Células-tronco e calvície: há possibilidade de cura?

A calvície é uma das condições que as pessoas mais temem principalmente os homens. Isso porque essa condição o deixa careca e normalmente não há cura. Mas, sabia que há uma possibilidade de cura que está sendo estudada entre células-tronco e calvície? Neste texto falaremos tudo sobre a calvície e sobre essa possível cura.Células-tronco e calvície: há possibilidade de cura?

As células-tronco

Conhecidas também como células fonte, as células-tronco tratam-se de um tipo específico de células que são capazes de gerar outras células, exercendo um papel importante na reposição celular e na regeneração tecidual. Elas são capazes de dar origem a células do sangue, pele, músculo e até mesmo dos cabelos.

Para que uma célula seja considerada célula-tronco ela deve apresentar dois atributos: capacidade de diferenciação e divisão contínua.

A capacidade de diferenciação é o potencial que essas células possuem de poder dar origem ou se converter em outro tipo de célula, com suas funções e formas específicas. Já a divisão contínua é a capacidade que elas possuem de se proliferar, dando origem a células iguais a si.

É possível dividir as células-tronco em dois grupos: embrionárias (células oriundas de fases bastante iniciais do desenvolvimento fetal) e não-embrionárias (células-tronco adultas que estão presentes em menor quantidade no organismo). Ambos possuem suas particularidades e importância, sendo que compartilham os mesmos aspectos fundamentais: a capacidade de diferenciação e multiplicação.

A calvície

A calvície é uma condição na qual ocorre a perda parcial ou total dos fios capilares. Normalmente, perdemos cerca de 100 a 120 fios capilares por dia que são substituídos por outro no mesmo folículo dando, assim, um novo ciclo de crescimento.

A calvície pode afetar tanto os homens quanto as mulheres em qualquer faixa etária. Há diversos tipos e causas de calvície, e os fatores que podem desencadear essa condição vão desde má alimentação, estresse, genética, até o uso de medicamentos, entre outros.

A calvície não tem cura, porém há tratamentos que podem ser feitos para reduzi-la. Lembrando que é sempre muito importante consultar um especialista para ele diagnosticar e indicar a melhor forma de tratamento para o seu caso.

Atualmente, foi descoberto que há uma possibilidade de cura em relação a células-tronco e calvície.

Células-tronco e calvície: há possibilidade de cura?

A possibilidade de poder manipular as células-tronco em um laboratório gera diversas perspectivas terapêuticas. Pode ser inclusive a chave para a solução de diversas condições e doenças que afetam as pessoas, como o câncer, por exemplo. Em relação aos cabelos, o tratamento com células-tronco e calvície poderia abrir novos horizontes nas técnicas de reconstrução atuais.

O maior comprometimento capilar tem acompanhado o crescimento de envelhecimento e estresse da população e isso tem incentivado o interesse pela descoberta de novos métodos para prevenção e combate da calvície e da queda capilar. Alguns estudos sobre a possível cura com o tratamento de células-tronco e calvície vem sendo desenvolvidos por diversos centros de pesquisa ao redor do mundo.

Em 2011, na Universidade Técnica de Berlim, na Alemanha, cientistas alemães foram os primeiros a reproduzir folículos pilosos através de células-tronco de animais de laboratório.

Em 2015, no Instituto de Pesquisa Médica Sanford-Burnham, nos Estados Unidos, foram capazes de replicar células da papila dérmica através de células-tronco humanas. Nessa pesquisa, quando as células da papila foram transplantadas para ratos de laboratório sem pelos, foram capazes de aumentar o crescimento de cabelos humanos. O próximo desafio é de conseguir formar fios capilares por meio do implante dessas células em humanos.

Já em 2017, cientistas americanos da Universidade da Califórnia apresentaram novidades para a revista Nature Cell Biology. Eles descobriram que as células-tronco dos cabelos ficam, geralmente, dormentes, com rápida ativação quando se inicia um novo ciclo de crescimento. Os pesquisadores também descobriram que a queda poderia ocorrer caso houvesse algum erro na regulação dessa ativação.

Segundo a pesquisa, o nível de lactato das células-tronco poderia ser a chave bioquímica do processo. A presença de grande quantidade de lactato promoveria a ativação das células-tronco e o crescimento dos fios. Assim, medicamentos que aumentassem a quantidade de lactato nos folículos poderiam evitar a queda e favorecer o seu desenvolvimento. A partir dessa pesquisa, o medicamento UK5099 está sendo desenvolvido e testado.

Apesar das descobertas envolvendo células-tronco e a calvície serem animadoras, elas ainda estão em fase inicial. A maioria das pesquisas está sendo feita com ratos, não tendo ainda investigação em humanos. Ainda é preciso de vários anos para desenvolver novos medicamentos ou técnicas de implantes que sejam testados em humanos. Somente comprovando a segurança e se são eficientes, esses procedimentos e medicamentos poderão ser realizados e prescritos.

Caso se concretize, o tratamento envolvendo células-tronco e calvície é realmente promissor. O seu uso seria extremamente importante para a restauração capilar em pessoas afetadas pela calvície avançada. Portanto, apesar da grande expectativa, o implante capilar com células-tronco talvez não seja a resposta definitiva. Isso porque não impediria os fatores que levam a alopécia a atuar. Mas, o avanço das pesquisas pode, futuramente, permitir o maior controle sobre as causas da calvície.

A ciência está sempre em progresso, trazendo diversas possibilidades de cura e tratamentos, como células-tronco e calvície. Por isso que é muito importante se manter sempre atualizado!

Gostou do texto sobre se há possibilidade de cura, relacionando células-tronco e calvície? Deixe o seu comentário abaixo e continue acompanhando o nosso blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Busca

Recentes

Arquivos


Close