade, sexo ou região onde residam.

Então, seguir as orientações do Ministério da Saúde é fundamental para interrompermos o mais breve possível uma situação que pode se agravar se não fizermos nossa parte.

Conclusão sobre queda de cabelo e coronavírus

Vários são os fatores que atuam sobre a perda de cabelos, e entre eles há um extremamente importante que está relacionado ao estresse e certamente pode haver sintonia entre a queda de cabelo e coronavírus.

A doença está assolando a sociedade mundial e provocando ansiedade intensa e estresse muito grande, sendo assim, existe sim relação direta no aumento de queda de cabelo e coronavírus.

Certamente esse processo se acentuará em muitas pessoas, principalmente em homens, mas as mulheres também acabam sendo afetadas, pois para qualquer tipo de pessoa o estresse aliado a um vírus com alta possibilidade de contágio são um fator de grande risco para a queda de cabelos.

Caso esse processo ocorra no seu caso e você queira disfarçar a calvície em seu início, a maquiagem capilar é uma excelente alternativa de disfarce da calvície.

O Jet Hair vai auxiliar nesse processo, sendo um produto seguro e com autorização de comercialização pela Anvisa.

Deixe sua opinião sobre este artigo a respeito de queda de cabelo e coronavírus em nosso blog, pois isso nos ajudará a melhorar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Busca

Recentes

Arquivos


Close